Novas receitas

Receita de compota de mirtilo silvestre

Receita de compota de mirtilo silvestre


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

  • Receitas
  • Tipo de prato
  • Conserva
  • Geléia

A temporada de mirtilo é tradicionalmente agosto e setembro, mas você pode fazer esta geléia de mirtilo caseira inteira para que você possa apreciá-los nos meses de inverno. Adicione o suco ao chá preto ou use a fruta como recheio de pão-de-ló, sapateiro ou merengue.

18 pessoas fizeram isso

IngredientesRende: 6 potes de 200ml

  • 1 kg de mirtilos
  • 250g de açúcar granulado ou mais para se adequar ao seu gosto

MétodoPreparação: 15min ›Cozimento: 10min› Tempo extra: 12h ›Pronto em: 12h25min

  1. Remova folhas e caules de mirtilos.
  2. Enxágüe, transfira para uma tigela e cubra com açúcar. Leve à geladeira durante a noite.
  3. Esterilize 6 frascos e tampas pequenos (200ml). Transfira as frutas para os potes. Sele e transfira para uma panela grande. Adicione água até 3/4 da altura dos potes e deixe ferver. Ferva por 10 minutos, depois retire os frascos com cuidado e coloque de cabeça para baixo sobre um pano limpo. Deixe esfriar.
  4. Armazenar em local fresco e escuro. Conservar no frigorífico depois de aberto.

Como esterilizar potes

Aprenda a esterilizar potes de duas maneiras com nosso prático guia passo a passo e vídeo.

Visualizado recentemente

Críticas e avaliaçõesAvaliação global média:(1)


The Wild Cooks & # 039 Blog

Esta receita de torta de mirtilo é simples e bastante rápida de fazer e as frutas amargas e doces fazem uma torta fantástica!

A pastelaria serve quatro - você vai precisar de uma lata de torta grande o suficiente para servir quatro

400g de mirtilos
480g de farinha simples
240g de manteiga sem sal
120g de açúcar refinado
Raspas de um limão
1-2 ovos rachados e misturados. Eu costumo usar 2 dependendo do tamanho do ovo. Tente usar o campo livre, se puder.

Basta colocar a farinha, as raspas de limão e a manteiga em uma tigela. Esfregue a manteiga e as raspas na farinha até formar grãos de areia. Em seguida, adicione a mistura de ovos e 20g de açúcar refinado e misture até formar uma bola.

Deixe a massa descansar na geladeira por meia hora antes de enrolar.

Lave bem os mirtilos e remova os caules indesejados

Misture os mirtilos crus (aproximadamente 400g) com 100g de açúcar refinado (você pode precisar de mais açúcar se gostar de sua torta um pouco mais doce)

Corte a bola de massa ao meio e enrole a metade, pronta para forrar a forma de torta com massa. Certifique-se de ter esfregado a forma de torta com um pouco de manteiga para evitar que grude, em seguida, coloque um pouco de farinha e amasse a lateral da forma antes de forrar a massa dentro dela. Empurre a massa pelas laterais da forma de torta.

Depois de forrar o prato, coloque os mirtilos na massa e polvilhe com um pouco de açúcar extra. Se você gosta de uma torta doce, lave a base da torta com ovos antes de adicionar as frutas vermelhas. Por fim, coloque a tampa bem enrolada no topo da torta.

Mais uma vez, lave com ovo a parte de cima da torta e, se tiver um cortador em forma de estrela, recorte algumas estrelas para decorar. Asse em forno quente a 180 ° C por aproximadamente 25 minutos.

Retire a torta do forno, deixe esfriar um pouco e sirva com sorvete de baunilha ou creme de leite.

Como acontece com todas as frutas silvestres, certifique-se de escolher um canteiro que provavelmente não tenha sido pulverizado com pesticidas, de preferência longe da estrada. Você também deve tomar cuidado para colher somente frutas que você sabe que são comestíveis, pois algumas frutas silvestres podem ser venenosas. Se você não tiver certeza, é melhor levar um guia com você para identificação.


Geléia de mirtilo selvagem com frutas vermelhas do Maine

Algumas semanas atrás, fiz uma coisa meio maluca. Na sexta-feira de manhã, arrumei meu carro, fiz algumas compras rápidas no mercado e passei oito horas dirigindo até o Maine para dar uma aula na Fazenda Frinklepod. Cheguei lá por volta das 22h30, caí em uma cama aconchegante enfiada em um quarto de pedra em um celeiro majestoso e acordei em uma manhã linda, pronta para ensinar.

Passei sete horas arrumando, ensinando (um grupo tão maravilhoso de alunos!) E limpando (felizmente, tive muita ajuda de Flora e MaryJo) e depois voltei para o carro e fui para casa. Ao todo, eu só estive lá por cerca de 16 horas. Eu gostaria de ter conseguido passar um pouco mais de tempo no Maine, mas a loucura do final do verão não me permitiu ficar mais tempo longe de casa.

Apesar da curta visita, consegui trazer um pouco do Maine de volta para casa. Três pintas perfeitas de mirtilos selvagens do Maine, intensamente saborosos.

Agora, temos muitos mirtilos cultivados aqui em Filadélfia, mas esses pequeninos frutos silvestres são uma besta diferente. Robustos, ácidos e intensamente saborosos, eles fazem uma geléia linda. Eles também são um pouco difíceis de separar de seus caules (e é por isso que, se você olhar de perto, você & # 8217 verá alguns caules. Perdi a paciência em tentar removê-los todos).

Usei uma proporção de três partes de fruta para uma parte de açúcar para este lote (cálculo por peso). Isso significa que, se você tiver acesso a mirtilos silvestres e não tiver a quantidade exata que usei, ainda poderá prosseguir com o que obteve.

Talvez eu precise ir de carro ao Maine novamente no próximo verão, para que eu possa fazer mais desta geléia saborosa. (Os rótulos dos frascos ilustrados acima são do patrocinador do site CanningCrafts e os frascos são do patrocinador do site Fillmore Container).


Passo 1 Pré-aqueça o forno a 190C / 375F / Gas mark 5 e unte com manteiga uma forma de torta de esmalte ou uma placa de forno a vapor com um pouco de manteiga.
Passo 2 Junte os mirtilos com o açúcar refinado, deixando um pouco de açúcar para polvilhar a torta finalizada e deixe macerar por 10 a 15 minutos enquanto faz a massa.
etapa 3 Faça a massa quebrada de acordo com a receita ou use massa quebrada pronta e enrolada.
Passo 4 Quando você estiver pronto para montar a torta, corte a massa ao meio e abra a outra metade para caber no fundo da forma da torta. Apare qualquer massa pendurada.
Etapa 5 Coloque a mistura de mirtilo e açúcar na forma da torta e, em seguida, estenda a metade restante da massa quebrada, com a ajuda do rolo, passe-a por cima das amoras, pressione as bordas da torta e apare qualquer massa suspensa, que pode ser usada para decoração ou para tortas de geléia, etc.
Etapa 6 Feche e amasse as pontas da torta, faça um corte no meio da torta para deixar o vapor escapar e leve ao forno pré-aquecido por 45 a 50 minutos até que a massa fique crocante e dourada.
Etapa 7 Retire do forno e polvilhe um pouco de açúcar refinado por cima, deixe esfriar um pouco antes de servir corte quente em fatias. Sirva com creme de leite, creme duplo, creme simples, creme fraiche ou sorvete.
Etapa 8 NB: Pode ser congelado no passo 6, quando não assado, leve ao forno congelado e deixe 5 minutos extras ao assar congelado.


Receita de conservas de mirtilo selvagem - receitas

Preservar os sabores das estações é uma coisa que adoro fazer. Compotas, xaropes e picles vão, não é difícil.

Xarope de limão

Fiz este xarope há cerca de uma semana. Tem um sabor realmente incomum de melonia & # 8211, eu diria um pouco como salada de frutas. Se você ainda puder encontrar flores de tília com um bom perfume, experimente. É muito melhor se você secar a flor de tília primeiro. Escolha as flores, incluindo a bráctea em forma de asa, e coloque-as em uma bandeja. Leva apenas 2 ou 3 dias para secar em uma sala quente.

Xarope de limão

faz 1 garrafa mantém por 6 semanas na geladeira.

raspas de um pequeno limão e uma pequena laranja

suco coado de meio limão

Esterilize uma garrafa de 75cl. Coloque as flores e as raspas de limão em uma jarra resistente ao calor e despeje mais de meio litro de água fervente. Cubra e deixe em infusão por 15 minutos. Coe em uma panela e acrescente o açúcar, o ácido cítrico e o suco de limão. Aqueça até dissolver o açúcar e despeje na garrafa.

Geléia de Menta de Milho

Eu acabei de fazer isso hoje e é um número pequeno e picante!

Nós temos hortelã em nossos bosques, mas você pode encontrá-la em muitos bosques úmidos e bordas de campos úmidos. está prestes a florescer e as folhas estão melhor agora. Você pode usar hortelã do jardim se quiser, mas eu prefiro um cacho de tamanho médio, pois o sabor é muito mais forte.

Geléia de hortelã e maçã & # 8211 rende aproximadamente 500g

1 cacho grande de hortelã de milho (3/4 precisa ser picado antes de adicionar)

750g de maçãs para cozinhar

Termômetro de geléia ou termômetro de carne ajuda a julgar se ele irá definir

Lave e pique as maçãs rudemente. coloque-os em uma panela grande com a água e cerca de um quarto da hortelã, cozinhe em fogo baixo, coberto, até ficar bem macio e polpudo. Adicione o vinagre e ferva por 5 minutos.

Coe um saco de gelatina. Meça o líquido que você deve tomar. Coloque seus potes no forno para esterilizar. Coloque o líquido em uma panela limpa e para cada litro de líquido adicione 450g de açúcar. Aqueça até que o açúcar se dissolva e ferva até atingir o ponto de fixação. Descobri que não demorou muito e quando a temperatura atingiu 104oC, ele definiu. Teste um conjunto em uma placa fria. Retire a espuma do topo da geleia fervente e adicione a hortelã de milho picada, ferva por mais um minuto, depois desligue o fogo e deixe esfriar um pouco. Mexa para distribuir a hortelã e despeje em potes esterilizados.

Gin de Framboesa Selvagem

Raspberry Gin Eu & # 8217 acabei de engarrafar este 09/08/2010

Uau, isso é bom. Acho que vai ser bom para adicionar aos pudins ou talvez como um long drink com refrigerante ou limonada.

Duas semanas atrás, peguei framboesas selvagens em nossa madeira e tive a ideia do gim. Eu queria fazer uma bebida realmente de verão, bem diferente do quente Sloe Gin de inverno. Os raspberrys selvagens são mais doces e mais nítidos do que os cultivados comercialmente, e também são muito menores.

Peguei as frutas, livrando-me de todos os pedacinhos que não pareciam bem e coloquei as frutas em uma garrafa vazia. Eles ficaram um pouco piegas! Enchi a garrafa até a metade com framboesas e acrescentei cerca de uma colher de sopa de açúcar. Em seguida, enchi-o até o topo com gim. Usei o gim Gordons, queria provar as notas florais do gim através do sabor da framboesa acho que é muito estival. & # 8211 você sabe que gosto das minhas flores

Sacudi a garrafa para dissolver o açúcar e, a cada poucos dias, sacudi de novo para tirar o sabor das framboesas. Foi deixado em um armário por duas semanas até hoje, quando eu passei o gim por um saco de geleia em uma grande jarra e coloquei em uma garrafa esterilizada. Yum & # 8230 & # 8230..Eu posso tentar fazer um ponche de fruta com gim e rodelas de laranja e limonada & # 8230 & # 8230 & # 8230..Eu acho que definitivamente há uma bagatela que eu posso fazer com as framboesas alcoólicas que eu & # 8217 ficou sobra & # 8230

Ameixas de cereja

A ameixa cereja pode ser amarela ou vermelha. Acho que muitas vezes são plantadas como uma pequena árvore ornamental. Eles estão crescendo em Boroughbridge, perto de um parquinho infantil. A flor rosa surge no início da primavera e os frutos estão maduros agora.

Os frutos parecem uma pequena ameixa, mas são do tamanho de uma grande cereja. Eles balançam no talo como uma cereja e têm um sulco como uma ameixa.

Peguei as duas cores e depois de dividi-las ao meio e apedrejá-las, cozinhei delicadamente com açúcar e canela por cerca de 20 minutos. Eles eram muito azedos, mas tinham um bom sabor. Coloquei 100g de açúcar em 200g de ameixa cereja e uma colher de chá de canela. Se você encontrar alguns, pode fazer todas as coisas que você pode fazer com ameixas comuns. Achamos que a compota fria vai muito bem com carne, pois o chutney que o Chris está servindo com pombo no fim de semana de comida selvagem de amanhã.

Amoras-pretas ou amora silvestre?

Não importa como você os chame, eles são adoráveis. Este ano, eles estão melhores do que nunca em nossa madeira. Estou experimentando uma nova receita - Whisky de Amora. Chris e eu comemos um pouco no ano passado em uma sessão de fotos e foi delicioso. Eu lavei as frutas e coloquei-as em uma garrafa grande com o uísque e um pouco de açúcar. Vou deixá-lo por alguns meses & # 8230 & # 8230 & # 8230 provavelmente & # 8217 até o Natal e, em seguida, coar as frutas e engarrafar o uísque. CUIDADO: Esta é uma receita não experimentada, então pode ser horrível! & # 8230 Eu não & # 8217creveria que fosse.

As quantidades que I & # 8217ve usei são: -

Se amoras silvestres são o que você ganhou muito, eu definitivamente recomendaria fazer geléia de amora e maçã. Algumas pessoas preferem fazer gelatina por causa das sementes, mas se você colocar maçãs também é ótimo. Tem um calor que fica tão bom em torradas quentes com manteiga!

Geléia de amora e maçã

  • 900g de amoras, lavadas e colhidas
  • 350g de maçãs ácidas descascadas e sem núcleo
  • 1350g de açúcar
  • 150ml de água

Coloque as amoras e metade da água em uma panela grande e pesada e cozinhe delicadamente até ficarem macias. Em outra panela cozinhe as maçãs com a outra metade da água. Quando as maçãs estiverem moles, amasse-as com uma colher ou espremedor de batatas. Coloque as maçãs e o açúcar na panela grande com as amoras e leve para ferver. Mexa a mistura até atingir o ponto de definição e despeje em frascos esterilizados. & # 8211 sua geléia ficará em torno de 104oC, verifique colocando um pouco em uma chapa bem fria e vendo se ela enruga quando você passa o dedo por ela.

Molho pontack

O molho Pontack é uma velha receita tradicional. Tem um bom sabor forte, acho que é um pouco parecido com o molho HP. O ideal é mantê-lo por alguns meses antes de usar para os sabores suaves. Combina especialmente com carnes frias e caça, mas também pode ser usado para dar sabor a molhos ou molhos. esta é a minha versão disso.

  • 500g de sabugueiro (lavado e os talos removidos)
  • 250ml de vinagre de vinho branco
  • 250ml de vinagre balsâmico
  • 1 cebola roxa picada
  • 15g de gengibre fresco machucado
  • Pimenta da Jamaica solo 1tsp
  • Sal e pimenta a gosto
  • 170g de açúcar Demarara

Coloque todos os ingredientes, exceto o açúcar, em uma panela de base grossa e cozinhe em fogo baixo por 2 horas. Passe a mistura por uma peneira de malha fina e coloque-a em uma panela limpa, esmagando o máximo possível. Adicione o açúcar e leve para ferver. Cozinhe por 10 minutos e despeje em frascos ou frascos esterilizados.

Forragem em Brimham Rocks

No fim de semana, tivemos uma tarde livre e seguimos para o interior de Yorkshire. Brimham Rocks em Nidderdale é uma charneca alta pontilhada por enormes formações rochosas. Não éramos & # 8217t escalando & # 8230 & # 8230 & # 8230 esses dias já se foram. mas há muitos mirtilos lá e amoras também.

Este selecionador de mirtilo torna o trabalho muito rápido. Você penteia as plantas e os frutos caem na parte de trás da caixa. No entanto, meu conselho, se você conseguir um, é usá-lo quando houver muitas frutas nos arbustos, caso contrário, você acabará com muitas folhas soltas misturadas com mirtilos e então passará muito tempo separando tudo. Já é bastante tarde na temporada agora, mas nós temos amoras-pretas, assim como elas amadurecem mais tarde.

As amoras-vermelhas são conhecidas como lingenberries na Finlândia e são servidas com salmão ou rena. A melhor coisa sobre eles é que eles contêm conservantes naturais e podem ser armazenados em uma jarra apenas coberta com água. Havia muitos em Brimham, pois a maioria das pessoas não percebe que eles são comestíveis.

Decidimos fazer uma experiência e colhemos algumas urzes para tentar preservar o delicado sabor das flores. Nós os colocamos em camadas de açúcar e esperamos que o sabor esteja no açúcar pronto para fazer xarope neste curso de comida selvagem do fim de semana & # 8217s.

Ketchup Hedgerow

Experimente este ketchup com hambúrguer de coelho e maçã & # 8230! Se você não tiver nenhum desses à mão, é bom com ovos, queijo ou carne.

Eu coletei principalmente Hawthorn Haws para este molho, mas para variedade eu adicionei algumas roseiras, amoras, abrunhos e sabugueiros. Esta panela cheia de frutas é na verdade a mesma que usei.

  • 1 kg de frutos silvestres mistos, (principalmente haws)
  • 500ml de vinagre de cidra
  • 100ml de vinagre de malte
  • 600ml de água
  • 300g de açucar
  • sal e pimenta

Coloque as frutas vermelhas, os vinagres e a água em uma panela e cozinhe por 40 minutos até que a cor saia das frutas, esmague com uma peneira em uma panela limpa e adicione o açúcar. Deixe ferver delicadamente, adicione sal e pimenta e cozinhe por 5 minutos. Frasco em frascos ou frascos esterilizados.

Lamento que pareça tão complicado, mas tentei explicar tudo. Se você ainda não fez vinho antes, espero que não dê errado.

Este vinho é adorável, mas como acontece com toda a produção de vinho country, você precisa de um pouco de tempo e bastante paciência!

Você vai precisar de um balde para vinificação com uma marca de 1 galão e uma tampa, garrafões de 2 x 1 galão, um funil grande, um saco de geléia ou folha de musselina, um tampão e uma eclusa de ar para caber no garrafão, tubo de sifão e 6 garrafas de vinho garrafas - com boas tampas ou compre rolhas e um dispositivo de rolha. Você também precisará de um esterilizador químico disponível no fornecedor de vinificação.

  • Frutas mistas de cerca de 1,5 lb (por exemplo, Haws, amoras, abrunhos, roseira brava, sabugueiro)
  • 6 onças de passas e # 8211 picadas
  • 2,5 lb de açúcar
  • Enzima destruidora de pectina (pectolase) de acordo com as instruções da embalagem
  • 2 colheres de chá de ácido cítrico
  • 2 comprimidos Campden
  • 1 colher de chá de fermento
  • Nutriente de levedura 1 colher de chá
  • 1 colher de chá de sorbato de potássio
  • Finings (de acordo com as instruções do pacote)

Dia 1.Colete as frutas, retirando os caules das folhas, etc. Coloque-as no balde de vinho com as passas picadas e o açúcar. Despeje água fervente no balde até um pouco acima da marca de 1 galão. Mexa até dissolver o açúcar. Cubra frouxamente e deixe até ficar morno.

Adicione a enzima destruidora de pectina, ácido cítrico e um comprimido de Campden triturado e mexa bem, cubra o balde, mas não firmemente. Deixe por 12 horas

Dia 1.Colete as frutas, retirando os caules das folhas, etc. Coloque-as no balde de vinho com as passas picadas e o açúcar. Despeje água fervente no balde até um pouco acima da marca de 1 galão. Mexa até dissolver o açúcar. Cubra frouxamente e deixe até ficar morno.

Adicione a enzima destruidora de pectina, ácido cítrico e um comprimido de Campden triturado e mexa bem, cubra o balde, mas não firmemente. Deixe por 12 horas

Dia 2. Adicione o fermento e o nutriente de fermento e mexa. Sempre coloque a tampa de volta, mas não firmemente.

Dias 3.4.5.6. Todos os dias durante os próximos 4 dias, você precisa mexer o vinho com uma colher esterilizada, cubra como antes. Tente manter o vinho a cerca de 20oC

Dia 7. Esterilize o garrafão, o saco de gelatina, o funil, a tampa e a câmara de descompressão e colher, se for usar. Coe o vinho através do saco de gelatina para o garrafão usando o funil. Encaixe o tampão e a câmara de descompressão. (coloque água fervida na câmara de descompressão) Mais uma vez, mantenha a temperatura o mais próximo possível de 20oC. Deixe por aproximadamente 15 dias até que o vinho pare de fermentar.

Dia 22. Esterilize o outro garrafão, a câmara de descompressão, o tampão e o tubo do sifão. Sifone o vinho no garrafão limpo, deixando o sedimento para trás. Adicione 1 comprimido de Campden esmagado e 1 colher de chá de sorbato de potássio. (isso para a fermentação)

Dia 23. Agite o vinho no garrafão para remover o gás.

Dia 24. Esterilize o 1 º garrafão novamente e é a tampa, a câmara de descompressão e o tubo do sifão. Sifone o vinho no garrafão limpo, deixando para trás qualquer sedimento. Coloque o vinho em um lugar agora onde ele possa assentar e não seja derrubado ou movido - você precisará ser capaz de pegá-lo mais tarde para retirá-lo com um sifão.

Dia 42. Seu vinho deve ser claro como um sino. Agora esterilize suas garrafas e tubos de sifão e encha-as com cuidado, sem perturbar o sedimento no fundo do garrafão. A melhor maneira de fazer isso é 2 pessoas, uma delas enchendo as garrafas e a outra certificando-se de que o tubo não coleta sedimentos. Rolha ou tampe suas garrafas Eu esterilizo as minhas colocando-as em água fervente por alguns minutos

& # 8230Você pode beber imediatamente, mas melhora para manter, eu o manteria por pelo menos 3 meses ou um ano se você pudesse.

Hedge Chutney

Por demanda popular, minha melhor receita do outono passado & # 8211, assim disse muitas pessoas em cursos durante o ano.

Hedge Chutney

Esta é uma adaptação de uma velha receita de chutney, mas usa frutas sebes para dar sabor ao vinagre.


2 lb de frutas mistas de sebes - por exemplo, espinheiro, roseira brava, sabugueiro, amoras-pretas, bagas de Rowan, abrunhos,
Vinagre de malte 1pt
2 libras de cebola picada
2 libras de maçãs descascadas e picadas (uma mistura de comedores e panelas é boa)
4 onças de sultanas
4 onças de passas
1 lb de açúcar mascavo
1 colher de chá de cravo moído
1 pitada de pimenta caiena
1 colher de chá de noz-moscada

Coloque as maçãs e cebolas picadas em uma tigela, tampe e deixe durante a noite.
Para fazer o vinagre de frutas, retire os caules e folhas grandes dos bagos, enxágue e seque-os e coloque-os em uma panela grande. Cubra com o vinagre de malte, aqueça e cozinhe por 30 minutos até que os bagos percam a cor.
Coe o líquido e descarte a fruta. Você deve ter cerca de meio litro de vinagre frutado lindo.

No dia seguinte, coloque todos os ingredientes (incluindo o vinagre) em uma panela grande e ferva juntos por 2 horas, mexendo sempre.
Coloque em frascos esterilizados e cubra. É melhor deixar o chutney por um mês ou mais para amadurecer antes de comer. Mas vale a pena esperar !!

Jam mais fácil

Geleia de maçã com caranguejo

Fiz isso ontem como um experimento e foi muito fácil. O sabor é bastante frutado, mas ácido e quase fumado. Excelente em torradas quentes com manteiga. Concordamos que os sabores ficarão bem com queijo ou carnes frias e Chris diz que poderia colocá-los em um molho para acompanhar com caça.

  • 1 lb Hawthorn haws,
  • 1 lb de maçãs caranguejo picadas grosseiramente & # 8211 núcleos e todos
  • suco de limão,
  • 1 libra de açúcar,

Retire as folhas e os talos dos caules e coloque-os em uma panela grande com as maçãs silvestres. Cubra a fruta com água e leve ao fogo brando, cozinhe por 30 minutos ou até que a cor passe dos grãos para o líquido. Coe através de uma peneira de malha fina em uma jarra de medição. Você deve ter 1 litro de líquido. (Ajuste se necessário)

Agora coloque seus potes e tampas de geléia, em uma bandeja, no forno a 120oC. Coloque o líquido em uma panela limpa com o suco de limão coado e o açúcar. Leve lentamente à fervura, mexendo sempre. Fique de olho na geléia fervente, a minha atingiu o ponto de solidificação em apenas alguns minutos. Isso ocorre porque há muita pectina nas maçãs, que fixou em 100oC. Teste a configuração colocando um pouco em um pires frio e depois de alguns segundos vendo se ele enruga quando você passa o dedo por ele. Quando o ponto de ajuste for atingido, despeje-o em seus frascos esterilizados. coloque as tampas enquanto ainda está quente.

Xarope de Rosa Mosqueta

O xarope de roseira brava feito em meados de outubro, quando as roseiras ficam o mais vermelhas possível antes de começarem a apodrecer.

Esta receita produz cerca de 1,75 litros

Pique, pique ou amasse as roseiras em um processador de alimentos. Ferva 800ml de água em uma panela grande e adicione a roseira brava. Deixe ferver novamente, cubra e retire do fogo. Deixe em infusão por 15 minutos e # 8211 coberto. Coe em um saco de gelatina ou musselina em uma jarra grande. & # 8211 Deixe escorrer por cerca de uma hora e guarde a polpa.

Coloque o suco coado na geladeira e ferva mais 800ml de água na panela grande. Coloque a polpa de rosa mosqueta na frigideira e deixe ferver de novo, retire do fogo e tampe. Deixe a panela por 15 minutos e depois passe pelo saco de gelatina como antes. Desta vez, deixe-o pingar por algumas horas durante a noite, se ainda estiver pingando.

Ao todo, você terá cerca de 1 litro de suco. Coloque em uma panela grande com o açúcar e o ácido cítrico. Deixe ferver, mexendo para dissolver o açúcar, depois ferva por 2-3 minutos e engarrafar morno

Eu colho as chalupas geralmente antes que haja uma geada e as coloco no freezer por alguns dias.

Essas quantidades são ditadas pelo tamanho do meu grande frasco de vidro. Mas você não precisa se preocupar muito com as medidas exatas. Preferimos nosso Sloe Gin não muito doce, então esta é a minha receita-

  • Abrunhos de 1,25 kg (picados com uma agulha de cerzir ou armazenados no congelador por alguns dias)
  • 250g de açucar
  • meio colher de chá de extrato de amêndoa (o tipo que contém álcool, não óleo)
  • 1,65 litros de gim

Coloque todos os ingredientes em uma jarra grande e agite a cada hora até que o açúcar se dissolva. Em seguida, agite o frasco todos os dias durante uma semana e depois todas as semanas até que o gim esteja pronto. ..Provavelmente antes do Natal. Prove para ver se tem sabor de fruta suficiente. Se não deixar por mais tempo, se for bom, passe-o pela malha mais fina possível para dentro de frascos estéreis. Yum

Groselha e flor de sabugueiro

Maio em North Yorkshire e as Elderflowers estão fora. Também há groselhas silvestres no bosque e tenho preservado os sabores.

Sob groselhas maduras são melhores para compotas, pois têm bastante pectina e a geléia endurece bem. Não tínhamos groselhas suficientes, então minha gentil vizinha me deu algumas de seu jardim. (eles estavam maduros & # 8230duros e verdes & # 8211 perfeitos)

Compota de groselha e flor de sabugueiro Faz um frasco de 1 x 454g (1lb)

Este foi um experimento, então eu só fiz uma pequena quantidade se você quiser aumentar a escala & # 8230 Eu farei mais da próxima vez. O cheiro de flor de sabugueiro é bem visível e é realmente bom e incomum.

  • 250g em groselhas maduras lavadas
  • 3 cabeças de flores de sabugueiro
  • 250 g de açúcar
  • 200ml de água

Cubra e siga as groselhas e corte-as ao meio. Coloque-os em uma panela com as flores de sabugueiro por cima e adicione a água. Cubra e cozinhe delicadamente até que a fruta esteja macia, retire as flores e mexa. Adicione o açúcar e leve para ferver. Enquanto isso, coloque seu (s) frasco (s) no forno a 120oC para esterilizar. Ferva a geléia até que atinja o ponto de solidificação (a minha era 102oC) e então despeje em uma jarra / se cubra quando esfriar o suficiente para manusear.

Vodka de groselha e flor de sabugueiro Rende aproximadamente 750ml

Esta é uma revalorização & # 8230 Se você gosta de gim com tônica, experimente-o como uma deliciosa alternativa de verão.

  • 250g sob groselhas maduras lavadas
  • 5 cabeças grandes de flor de sabugueiro
  • 5 colheres de sopa de açúcar refinado
  • 1 garrafa de vodka
  • 125g de açúcar
  • 125ml de água

Cubra e siga as groselhas e corte-as ao meio. Coloque-os em uma garrafa ou jarro grande com as flores de sabugueiro, adicione 5 colheres de sopa de açúcar refinado e vodca suficiente para cobrir. dê uma boa sacudida para dissolver o açúcar e coloque em um armário escuro por 4 dias agitando ocasionalmente. Depois disso, a vodka terá adquirido um bom sabor. Coe as frutas e as flores e tudo o que você precisa fazer agora é adoçá-las. Coloque os 125g de açúcar restantes e 125ml de água em uma panela, dissolva para fazer uma calda e adicione à vodka aromatizada.


Conservas de Blueberry Selvagem

Feito com ingredientes naturais, sem xarope de milho com alto teor de frutose, sem aditivos ou conservantes.

  • França
  • Canadá
  • Áustria
  • Holanda
  • Bélgica
  • Reino Unido

Temos o compromisso de proteger sua privacidade e suas informações podem nos permitir exibir anúncios. Ao clicar no botão Sign-Up, você concorda com o Acordo do Cliente Online Bonne Maman e a Política de Privacidade e concorda em receber nosso boletim informativo e ofertas por e-mail.


Receita de geléia de mirtilo


Nós & # 8217 & # 8220Saving Summer In A Jar & # 8221 com esta receita de Blueberry Jam. Fale sobre fácil de fazer & # 8230 sobre apenas 3 ingredientes para fazer esta geléia rápida e fácil que está explodindo de sabor. Sério, conservas caseiras e preservação de alimentos simplesmente não ficam muito mais fáceis do que isso.

Receita de geléia de mirtilo

Esta é outra receita rápida e fácil de usar para iniciar seus projetos de preservação de alimentos caseiros. Sério, tudo que você realmente precisa é de mirtilos e açúcar granulado. Nenhuma pectina é necessária, nada mais, zip..zap & # 8230zadda & # 8230.apenas DOIS ingredientes. Claro, conseguimos complicar um pouco a receita adicionando mais um ingrediente. É exatamente do nosso jeito. Eu adicionei uma colher de sopa de suco de limão espremido na hora ao lote. Não é nem um pouco necessário, mas é como adicionar um pouco de raspas de limão às suas outras receitas & # 8230.é um soco em tudo.

Os mirtilos são tão bons para a saúde. Eles vêm em inúmeras variedades, do ácido ao doce, e estão disponíveis do final de maio até o final de julho ou início de agosto aqui no sul. O único problema real é que geralmente fica muito quente quando é hora de colhê-los. Nós vimos alguns dias realmente quentes este ano e quebramos vários recordes para os dias mais quentes de todos os tempos em nossa área. Ai.

Crescendo como uma criança, frequentemente encontramos mirtilos crescendo na natureza ao longo da borda de uma estrada de terra ou na borda da floresta. Eles eram tão deliciosos simplesmente ficar ali e pegá-los dos arbustos e colocá-los na boca, comê-los frescos do arbusto. Em seguida, você correria para casa para pegar um balde e ir pegar mais um para mamãe. Você sabia que, se conseguisse reunir o suficiente, ela faria uma Torta de Blueberry ou Cobbler de Blueberry.

Nem mesmo importava & # 8230 na época & # 8230 que você provavelmente coçaria pequenos inchaços pelos próximos dias. De alguma forma, sempre parecíamos esquecer aquela pequena parte de um verão para o outro. Red-bugs & # 8230ou chiggers, deve amar mirtilos também. Na natureza, você quase sempre consegue & # 8220comer & # 8221 com os insetos vermelhos ao colher mirtilos frescos. Eles são muito irritantes e nós & # 8217d os arranhámos por dias tentando desenterrá-los & # 8230ou o que quer que fosse & # 8230 de nossa pele. Isso me dá coceira só de pensar.

Hoje em dia, no entanto, você pode encontrar várias fazendas de mirtilo com fileiras de arbustos que tornam a colheita muito mais fácil & # 8230e & # 8230.bastante livre de bichinhos vermelhos. Tenho que amar isso. Eu comprei o meu em um lugar não muito longe de casa chamado Blueberry Hill U-Pick. Eles estão abertos do nascer ao pôr do sol de segunda-feira & # 8211 sábado e & # 8220 após a igreja & # 8221 aos domingos das 13h00 às 20h00. Dessa forma, você pode colhê-los no final da noite, quando o dia começa a esfriar.

Blueberry Hill U-Pick tem 9 variedades diferentes de frutas vermelhas e, eles tiveram sua primeira pequena safra de morangos este ano. Eles também têm um pequeno centro de varejo no local que vende qualquer coisa Blueberry. De compotas a geléias, Salsa a 100% Suco de Blueberry & # 8230you & # 8217 estarão disponíveis durante a estação de cultivo. Eu peguei cerca de 2 litros na sexta-feira passada e comprei mais alguns para fazer este Blueberry Jam. Também comprei meu primeiro pão de mirtilo, feito fresco para o varejo. Eu mal podia esperar para espalhar um pouco do meu Blueberry Jam caseiro. Fale sobre algo bom para o café da manhã, torrar uma fatia de pão e espalhar por toda parte com uma camada pesada de geléia de mirtilo fresco. Você & # 8217 vai começar a coçar imediatamente & # 8230 & # 8230 sua cabeça que está & # 8230. se perguntando por que você & # 8217 esperou tanto para fazer seu próprio Blueberry Jam. Pronto para experimentar? Vamos começar a cozinhar.


Receita de geléia de mirtilo: Você precisará desses ingredientes.

Esta receita foi adaptada do Ball Blue Book Guide To Preserving.


Começaremos lavando nossos potes de enlatados e as bandas dos potes em água quente com sabão. Você pode reutilizar os potes de conserva e as bandas para as tampas, mas NÃO pode reutilizar as tampas. Basta colocar os frascos e as bandas na pia e esfregá-los bem para ter certeza de que não há restos de partículas de comida dentro. Além disso, certifique-se de verificar cada frasco & # 8230 até os novos & # 8230 quanto a rachaduras ou lascas. Inspecione cuidadosamente a parte superior dos frascos para ter certeza de que não foram danificados em nenhum lugar. Após a lavagem, enxágue os frascos e reserve.


Configure seu fogão para o processo de enlatamento. Começaremos pelo queimador traseiro esquerdo. É difícil dizer pela foto, mas aquela panela menor na parte traseira esquerda é onde coloco minhas bandas e tampas. A panela maior no queimador traseiro direito é onde eu mantenho o aquecimento de água extra para adicionar à panela de conservas conforme necessário. O queimador DIANTEIRO esquerdo é a panela onde eu realmente estarei cozinhando os mirtilos para a geléia ... e a panela grande no queimador frontal direito é minha panela de conserva esmaltada. Já está cerca de 3/4 do caminho cheio de água que está esquentando para esterilizar os frascos.


As tampas e faixas são colocadas em água morna em uma panela menor. Eu mantenho isso na minha configuração de calor mais baixa para o fogão. As tampas precisam apenas aquecer um pouco e nunca devem ser colocadas em água muito quente ou fervente. Eu sempre configuro isso no início e apenas os deixo na água até que eu esteja pronto para colocá-los nos frascos cheios.


As the water begins to heat up in the canner, carefully add the jars to the water. I just lay the jars on their sides as I place them into the water.


The jars must be totally submerged at all times through the sterilization process. Once the jars are under water, let the pot come on up to a boil and boil the jars for at least 15 minutes to sterilize them. Just leave them in the canner until you’re ready to begin filling them with the jam mixture. Keep a check on them throughout the next steps. Add more of the water you’re keeping heated on the back burner as it’s needed.


Prepare the Blueberries:

You’ll need to sort through your Blueberries and remove any bad berries, leaves, little stems or other objects. I’d suggest you stop up your sink, place a bowl and a colander inside and just sort through them a handful at a time. Or, you might place them on a cookie sheet that has a lip all around…otherwise….you’ll be playing pickup as berries roll off your counter top. These little things can be amazing once they get in motion. It may be weeks later before you find that one that got away. Trust me on that one.


Now, you’ll need to lightly wash them. I ran some cold water in the sink and just used my hands to swirl them around a bit. Maybe I just like to play in water….I don’t know. Of course, the fun part is collecting them and placing them back in the colander after you’ve washed them. Not only can they roll across the counter top and across the floor…they can swim AWAY…just as easily. Just have fun with them. They like it too I think.


Once I’d “caught” them all and had them in the colander….I rinsed them again under cool running water.


Transfer the drained berries over to the pot you’re planning to cook them in. Then, I used this potato masher to mash them up a bit. You could run them through a food processor for just a second or two if you wanted. It’s entirely up to you. You just want to break up the berries to let the juice out. A food processor will chop them up a little finer but, we want to retain some texture of the berries for our jam…so…don’t over process them.


Mash them up to the desired consistency.


Next, you’ll want to measure your crushed berries. I scooped them out of the cooking pot into a 2 cup measuring cup and then poured them into another bowl. My 5 one pint baskets of Blueberries yielded 6 cups of crushed berries.


Pour the berries back into the pot you want to cook them in and place it over medium heat on your stove top.


To the 6 cups of crushed berries, I’m going to add 4 cups of sugar. You may need to adjust this a bit based on the final amount of crushed Blueberries you end up with. Jam needs to be made in small batches for best results.


WOW…that’s a lot of sugar in that pot. 4 cups of sugar completely covered my berries when I added it all in. But, just go ahead and add it all at one time. The berries beneath the sugar are already starting to heat up and the sugar has started to dissolve around the back edge as you can see.


While the sugar is starting to melt, squeeze the lemon. I’m adding 2 Tablespoons of fresh squeezed lemon juice to my recipe. While it’s NOT required, I think it just gives a little “punch” to the flavor of the berries.


Add the lemon juice to the sauce pan. Keep a close watch on the mixture and keep stirring down the sugar as it dissolves.


Prepare the area you’ll be using to fill the jars.

You just need a little space on your table or counter top to set everything up. Once the berries have cooked, you’ll want to move as quickly as possible to fill the jars, add the lids and bands and get them ready for the water bath process. The proper tools will also help make the job go a bit smoother. I’ve got my jar lifter on the left, then my funnel, bubble remover and magnetic lid lifter all ready to go. I also have found that placing my empty jar in a plate next to the cooked jam aides in clean up after I’m finished. After canning a few items, you’ll find your own little way of doing things that will work best for you. If you’re like me however, a little more SPACE in the kitchen would be very nice.


Once the sugar is fully dissolved, RAISE the heat on the sauce pan and cook them as quickly as possible. You’ll need to be able to stay with them pretty much all the time at this point. You’ll want to stir them often as they cook to prevent any sticking to the bottom and scorching. They would also boil over the edge if you let them. That’s one MESS you don’t want so, avoid the possibility of that ever happening and just stay with them from here on out.

We’re going to cook the syrup of the juice and sugar down to a “gel” point. The time needed to do this will vary based on the amount of juice that came out of your berries and the temperature at which you’re cooking. While a thermometer isn’t necessary, I clipped one onto the pot just to watch the process. They only got up to about 205º on the candy thermometer.


Here they are at a pretty good rolling boil, one that can’t be stirred down. You may need to adjust the heat back a bit to keep them from boiling over the top of the pan.


There are several ways to test the jam for proper “gel.” I hope to do a more in-depth article on that one day that you can use for reference. Here, I’m using a saucer that I had placed in the freezer of my refrigerator earlier so it could get cold. I’m constantly lifting juice up with my stirring spoon to watch how it drips off the spoon. As it begins to thicken, you can tell the difference and will learn to SEE that difference the more you make jams and jellies. The purpose of the cold saucer is to drip a few drops of the hot liquid onto the cold surface. Watch how it reacts after a few seconds as the jam begins to quickly cool down on the cold saucer. After about 20 seconds or so, pull your finger through the juice. If it leaves a trail and doesn’t quickly run back together….your jam is ready. If it does run back together, you need to continue to let it cook.

I highly suggest that you search out some more information on this process of the making of any jam and jellies for now so that you’ll have a better understanding of what to watch for.


When the jam has reached the “gel point,” remove the pan from the stove and get ready to fill the jars. I didn’t have any foam on my jam at this point. Any foam should be removed though if you see it. It will just make for a better presentation of the finished product. Just use a spoon to scoop it off and discard it.


Just before I removed the jam from the stove, I removed my jars from the boiling water in the canner. I set them on a clean towel and have them easily accessible for the filling process. Here, I’ve placed one jar on a plate next to the pot of jam and, I’ve inserted my funnel. Let’s fill some jars OK?


Stir the jam in the pot one more time. Then, use a ladle or large spoon and begin filling the jar. Careful….it’s HOT.


HEADSPACE: As we’ve mentioned in our other posts about canning, headspace is the amount of space between the top of the product IN the jar and the TOP of the jar. This neat little tool, that hard to see blue thing up there….has sections measured off to check the headspace. For the Blueberry Jam, the recommended amount of headspace is 1/4 of an inch. The headspace needed will vary from one canning project to the next so always check for the proper amount needed. I was a bit short on this one and just took a Tablespoon and added a bit more until I had the proper amount in the jar.


The other end of that notched tool can be used to remove any air bubbles from your jars. I prefer to use these wooden skewers for that task. You can buy them in packs of about 100 for just about a dollar. They make great testers for cakes and I find them also very well suited for removing bubbles from my jars. Just insert the skewer in the jar, run it around the edges and around through the middle a couple of times. Any bubbles at the bottom of the jar, will follow the skewer up to the top and burst. Work out as many bubbles as you can see. It’s one of the things the judges look for at fairs and competitions so I try a little harder to eliminate them than most folks do I’m sure.


You’ll need a damp cloth for this part. Use the cloth to carefully wipe around the top outside edges of the jars and the very top rim itself. Any jam on the outside could affect the proper seal. Any jam on the top rim could cause the rubber part of the lid to not make good contact and could also prevent a proper seal. Make sure it’s good and clean.


Use your magnetic wand to lift one of the lids out of the warm water. Gently shake off the water but, don’t try to wipe the lid clean. Just place the lid on top of the jar and center it into position on the jar rim.


Use the magnetic wand again to retrieve one of the jar bands. Gently lower it over the lid and make sure that it screws on without resistance. Just use a gentle finger tight pressure to secure the band. Don’t force it down tight. Repeat these steps until all the jars are filled.


When the jars are filled, place them in the rack of your canner. The racks are made so their handles will hang onto the top lip of the canner itself. Place it in this position first and fill the rack with your jars. Use the jar lifter to add them to the hot water and to keep them sitting up straight. Try not to let them fall over as you do this but…don’t fret if it does. It happens to me all the time it seems. I think it’s the quality of the rack I’m using. It only has one wire under the jar and they just don’t want to sit up correctly on that rack. I’ve looked for a new one locally but haven’t found it. Guess I’ll be ordering one off the Internet…about the time I’m finished needing one this season. Wait…wasn’t I going to do that LAST year? Yeah…I think I had intended to do so.

WATER BATH: The process we’re using to make our Blueberry Jam is called the Water Bath Method. It’s fine for most jams and jellies. Another process uses a Pressure Canner to can the jars under pressure. For safety reasons, some produce and meats being canned require the Pressure Canner Method. We could go into a lot more detail about it but, I suggest you seek more info from your local Cooperative Extension Service or your local library…or hey…maybe here on the Internet using some reliable sources.


Carefully lift the handles and the rack and lower the jars into the canner. The jars need to be covered by about 2 inches of water at all times. That’s why I keep another pot of water heating on the back burner. It only takes a few seconds to get back up to a rolling boil after adding more hot water. I just keep filling up the smaller pot as I use up the hot water. It boils away kind of quickly so keep a watch on it.


Once the water is back to a rolling boil, place the lid on the canner and start counting the time needed to process the jam.

This time will vary based on the Altitude of where you live. I need 15 minutes for the water bath process and this jam. You’ll need to adjust accordingly based on your location.


After the correct amount of time, remove the lid. Use some oven mitts or tongs and CAREFULLY lift the rack up and hook the handles back onto the top lip of the canner. It’s recommended that you let the jars REST here for about 5 minutes before removing them. You may even hear one or two of them PING at this point as they seal.


Using the jar lifter again, remove the jars from the canner. Set the jars on a towel spread over your counter top and in a location away from drafts. You certainly wouldn’t want to set one of those hot jars on your bare Granite or Marble counter top. The jar might burst open if you did so, make sure you have a towel handy to set them on.

NOTE: The jars need to remain undisturbed in this location for 24 hours. Do not pick them up or move them if at all possible during this time. And, DO NOT press down on the top of the jar to see if it has sealed until 24 hours have passed. When the time is up, you can press the middle top portion of the jar to make sure it’s properly sealed. The top should already be down and not make any movement or noise when you press the center of the lid. If it springs back up, the jar didn’t seal. The product inside is still good but the jar will need to be refrigerated and used first.

Properly sealed jars may be wiped clean and moved to a dark cool area for storage of up to 12 months or possibly longer.


After I started my adventure into home food preservation, I quickly realized that any time someone shared a jar of their labors…they must really think a good deal about me. It’s fun and rewarding to make your own products like this…not to mention that you know exactly what goes INSIDE each jar. Still, it does take some time and effort to complete the process so, next time someone hands you a jar from their home pantry….give them a BIG HUG and say Thank You Very Much.

You can “Save Summer In A Jar” by making your own homemade Blueberry Jam. These little jars make great gifts for any time of the year. Decorate them with cloth or paper jar toppers, labels, etc. and show someone just how much you appreciate them.


Bilberry

From early August onwards any of my work in the mountains of England, Wales and Scotland is often accompanied by the action of grazing on these tiny purple blobs as I work my way through the heather and scrub. Bilberries (the most-used common name, but lots of regional variations exist – see above) are easy to find and identify, and can be eaten straight from the bush with no problems and few misidentification worries.

The fruits can be picked easily by hand and turned into a variety of jams, pies and other fruit preserves.

Where do Bilberries grow?

Within the UK you will find Bilberry bushes growing amongst heather and gorse plants on upland acidic soils. I’ve found them on pretty much every UK mountain I have climbed or visited, even if the species was only represented by a few straggly bushes clinging on between some rocks, away from the relentless grazing of sheep or deer.

You may also find them growing in clearings and glades under conifers on uplands – either as a holdfast from the previous cultivation of that piece of land (i.e. they were there before the trees were planted in the last 150yrs or so) or transplanted in some form from neighbouring hillsides.

Not far from our offices is an open hill sticking out above Clocaenog forest, known as Pincyn Llys. The prominent feature is a tall stone obelisk/monument erected by Lord Bagot in 1830 to commemorate the planting of the first trees of what became the commercial plantations of Clocaenog Forest. A later inscription on the side of the monument marks the re-planting and extension of the forest by the Forestry Commission following intensive felling for pit props and trench materials during the First World War.
“Llys” in Welsh means “court” – but there are many who think that the name Pincyn Llys is a modern mistranslation/misnaming of this hilltop. The open clearing on the summit is absolutely COVERED in Bilberry bushes, and there is a lot to suggest that there have been Bilberries growing here for a long time. So given that the Welsh for Bilberry is “Llus” – should the 413m high hill overlooking Bontuchel and Clocaenog actually be called ‘Pincyn Llus’?

Are Bilberries edible?

Bilberries are edible straight from the bush (assuming you’ve made a good and positive identification) and can be safely eaten raw in most cases.

Some care is needed when picking them as they have a tendency to pop easily. Stained fingers and clothing often result from a Bilberry foraging session.

I use a berry comb or Peigne to gather them (see the video below). There are two potential issues with using this device for harvesting berries though – they can strip leaves from the branches if not used carefully, and they are almost TOO efficient at harvesting berries. I managed to harvest about 4kg in less than an hour this month, although that was probably less than 1% of what was in that immediate area. I would recommend that they are only used sparingly in areas where Bilberries are abundant, and your foraging activity has minimal impact.

How to identify Bilberries

Bilberries look like smaller, less substantial blueberries (it’s no coincidence, they’re closely related). The berries are obvious and prominent from August until early October for most of the UK, but can often be found earlier in some places. The stringy, woody stems of Bilberry are quite distinctive too – they’re often the bush on the side of a UK mountain that isn’t heather or gorse.

The flowers are small and pale purple/pink.

The leaves are slightly oval, and have tiny serrations around the edge.

Potential dangers and misidentification

Bilberries are a fairly safe foraging target as they grow in places where few other fruit bushes do (in the UK at least) and the only fruit you are possibly likely to come across in the same area are Blackberries.

If you discount the rest of the plant and look only at the fruit itself then it’s conceivable that you may confuse them with the fruits of White Bryony (Bryonia alba) – but it’s probably quite unlikely.


The Wild Cooks' Blog

We have chosen a selection of our favourite ‘wild’ recipes, full of tasty ingredients from the hedgerows.

Use our month by month guide to cook your way through the seasons and enjoy freshly harvested fruit and vegetables whilst they’re at their very best.

Rate this:

Compartilhar isso:

Assim:

This page has the following sub pages.

6 Responses

enjoy the blog Steph keep up the good work.

Many thanks Gordon,
Always good to know you are a reader of the Blog.
How about a blog on the making of a pork pie in your shop?
O que você acha?
Steph x

Just got back from the Acorn demonstration at Fodder and really enjoyed watching and tasting your recipes. Thank you for an excellent evening.

Dear Ann
Really great to hear from you and many thanks for your kind words.
It was an amazing evening and we managed to raise £2,380 for Acorn which is brillaint such a superb charity.
You ladies and gents did me proud.
Steph x

Hi Steph, I really enjoyed the evening in Settle on Thursday, and your Soda Bread was very good.! Is it possible to give the recipe on your blog as this one wasn’t included in the info pack.I’m looking forward to trying some of the recipes. Thanks to the 3 great chefs for a fab evening.

Hi Christine
It is called Whey Scone and on the web recipes just substitute Whey juicew for whole milk instead.
I hope you enjoy remember the wet tea towel is a great way to keep the bread moist whilst cooking.
Steph


Wild Blueberry Muffins Recipe

It has been such a beautiful day on the Isle of Man today – these are the days that make the dreary days of winter well worth it! So with the sun on my back I headed off to hunt down some of the islands most delicious wild bounty – wild Bilberries. If you’ve never heard of them before, Bilberries are the smaller, and slightly tarter, cousins of blueberries.

You might not find them in the supermarket but if you spot them in the fields and hedgerows in your area, make sure to pick some while they’re still around. They grow in the higher elevations of the island and I found a great place to pick them without having to do too much stooping.

Because they’re so small I decided to invest in a purpose-made Berry Picker. An hour picking berries with the Berry Picker results in the equivalent of a full day’s worth of berries if picking by hand. Needless to say, I’m well pleased with the purchase.

After getting them home, then washing and sorting them, I had over 700 grams of bilberry goodness just waiting to be scarfed. They’re just too good to use in preserves though and since I’d like to extend them as far as possible, most of them will be frozen for use in future pancakes and other goodies. But for today I’ve made Bilberry Muffins…SOOO much better than the blueberry sort. Don’t get me wrong – I love blueberries too. But the combination of sweet muffin bread with tart little bombs of berry juice are just divine!

1. Preheat your oven to 160°C for convection ovens and for ordinary ovens, 180°C

2. Line muffin tins with paper OR grease the bottoms only with a little with vegetable oil.

3. Beat milk, oil, vanilla and egg until well mixed

4. Stir in flour, sugar, baking powder and salt all at once and just until the dry ingredients are fully moist – the batter will be lumpy.

5. Place the berries in a bowl and sprinkle about a teaspoon of flour over them. Stir well so that flour coats each berry and then fold them into the batter. Coating berries with flour ensures that they wont fall to the bottom of your muffins while baking.

6. Divide batter between the 12 muffin cups and bake for 25 minutes. Let cool before tucking in.


Assista o vídeo: Kari Jaquesson - Oppskrift på yoghurtis med blåbær (Fevereiro 2023).