Novas receitas

Não culpe a chuva: traga seu casamento ao ar livre para dentro

Não culpe a chuva: traga seu casamento ao ar livre para dentro



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Embora um lindo casamento ao ar livre seja uma ideia perfeita para o verão, às vezes o clima nem sempre está do seu lado

A festa não para por causa de um pouco de chuva. Continue com essas ótimas dicas.

Se você está planejando um casamento de verão no quintal e apostando no sol, é provável que ainda chova pelo menos uma parte do dia. Pequenas rajadas de chuva de verão são comuns, então você deve estar preparado com um plano de backup se as gotas de chuva persistirem. Os casamentos ao ar livre na primavera e no verão são repletos de vegetação, pássaros canoros, flores e alimentos sazonais frescos. Seria uma pena perder a natureza ficando em casa. Aqui estão algumas maneiras de trazer seu casamento de quintal para dentro de casa em um dia chuvoso.

Plantar sementes em um dia ensolarado:

  • Dê aos seus convidados sementes para plantarem após o casamento ou dê-lhes um lindo cartão de lugar plantável em sua configuração de mesa. Eles podem plantar em seus jardins em um dia quente e ensolarado.
  • Os pacotes de sementes podem ser enviados como um cartão de lembrete para salvar a data, como um cartão de lugar na recepção, usado como favores para convidados ou enviado após o casamento como um agradecimento. Você pode encontrar pacotes com inscrições inteligentes para cada aplicativo, para que as pessoas não se confundam ao receber um pacote aparentemente aleatório de sementes de flores silvestres.
  • Você também pode encontrar convites e guardar os cartões de data com sementes embutidas diretamente no papel reciclado. Após o casamento, o cartão inteiro pode ser plantado direto no chão ou em um vaso. É um toque divertido em lembranças tradicionais de casamento que certamente agradará seus convidados. A melhor parte é que eles podem levar para casa e cultivar uma memória viva do seu dia perfeito.

Portadores de cartão de lugar

  • Quem precisa de um monte de bolos de casamento banhados a prata feitos para conter nomes? Inspire-se com as belezas da natureza e deixe plantinhas, bulbos de flores ou mudas de árvores sobre a mesa.
  • Torne os porta-nomes atraentes e deixe claro que eles estão à sua disposição. Ao transformar os titulares dos cartões em favores, você está reduzindo a limpeza em pelo menos uma pequena etapa.
  • Um pequeno pote contendo uma erva culinária (alecrim, manjericão, orégano) com o nome do hóspede escrito em uma etiqueta anexada serviria perfeitamente.
  • Uma moldura de musgo pode ser usada para cada assento, com o nome do seu convidado sob o vidro. Adicione mais verde à sua cena com uma faixa de musgo ou sinal com monograma.
  • Você também pode trazer a generosidade da natureza enchendo os suportes votivos de vidro com pétalas de flores reais ou conchas em tons pastéis para um brilho etéreo suave ao redor da sala.
  • O cartão de visita pode ser colocado na frente do castiçal ou deitado sobre a mesa para maior segurança e máxima luz de velas. (Se a ideia de tantas chamas abertas o deixa nervoso, você pode optar por velas votivas solares.)

Bouquets vivos

  • Exibições atraentes de vasos de plantas podem ser usadas para decorar as áreas de jantar e de dança. Encontre algo que combine com as cores que você escolheu para o seu casamento ou escolha as mesmas flores que foram selecionadas para o seu buquê.
  • As árvores também podem ser um recurso tremendo para decorar um espaço, especialmente quando você traz uma para dentro, onde as pessoas não as esperam. Não quer dizer que você deva ter um bordo ou uma macieira em flor no meio da pista de dança, mas algumas árvores alinhadas em uma entrada ou em um canto onde não seriam perturbadas teriam um belo efeito em toda a sala.
  • Após o evento de gala, as árvores e flores podem ser plantadas ao redor de sua casa. Você terá instantaneamente um jardim que será uma agradável lembrança de sua alegre ocasião.
  • Se você decidir que flores frescas sejam entregues em vasos e buquês, elas sempre podem ser secas e usadas em grinaldas ou prensadas em álbuns de recortes após o casamento.

A culpa é da falta de chuva

À medida que a Bacia do Permian seca, os residentes de Midland estão lutando com uma realidade que nunca tiveram que enfrentar antes: as restrições de água. E não é bonito.

Na manhã de 13 de julho, um importante funcionário da água de Midland, Johnny Womack, recebeu um e-mail. Um homem prático que desistiu da agricultura de algodão em terra firme mais de quinze anos antes para trabalhar para o departamento de serviços públicos da cidade, Womack já ouvira pessoas reclamando de coisas estranhas, como a lata de lixo de um vizinho cheia demais. Mas esse tipo de carta era novo. Diz:

Caro senhor,
A vizinha da minha mãe que mora em [endereço excluído] rega [o] quintal todas as noites às 3h30. A água desce a calçada até o parque próximo, a três quarteirões de distância, todas as manhãs. Eu mencionei ao proprietário que ele terá problemas e não se importa. Por favor, faça algo sobre este homem e outros como ele. Obrigado, [nome excluído]

Passaram-se quase duas semanas desde que o conselho municipal impôs restrições de água aos residentes. A situação era terrível: nove meses após o início da terceira pior seca na história do Texas registrada, apenas 0,18 polegada de chuva caiu no aeroporto de Midland desde outubro - tornando-o mais seco do que o Vale da Morte. Sem chuva, os três reservatórios que abastecem a Bacia do Permiano foram projetados para secar em dezembro de 2012. Já, um estava basicamente vazio, o outro estava quase vazio e o terceiro, a cerca de 80 quilômetros a leste de San Angelo, estava abaixo de um quarto de sua capacidade. . Restrições voluntárias foram decretadas na primavera, mas quando isso não funcionou, elas se tornaram obrigatórias em 1º de julho, limitando a irrigação do gramado a duas vezes por semana. Outras cidades do Texas podem ter o hábito de reduzir o uso de água, mas para Midland essas medidas não tinham precedentes.

E infelizmente cronometrado. Graças aos altos preços do petróleo, Midland está ganhando dinheiro tão rápido agora que é difícil conseguir um quarto de hotel durante a semana (coloquei-me na lista de espera de quatro hotéis antes que um finalmente chegasse). A cidade ostenta de longe a menor taxa de desemprego do estado, e as construtoras estão solicitando novas licenças de moradia no ritmo mais rápido em pelo menos dez anos. A escassez de um produto básico como a água - e a ameaça de mais incêndios florestais na área - veio, portanto, como um choque bruto. A vizinha Odessa havia decretado penalidades para os infratores da água alguns meses antes, mas Midland, com seu lendário conservadorismo, preferiu confiar no espírito público de seus cidadãos para manter o uso da água sob controle.

“Não respondemos muito bem a 'Ok, o governo diz que você tem que fazer isso e, por Deus, você vai fazer ou vamos amarrá-lo'”, Wes Perry, o prefeito de Midland, disse-me em abril, quando visitei pela primeira vez para relatar sobre a seca do Texas Tribune. Um genial petroleiro que trabalha para a EGL Resources, Perry cresceu em Midland e entende a mentalidade de sua cidade. Os petroleiros que trabalham no calor e na poeira gostam de voltar para casa e encontrar grama verde. Eles estão acostumados a domar a natureza, especialmente em um lugar onde a natureza não é tão bonita para começar. A rega duas vezes por semana dificultaria a manutenção de gramados de pelúcia - ainda mais com as temperaturas oscilando em torno de 100 graus na maioria dos dias.

Provas disso estavam por toda a cidade. Dirigindo em um clima escaldante em meados de julho, vi uma cidade que parecia um tabuleiro de xadrez. Em quase todos os quarteirões de cada bairro, alguns gramados pareciam imaculados, com grama saudável, arbustos bem cuidados e até flores. Mas a maioria dos metros havia se tornado marrom e irregular, e alguns poucos tinham mais ou menos degenerado em poeira. Os campos de atletismo da Robert E. Lee High School tinham manchas que eram quase de terra nua, menos de um mês antes dos jogadores de futebol voltarem para o treino.

No final de julho, quase trezentos avisos haviam sido emitidos e apenas uma citação, cujo resultado ainda não havia sido resolvido. E cerca de oitenta casas e negócios receberam isenções (uma mulher, por exemplo, foi concedida uma prorrogação por suas tartarugas). No entanto, as restrições estavam claramente estressando as relações entre os cidadãos de Midland, que começaram a assumir o papel de informantes. A cidade estava imprimindo panfletos "Olá Vizinho" que os residentes podiam pendurar anonimamente na porta uns dos outros para punir os infratores por regar na hora errada ou por sprinklers "incômodos" correndo para a rua. Alguns gramados especialmente verdes - como o da Funerária e Crematório Nalley-Pickle e Welch - tinham cartazes com os dizeres “Poço de água em uso”, caso alguém se pergunte. (Poços de água estão isentos das restrições.) Desconfiada de trapaceiros, a cidade começou a inspecionar esses poços para se certificar de que eles realmente existiam e estavam conectados ao sistema de água da propriedade. Os que passaram receberam sinais oficiais. Womack, que tem um poço particular, colocou sua placa dentro da janela da frente para que ninguém roubasse.

Tudo isso é um pouco desconfortável para uma cidade que se orgulha de sua simpatia e de uma atitude menos é mais em relação ao governo. Perry me disse que estava desapontado com o fato de as restrições voluntárias não terem funcionado, mas que muitos moradores de Midland estavam se perguntando por que as restrições de água não haviam sido reforçadas antes. Eles querem que a cidade contrate mais pessoas para fazer cumprir os limites atuais, porque eles veem seus vizinhos molhando nos momentos errados. A cidade criou uma linha direta - Perry pode recitar o número de cor - para que as pessoas liguem com reclamações. Um homem, disse ele, enviou um e-mail para perguntar se ele poderia obter um passe livre por agredir seu vizinho devido às suas práticas erradas de irrigação.

“Midland, Texas - a capital independente e antigovernamental do mundo”, disse Perry com uma risada. “Foi uma surpresa para mim também.”

A situação da água em Midland, embora grave, dificilmente é o pior do estado, três quartos dos quais agora se enquadram na assustadora classificação de "seca excepcional". Essa distinção vai para lugares como Llano e Robert Lee, onde toda irrigação externa é proibida e as preocupações com a falta de água estão crescendo. Robert Lee depende do Lago E.V. Spence, que normalmente abastece a Bacia do Permiano, mas agora, com menos de um por cento da capacidade, foi reduzida a poças gigantes. As comunidades nos condados de Kendall e Irion também estão lutando, pois os níveis dos poços caem drasticamente e as águas subterrâneas não são repostas.

Mas a situação de Midland é excepcionalmente difícil. Entre outubro e o final de julho, choveu menos do que em qualquer outra grande cidade do Texas. O calor extremo e os ventos fortes agravaram os efeitos da seca. “Tenho certeza de que a evaporação será mais do que o que bombeamos dos lagos”, disse John Grant, gerente geral do Distrito de Água Municipal do Rio Colorado, falando sobre as projeções para o final do ano. O CRMWD, o fornecedor atacadista que extrai dos lagos, cortou suas alocações para Midland e outras cidades clientes neste verão em 20 por cento, e pode exigir cortes adicionais durante o inverno.

Da perspectiva de Perry, as mudanças nos hábitos hídricos de sua cidade estão atrasadas. Logo depois que cheguei em julho, fui vê-lo em sua casa, uma graciosa estrutura de estuque vermelho que ele construiu há alguns anos nos arredores da cidade. Midland foi construída em um deserto, ele me disse, e um dia pode precisar se parecer com uma cidade deserta, talvez como Phoenix ou Tucson. A paisagem ao redor de sua própria casa incluía mandioca e outras plantas resistentes à seca - bem como uma piscina e uma fonte alta ao ar livre e um gramado modesto (e um tanto sujo). Perry, como Womack, obtém sua água de um poço particular, mas ele disse que ainda está preocupado com a água - ele até desliga o chuveiro quando lava o cabelo. Ele quer que melhorias na água, incluindo suprimentos expandidos, sejam seu legado.

Em outros lugares, os residentes estavam sentindo a escassez de outras maneiras agudas. À medida que o nível dos lagos diminuía e as algas cresciam, até a água potável estava começando a ter gosto e cheiro ruim. Stuart Purvis, diretor de utilidades de Midland, riu quando mencionei que tinha bebido um pouco de água da torneira no meu hotel. “Não faz mal”, disse ele, explicando que a água foi tratada, mas simplesmente não é agradável. (Verdadeiro: o gosto ... forte.) Muitos residentes da Bacia do Permian, incluindo Grant, sempre obtêm água em quiosques de rua, onde você pode trazer sua própria jarra e enchê-la, por 25 centavos o galão, em uma máquina que limpa a água por meio de Osmose Inversa. Jan Artley, uma defensora ambiental da Liga das Mulheres Eleitoras, me disse que ela coloca recipientes de água de osmose reversa no banheiro, para que ninguém em sua casa tenha que escovar os dentes ou tomar vitaminas com água com cheiro de mofo.

A longo prazo, a salvação da Bacia do Permian pode estar nas águas subterrâneas. Ao contrário das águas limpas do Ogallala ao norte, no entanto, alguns dos aquíferos da Bacia são altamente salinos, com grandes quantidades de cloretos, fluoretos ou arsênico. Diz-se que os veteranos em Midland tinham os dentes manchados por beber água subterrânea, como as pessoas costumavam fazer no início do século passado, quando Midland era chamada de Windmill Town. Quando falei com Lisa Tindol, uma residente com um poço particular, ela disse que substitui suas torneiras a cada dois anos por causa da corrosão. Portanto, se a água subterrânea for a resposta, algumas áreas provavelmente exigirão uma planta de dessalinização cara. Outra questão: a competição com empresas de petróleo, que podem usar um milhão ou mais de galões de água subterrânea para cada poço de petróleo que perfuram com fraturamento hidráulico. Perry me disse que esse uso não restringirá os suprimentos de Midland, mas as comunidades em outros lugares do Texas estão cada vez mais preocupadas com isso.

Com o tempo, à medida que novas fontes de água são desenvolvidas com infraestrutura cara, o custo da água para os cidadãos comuns tende a subir - o que pode causar outro choque em um lugar que não gosta de pagar pelo governo. O CRMWD bombeia algumas águas subterrâneas de Ward County, a oeste de Odessa, e neste verão decidiu construir um gasoduto para a área, para permitir a expansão da produção. Isso adicionará US $ 11 ou US $ 11,50 por mês às contas de água dos residentes em Midland, Odessa e outras cidades clientes a partir de outubro. Midland, que perderá cerca de metade de seus direitos de reservatório em 2029 quando um contrato com o CRMWD terminar, também possui várias décadas de água em um campo de poço subterrâneo chamado T-Bar Ranch. Mas, como aprendi com Purvis, desenvolvê-lo custaria US $ 140 milhões a US $ 150 milhões. Ele se preocupa com a reação dos residentes ao absorver esse custo (cerca de US $ 1.400 por pessoa, calculei). Midland também está em negociações com Abilene e San Angelo sobre possíveis projetos conjuntos, como uma nova barragem ou acesso a outro reservatório. Talvez o movimento mais interessante de todos, no final do próximo ano, o CRMWD planeja começar a operar uma pequena fábrica em Big Spring que fará uma limpeza adicional do esgoto tratado e, em seguida, injetará dois milhões de galões todos os dias no sistema de água potável. Essa é a primeira vez, ou quase isso, para o país.

Enquanto isso, com a seca se arrastando, alguns residentes engenhosos perceberam que a adversidade cria boas oportunidades de negócios, grandes ou pequenas. Em mais de uma ocasião, ouvi sobre o antigo petroleiro Clayton Williams e como ele quer canalizar água subterrânea do condado de Pecos para Midland (até agora ele foi retido por funcionários da Pecos, que querem mantê-la lá). E, no leste de Odessa, conheci um aspirante a músico de 18 anos, Christian Poldrack, que abriu uma empresa que pulveriza a grama com tinta verde. Ele tinha feito trabalhos para apenas um punhado de clientes quando eu o visitei - uma pequena falha de equipamento, ele explicou - mas ele demonstrou avidamente a técnica em sua própria grama, que brilhou enquanto secava no que ele descreveu, não imprecisamente, como um "verdadeiro aparência natural. ”

O trabalho de Poldrack pode estar em demanda se toda a irrigação externa for proibida no próximo verão, o que Perry me disse que pode acontecer se não chover. O prefeito emitiu uma proclamação de oração pedindo chuva no início da primavera, antes mesmo do governador Rick Perry (sem parentesco) fazer o mesmo no fim de semana da Páscoa. Infelizmente, no final do verão as previsões não haviam melhorado: não eram esperadas chuvas no início do outono, e os meteorologistas diziam que o La Niña, uma das principais causas da seca, poderia retornar. “Será interessante”, disse o prefeito Perry, “ver quando a seca parar o que as pessoas farão”.

Alguns dias depois de visitar com o prefeito, que já havia partido para uma pescaria no Alasca, juntei-me a várias dezenas de residentes em um workshop de paisagismo para a seca, realizado no tão hippie-as-Midland-ganha Sibley Nature Center. O chefe do centro, Burr Williams, uma figura de Papai Noel com rabo de cavalo que tem pregado sobre árvores e plantas tolerantes à seca por décadas, estava falando sobre as virtudes do bordo bigtooth e do pistache chinês quando um estrondo de trovão soou .

"Tudo bem! Sim!" gritou Williams enquanto o público explodiu em aplausos. Poucos minutos depois, ouviu-se uma batida no telhado de metal. "Isso é chuva!" Williams berrou.

Escorreguei para fora e encontrei um grupo de pessoas em pé em uma passarela coberta admirando o aguaceiro, que totalizaria 0,15 polegadas naquele local, quase igualando o total de nove meses do aeroporto, embora outras partes da cidade tenham recebido muito menos. Em um campo próximo, alguns jovens, encharcados e exuberantes, jogavam futebol. "Veja. Cheire isso. Ouça. Sinta ”, maravilhou-se Mark Moshell, que tinha vindo para a oficina com uma camisa vermelha da ConocoPhillips.

Williams se juntou a nós do lado de fora quando ele terminou sua palestra. A chuva ainda estava caindo, com menos intensidade agora, mas ainda pingando maravilhosamente do telhado, e a poderosa fragrância de terra úmida enchia o ar.

"Tudo bem", disse ele, "quantas pessoas querem se abaixar e dançar?"


Ideias de entretenimento para casamentos ao ar livre no verão

  • Personalize um conjunto de bolsas (também chamado de “cornhole”), ou vários conjuntos, visto que as bolsas é um jogo popular ao ar livre.
  • Ofereça bola de bocha, ferraduras e outros jogos casuais ao ar livre para casamentos de verão simples.
  • Forneça bolhas para as crianças e / ou organize uma festa de despedida, onde os convidados sopram bolhas quando vocês saem da recepção.
  • Transforme sua despedida em uma despedida brilhante, onde os convidados iluminam o caminho da tenda até seu carro decorado.
  • Organize uma fogueira, perfeita para a ideia de um bar s’mores nas ideias de cardápio de casamento de verão.

  • Deixe as lanternas de papel acesas subirem para o céu no final da noite, uma celebração dos votos de boa sorte dos hóspedes para você.
  • Forneça uma cabine fotográfica ao ar livre com muitos adereços e placas para os visitantes segurarem e usarem enquanto tiram suas fotos.

ARTIGOS RELACIONADOS

Esta última causa o torna mais comum do que nunca agora, graças à pandemia. No ano passado, você estava mais propenso do que nunca a abrir o forno para passar a roupa, colocar o detergente na geladeira ou se levantar do sofá apenas para ficar pensando: 'Mas e daí? eu me levantei? '

A boa notícia é que ele pode ser revertido e eliminado. Não importa quantos anos você tem, você pode aprender a pensar mais rápido, mais nítido e melhor.

Se você pesquisar no Google ‘cérebro neblina’, obterá dezenas de milhões de resultados em menos de um segundo. No entanto, se você pesquisar por "névoa cerebral" no site do NHS, verá um branco completo - "nenhum resultado encontrado". No entanto, é uma experiência incrivelmente comum. É um conjunto de sintomas que dá origem à perda de clareza mental. Os sintomas são persistentes, ocorrem regularmente e interferem na qualidade de vida, nos relacionamentos e no trabalho. Você experimenta um pensamento lento, problemas de concentração e dificuldade de foco. Você pode ter problemas para lembrar, aprender coisas novas ou problemas de linguagem, como dificuldade em encontrar a palavra certa.

Com a névoa do cérebro, você se sente "desligado" porque seu cérebro está funcionando mal. Não está funcionando como antes. A probabilidade é que você nunca teve que pensar sobre como seu cérebro funciona antes. Simplesmente aconteceu. Foi perfeito, automático.

Agora, muitas coisas parecem difíceis, mecânicas, lentas ou desequilibradas. Essa é a experiência da névoa do cérebro. Considere essas cinco melhorias no estilo de vida como os pilares da batalha contra a névoa. É assim que você pode melhorar a saúde do seu cérebro - e protegê-la para o futuro.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, estamos no meio de uma epidemia de perda de sono, com uma em cada três pessoas dormindo o suficiente. Há uma chance muito real de que a perda de sono ou a má qualidade do sono sejam a causa da névoa do cérebro. Ficar privado de apenas uma noite de sono prejudicará sua capacidade de aprender e codificar novas informações. Mas não entre em pânico: existem ajustes simples que você pode fazer com muito pouco esforço para melhorar seu sono e ajudar a banir a névoa.

Em primeiro lugar, não lute contra o empurrão biológico para uma soneca. Dormir um pouco pode realmente melhorar o desempenho do cérebro.

Os cochilos se beneficiam de um aumento do estado de alerta no período imediatamente após acordar e do estado de alerta estendido no final do dia. Ele também pode melhorar o desempenho, tornando-o mais rápido e melhor.

Os que dormem também têm menos probabilidade de sofrer acidentes do que os que não dormem. Também há evidências de que uma soneca curta melhora a memória e o aprendizado. Cochilos de energia aumentam a memória em 20 por cento pelo resto do dia. O tempo e a duração são essenciais: os cochilos devem durar menos de 20 minutos ou pelo menos 90 minutos; o melhor é tirar seis a oito horas depois de acordar e, no máximo, às 15h.

Existem também alguns ajustes simples para melhorar a qualidade do seu sono durante a noite. Comece acertando a iluminação: a luz elétrica interrompe o ciclo sono-vigília, a regulação hormonal e a temperatura corporal central, então adquira o hábito de desligar ou diminuir as luzes do teto à noite - use pouca iluminação, como lâmpadas laterais. Evite acender luz forte no banheiro que desperta seu cérebro imitando a luz do dia. Proibir a exposição à luz azul de dispositivos digitais por uma hora antes de dormir e totalmente no quarto. Se você acordar durante a noite, não fique tentado a pegar o telefone: a luz azul vai te acordar.

Se você planeja ir para a cama às 23h, desligue a TV e outros dispositivos às 22h e mude para ouvir música ou ler um livro impresso ao lado de uma lâmpada lateral.

2. Procure forros de prata

O estresse mal administrado e os altos níveis de hormônios do estresse podem interferir na sua capacidade de pensar, aprender e lembrar com clareza. Entender sua atitude em relação ao estresse e a maneira como você pensa o ajudará a encontrar maneiras de começar a dissipar a névoa.

Quando se trata de situações estressantes, avaliar seu próprio processo de pensamento é crucial. Se você tiver pensamentos negativos ou ficar obcecado com o que pode dar errado, seu corpo reagirá como se você estivesse sob ameaça, liberando adrenalina e cortisol. O que você acredita sobre sua capacidade de controlar aspectos de sua vida também é importante. Você tende a ver os eventos como passivamente acontecendo com você, determinados pela sorte, destino ou acaso? Ou você se sente no controle de seu próprio destino? Pessoas que sentem que desempenham um papel ativo na formação de suas vidas tendem a ser mais felizes, menos estressadas e menos deprimidas do que as pessoas que colocam o controle fora de si mesmas.

Eventos globalmente estressantes, como a pandemia, estão além do seu controle, então não há por que se preocupar com eles. Muito melhor se concentrar em coisas que você pode controlar, como como você reage e quais etapas práticas você pode tomar. Se você sentir que o estresse está aumentando, pergunte-se: "Quão importante é isso - isso vai importar no próximo mês, no próximo ano? Vale a pena ficar chateado? '

Tente procurar forros de prata. Percebemos o negativo com mais facilidade, portanto, focar nos positivos exige esforço, mas o pensamento negativo é tanto uma fonte quanto uma consequência do estresse e é um sintoma comum de ansiedade. Praticar o pensamento positivo reduz o estresse, o que traz benefícios para a saúde do cérebro. Experimente anotar seus pensamentos negativos: o simples ato de colocá-los no papel pode fazer com que seu cérebro não precise mais se lembrar deles.

Quando foi a última vez que você fez um esforço consciente para exercitar seu cérebro? Você precisa estimulá-lo para promover o crescimento de novas células cerebrais e fortalecer os tecidos conjuntivos entre elas. Desafiar seu cérebro com exercícios regulares permite que ele expanda sua capacidade e o ajudará a superar a névoa.

Experimentar coisas novas, conhecer novas pessoas e encontrar novas situações é uma ótima maneira de enriquecer as conexões entre as células cerebrais. Sua mente se beneficiará quando houver novidades envolvidas.

Faça um esforço consciente para buscar as "primeiras vezes" em várias áreas de sua vida: ouvir uma estação de rádio diferente, ler um livro de um gênero desconhecido ou uma seção diferente do jornal pedir algo diferente do menu. Recupere a curiosidade da infância: faça perguntas, não se limite ao que lhe é familiar ou presuma que seu ponto de vista está correto.

Deixe-se surpreender pelo mundo e pelas pessoas ao seu redor. As atividades rotineiras não são um desafio que você precisa para avançar para o próximo nível, tentar algo diferente ou aprender algo novo. A primeira vez que você faz palavras cruzadas, envolve aprendizado, o que traz benefícios para o cérebro. Uma vez que você está fazendo palavras cruzadas todas as noites, torna-se rotina, então o benefício é muito limitado. Tente palavras cruzadas mais difíceis ou defina um limite de tempo para resolvê-las. Você precisará se alongar, forçar-se além de sua zona de conforto ou capacidade atual.

Quanto mais passos (literalmente) você dá, mais saudável seu cérebro se torna. O exercício físico tem benefícios diretos na estrutura e no funcionamento do seu cérebro: ele encolherá menos com a idade se você permanecer fisicamente ativo.

Com exercícios regulares, você verá melhorias na memória, na atenção e na velocidade com que processa as informações. Extensas pesquisas mostram que o exercício aeróbico beneficia o cérebro e melhora várias funções cognitivas, incluindo aquelas comumente afetadas na névoa do cérebro. A pesquisa também indica que a prática regular de exercícios aeróbicos e treinamento de resistência melhora a função cognitiva em adultos com mais de 50 anos.

Faça do exercício uma parte de sua rotina diária e você notará uma grande diferença em sua capacidade de concentração e aliviar outros sintomas de névoa cerebral. Aumente pelo menos 150 minutos de atividade aeróbica moderada ou 75 minutos de atividade vigorosa a cada semana. Encontre todas as maneiras possíveis de incorporar o movimento à sua rotina diária. Desça do ônibus ou do trem algumas paradas mais cedo. Estacione um pouco mais longe de seu destino. Pegue as escadas. O trabalho doméstico conta, então ataque-o com gosto!

Possivelmente, o ajuste mais simples de todos é ficar em pé. Mesmo. O cérebro realmente funciona melhor quando estamos de pé. Ficar sentado por períodos prolongados pode causar fadiga mental e a falta de movimento pode colocar seu corpo no modo de sono. Se você reduziu seu tempo diário sentado de oito para seis horas ficando em pé por duas horas, distribuídas ao longo do dia, todos os dias por 12 meses, o efeito líquido é o equivalente a correr seis maratonas por ano. Comece a ver a posição de pé como uma forma de exercício: fique de pé para atividades específicas, como falar ao telefone.

5. Coma o seu caminho para um cérebro melhor

Seu cérebro é composto de 73 por cento de água com o restante composto por macronutrientes (gordura, proteína e carboidratos) e micronutrientes (vitaminas e minerais) que afetam o desenvolvimento, função, energia e humor do seu cérebro. O que você come afeta diretamente o seu cérebro e como ele funciona, portanto, da próxima vez que você comprar comida, pense em comprar para o seu cérebro.

Mantenha sua mente em boa forma adotando uma dieta de estilo mediterrâneo com muitas frutas frescas, vegetais, leguminosas, peixes e gorduras insaturadas como azeite de oliva. Aumente a ingestão de ácidos graxos ômega-3, que são importantes para a memória e podem reduzir a inflamação (encontre-os em grãos integrais, frutas, vegetais, peixes e alho).

Ferro e vitamina B12 são essenciais para o funcionamento saudável do cérebro: a deficiência de B12 resulta em sintomas de névoa do cérebro, como problemas de memória, dificuldade de pensar e raciocinar. Seu corpo não pode produzir vitamina B12, então obtenha-a de carnes, ovos, aves e laticínios. (Vegetarianos e veganos podem ser deficientes, portanto, converse com um profissional de saúde.)

Procure gastar mais tempo preparando sua comida do que comendo e substitua lanches ricos em calorias por uma alternativa saudável. Pessoas que comem mais de 2.000 calorias por dia têm o dobro do risco de perda de memória em comparação com pessoas que comem menos de 1.500 calorias. Uma ingestão calórica mais baixa pode ajudá-lo a manter a função de memória mais tarde na vida.


Ideias para datas externas de dias chuvosos:

13. Deslize na lama por sua ideia para um dia chuvoso

Pegue trenós , encontre uma grande colina e deixe a chuva ser o seu deslize e deslize! Pode ficar um pouco bagunçado, mas será muito divertido! Depois, leve seu lado sujo para casa e pule no chuveiro, pronto! Talvez juntos & # 8230

14. Dê um mergulho na chuva

Por que não nadar na chuva? Você não conseguirá se molhar com a chuva, pois já estará molhado da piscina. Se você não tem sua própria piscina, vá para uma da comunidade, com certeza ela estará vazia em um dia chuvoso! Além disso, um mergulho na chuva pode ser surpreendentemente romântico.

15. Mergulhe nas poças como uma ideia para um dia chuvoso

Um favorito das crianças, e por que não canalizar sua criança interior? Coloque algumas botas de chuva bonitas e vá encontrar algumas poças grandes para pisar! Você pode se surpreender com o quão divertido pode ser!

16. Experimente a sua sorte na fotografia de chuva

A fotografia da chuva pode ser muito bonita. Saia na chuva e encontre algumas ruas, árvores, flores e muito mais encharcadas de água mágica para tirar fotos! Apenas certifique-se de ter uma capa de chuva para sua câmera ou pelo menos um saco plástico para mantê-la segura. Você pode transformar isso em uma competição e ver quem consegue obter a foto mais original ou pode criar uma lista de fotos para tirar, como uma caça ao tesouro de fotos. Volte para casa e mantenha a data do dia chuvoso revisando todas as suas fotos e descobrindo uma maneira de colocá-las em uso. Talvez você possa criar um álbum de recortes ou imprimi-lo para enquadrar!

Algumas dicas para fotografia de chuva:

  • Fique em um local seco, como um toldo ou varanda, conforme você clica
  • Atire de dentro de um carro. Isso o manterá relativamente seco enquanto você tira ótimas fotos de chuva
  • Incorpore seu guarda-chuva em sua foto. Isso pode criar um ótimo efeito de enquadramento
  • Utilize reflexos. Isso ajudará a capturar a essência do dia chuvoso
  • Encontre uma fonte de luz e atire nela. A luz ajudará a tornar a chuva mais visível, especialmente se estiver escuro e sombrio lá fora
  • Se você quer estar nas fotos juntos, confira este guia para tirar fotos juntos para casais

17. Dance e cante na chuva para um encontro lindo e romântico em um dia chuvoso

Eles fizeram um filme disso por um motivo. Pegue um guarda-chuva fofo, coloque botas de chuva coloridas e você estará pronto para estrelar sua própria comédia musical. Basta tocar a música que você escolher no seu telefone Gire em torno de um poste de luz , pule, dance, cante e sinta como é bom estar livre na chuva! #allwetdontcare. Se tudo isso soar como muito esforço, fique em casa e assista ao filme!

  • It & # 8217s My Life & # 8211 Bon Jovi
  • O que quer que & # 8220 sua música & # 8221 seja Tudo de mim>
  • Guarda-chuva e # 8211 Rihanna
  • Cantando na chuva e # 8211 Gene Kelly
  • Incendiar a chuva & # 8211 Adele
  • It & # 8217s Raining Men & # 8211 The Weather Girls

Dica romântica: se você não tem uma música, esta pode ser sua maneira de criar uma! Se você já tem uma música para casais, esta pode ser apenas uma piada interna boba!

What to wear on your outdoors rainy day date:

Since you’re most likely going to be getting wet, you’ll want to wear something that that’s waterproof. You may also want to bring a change of clothes with you so that you’re not hanging around in wet clothes for too long. If you’re doing one of the messier date ideas like mud sliding, you’ll want to wear something you don’t mind getting dirty. This outfit probably won’t be the cutest one of all and your hair might get messed up, but just embrace it. The point of these outdoor dates is to have fun and he’ll never forget your spontaneity! I’d suggest doing a cute rain slicker, leggings, and heavy duty waterproof boots.

For more date ideas:

What are your favorite rainy day date ideas? Let us know in the comments below, we are always looking for more rainy day date ideas!


8 Quirky Wedding Traditions You'll Only Find in the South

But you don't have to live in Dixie to make them your own.

From naming our kids to celebrating holidays, those of us below the Mason-Dixon line tend to do things a little bit differently. Naturally, weddings are no exception. Keep scrolling for some of the best (and quirkiest) getting-hitched traditions to come out of the South.

Southern superstition says you can prevent rain on the big day by hiding a bottle of bourbon in the ground at the wedding site. A brand-new, sealed bottle should be buried upside down exactly 30 days before the ceremony.

Typically hosted by the mother of the bride, this intimate gathering for the bridal party is a way for the soon-to-be-Mrs. to thank her bridesmaids and spend quality time with them prior to the big day. It takes place a day or two before the wedding so that out-of-towners can attend.

Southern brides have been known to book a solo photography session weeks before the wedding . You're doing trial run of hair and makeup anyway &mdash why not document the look on a day when you're far more likely to be fully relaxed and well rested? (Bonus points if you display the prints at your reception.)

At the shower or luncheon, bridesmaids (or single friends, depending on who you ask) pull ribbons attached to charms inside or underneath the cake. Each charm indicates a different fortune: an anchor or hot air balloon for adventure a rocking chair for a long life a four-leaf clover for good luck. The practice comes from Victorian England by way of New Orleans, which explains why the fleur de lis, a symbol of prosperity, is a popular charm.

For this housewarming party of sorts, friends and family give the newlyweds pantry staples like flour, sugar, butter, and eggs by the pound. (Southern churches have been known to throw "poundings" to welcome a new pastor and his wife to the congregation too.)

Alright, so this one's mainly a New Orleans thing, but that's in the South! Big Easy couples often hire an upbeat brass band which, along with wedding guests, form a parade behind them as they make their way to the reception.

Remember the roadkill cake from Steel Magnolias? Southerners tend to serve a playful confection alongside the typical white, tiered cake, a practice with roots in Victorian England, when weddings featured three cakes: one for the guests, one for the bridesmaids, and one for the groomsmen. They're not all armadillo-shaped, of course &mdash grooms often pay tribute to their alma mater, favorite sports team, hobbies, and/or profession.

In addition to bridesmaids, some brides designate a "house party" of friends and family who attend all bridal activities (shower, bachelorette party, etc.) and help out with ceremonial duties on the big day, like overseeing the guest book. Former first daughter Jenna Bush Hager had a 14-person house party for her 2008 Crawford, Texas, ceremony.


Decorating the Coffee Table with 4th of July Decorations

Now I was ready to decorate our patio table. You may remember that I gave all our tabletops a fresh coat of stain several weeks ago.

I added 2 bright red checked dishtowels to serve as a small table topper. They also provide more color and pattern.

SIDENOTE: This was how far I got in decorating our outdoor 4th of July decor late last Friday afternoon. I decided to stop for the day. At bedtime, Sweet Shark turned on the local news and weather, as usual. The weatherman said we might get rain during the night. Just then we heard thunder!! I ran outside in my nightgown and gathered up the dishtowels, the pillows, and the pots just as it started to sprinkle.

Saturday morning everything was wet on the patio. I dried all the tables off, took a walk and hoped that we wouldn’t get any more rain. By mid

afternoon everything was dry and I could continue decorating our patio seating area for 4th of July. I returned the pillows to the loveseat. The pots went back on the side tables. The dishtowels went back on the table.

This vignette is my take on Liz Marie’s coffee table. I used my round wicker basket as my base.

  • the third stars and stripes pot that I made
  • a white ceramic pot with fresh greens leftover from the flower bouquet my kids sent me for my birthday. I stuck in 3 small metal pinwheels from a previous arrangement.
  • a small blue glass container that I bought at AtHome a few weeks ago filled with a votive candle.

You may remember that Liz Marie used a tricycle in her vignette. I knew as soon as I saw it that I would use my red vintage truck from Decor Steals (Santa was in it at Christmas).

I have several clear glass vases and this one was the right size and shape to fit in the back of the truck. I stuffed it with red shred (Left from my older daughters’ favor bags for out of town guests at her wedding

14 years ago. ), which I have reused over and over.

GORJETA: Don’t throw away reusable decorations that are in good condition, especially anything in red (all the patriotic holidays, Christmas, Valentine’s Day, Kentucky Derby).

Stars in red white and blue were easy to stick in the shred.

I have to give Sweet Shark credit for this idea. I asked him to come outside and give me his opinion of my fourth of July outdoor decorations so far. We both agreed that the truck looked a little bare. He went back inside the house and brought out these faux flowers which were on the breakfast room table. He stuffed them in the cab of the truck and I stuffed a little more.

We stepped back to look and agreed that the flowers were a great addition.

For a final touch, I added a “tailgate” to the truck

these 2 4th of July tags that I made last year. And a star. I a compulsive tweaker.

I added the mason jar lights to the side tables. Last year I made these for our patio umbrella. We just bought a brand new umbrella so we had to take down the mason jar lights.

Then I thought we needed more candles. I keep these tall candles from Dollar Tree on hand because they are so easy to decorate. I’ll show you how I made these later this week.

See the red shred in the round tray? That was Sweet Shark’s idea. The boy is getting good at this home decor thing.


Asking for a Friend: My friend won't cancel her wedding, but I don't feel comfortable attending

Caroline Moss is an author and host of the podcast "Gee Thanks, Just Bought It," which helps people find the products they need to make life easier, better and more productive. Now with this column, "Asking for a Friend," she's helping people with the advice they need to make life easier, better and more productive.

My friend is refusing to cancel her wedding in September. I am in the wedding. I really don’t feel comfortable going due to the coronavirus. What do I say? Or do?

Well, woof. That sucks a lot and I am sorry you are in the lead role of this morality theater production.

I am also sorry for your friend weddings are exciting and stressful and the buildup to each one is almost an unbearable excitement. Throwing in a global health crisis? I cannot imagine that feeling, and I am lucky I do not have to experience it firsthand. Give her some grace in that respect. This suckkkkksssss.

She has also probably put down a ton of money to make it happen and depending on where you are writing me from, perhaps lives in a state that is still hosting events and therefore cannot get her money back. You know all that fine print on contracts that no one reads? I guarantee it’s making all of this wedding planning and canceling and postponing during a pandemic that much more difficult. I can imagine that she is so hellbent on having the wedding of her dreams that she isn’t thinking totally clearly right now. This! Wedding! Is! Happening! And! Nothing! Is! Going! To! Stop! It!

Relacionado

TMRW x TODAY 3 couples share what it’s like to cancel their 2020 weddings

But you, the person who is not planning a wedding right now, unfortunately know better. This wedding, whether big or small, could easily be one of those ground-zero events that ends up infecting many people with COVID-19. One sick person, one asymptomatic wedding guest would put thousands of people in danger. But there might not be a sick person there! But there might. For that reason, it’s in the best interest of all involved to cancel or postpone. But of course, you know that! That’s why you don’t want to go, and that’s why you’re not-so-secretly hoping she comes to her senses and cancels.

Relacionado

Style Should I cancel my wedding due to coronavirus?

Rarely does life present us with such difficult choices. We make choices every day, probably hundreds of little choices an hour, but these are the big ones. Remember, we’re in the middle of a pandemic. Like historic, traumatic, unrelenting pandemic. This isn’t about your friend, the bride, and it’s not about you. These choices — to stay inside when we’d rather be at the beach with friends, to wear a mask when it’s uncomfortable and hot and makes our skin breakout, to cancel flights to much-anticipated vacations — are the ones we make because they are the ones that will keep other people safe. It doesn’t matter if we don’t know these people we have to care about them anyway.

For more like this, follow TMRW on Instagram at @tmrwxtoday.

Part of me wants to tell you to lie, masked bridesmaid. I mean, who could say anything to someone who's exhibiting signs of coronavirus? Maybe you have a dry cough or a fever. Maybe you’ve been in contact with someone who has tested positive. No one will fight you if you say you’re sick and that’s why you won’t be able to go. And you might just go that route and lie. I wouldn’t blame you. It’s an irrefutable get-out-of-wedding-free card right now. I am sure you wouldn’t be the first one to use it.

Relacionado

Style How coronavirus could change wedding culture — even after the pandemic ends

But I think you know what you have to do, masked bridesmaid, and it’s not lying. It’s taking a stand and doing what’s right. If it costs you your friendship, that may be a sacrifice you make. (My guess is that it won’t cost you your friendship but it might be tense for a month or two.)

This is going to be one of those moments. You will never have proof that not going to this wedding did or did not harm lives. But you have to take a step back from this very personal situation and put it in the context of the bigger picture and the information we have at hand which is: The more you stay home and away from other people, the safer you will be and the safer everyone else will be.


30 Flowering Container Garden Ideas

Containers of flowers and other plants can add color and beauty to the landscape. And there are many container garden ideas to suit any property, from tiny balconies to expansive lawns. In fact, container gardening is perfect for those who don’t have much garden space but still want to flex their green thumb. You can use as many or as few containers as you wish and size them accordingly to your space. Plus, you can plant in hanging containers or groups of coordinating containers to create a custom look for your garden.

Here are 30 container garden ideas to add some color to your landscape.


19 Things to Do on A Rainy Day in Asheville, NC

While Asheville is known as a world-class outdoor adventure destination, you may be surprised by the wealth of indoor activity options at your fingertips when you visit.

So, when you see rain pop up in the forecast, don’t despair! There are more than enough adventures on this list to explore until the sun comes out again.

Please remember to bring and wear your mask. Masks are required statewide inside public places, and masks are required outdoors where social distancing isn&apost possible. For more information, see our latest travel updates.

1. Museums

In culture-rich Asheville, a growing number of museums will help you explore science, art, music and history. Asheville’s museums are highly interactive, giving you the opportunity for a hands on experience.

Visit the family-friendly Asheville Museum of Science, dive into the life and work of music pioneer Dr. Bob Moog at the Moogseum or take a stroll through the new Asheville Art Museum. & # xA0

The Black Mountain College Museum and Arts Center provides you the chance to see fresh exhibitions (rotating every four months) and you can roll back the clock and admire gorgeous vintage automobiles at the Antique Car Museum in Grovewood Village (open April through December).

2. Asheville Pinball Museum

While “museum” is in the title, the Asheville Pinball Museum is truly a place to play! Play more than 35 pinball machines as much as you𠆝 like for just one admission price! The pinball machines range from antiques (from as early as the 1960s) to newer games. While you play, take your pick of snacks, soda and beer. Open Wednesday through Monday.

3. Biltmore

Take a self-guided or guided tour of Biltmore House, America’s largest home, for an up close look at the stunning architecture of this 1890&aposs mansion. The self-guided tours of Biltmore take you through three levels of the house. With your admission comes a free wine tasting at Biltmore Winery, the most visited winery in the United States. And, make sure to stop inside The Conservatory, a gorgeous greenhouse at the foot of the Walled Garden that is home to a large collection of exotic flowers, ferns, orchids and other plants.

4. Thomas Wolfe Memorial State Historic Site

Discover Asheville’s literary past at the childhood home of famous novelist Thomas Wolfe. The house and the colorful characters who lived there provided the inspiration for his novel Look Homeward, Angel. Guided tours of the Thomas Wolfe Memorial are offered daily at half past each hour.

5. Biltmore Village Antique District

Nearly 500 independent dealers sell their antique wares in 10 convenient antique stores and malls within minutes of the਋iltmore entrance gate. Among the largest antique stores are The Antique Tobacco Barn, Sweeten Creek Antiques, The Screen Door and the Regeneration Station. See our guide to antique shops in Asheville for a full list of shops.

6. River Arts District Studios and Galleries

Once-bustling industrial mills now house more than 200 artists studios in the River Arts District just five minutes from downtown Asheville. Watch the artists at work in their studios, shop for one-of-kind art pieces and make your own art with hands-on experiences, such as glassblowing at the North Carolina Glass Center. Just remember to bring an umbrella to use when walking from one studio/gallery to the next.

Not far from the River Arts District, check out New Morning Gallery in Biltmore Village. New Morning is one of the largest craft galleries in the country. With crafts from more than 100 vendors, you&aposll have plenty to explore as you shop. 

7. Folk Art Center on the Blue Ridge Parkway

The most visited attraction on the Blue Ridge Parkway, the Folk Art Center, is a destination in its own right. See the work of the talented artists of the Southern Highland Craft Guild, shop for fine mountain crafts and see live craft demonstrations (on select days).

8. Shopping

With so many local and independent shops throughout town, it’s easy to spend a few hours or even a whole day shopping for one-of-kind treasures at boutiques and galleries. Among great indoor shopping areas is the Grove Arcade, an architectural gem in downtown Asheville.

9. Asheville Retrocade

Gamers will love the Asheville Retrocade where you’ll have at your fingertips more than 5,000 video games, pinball, billiards, skeeball and foosball. For just $10 enjoy unlimited play until closing at 2 a.m. (21 and over after 9 p.m.).਌raft beer, wine and coke are available. & # xA0

Other family-friendly indoor gaming centers include Asheville&aposs Fun Depot, which features indoor go-carts, 18-hole indoor golf course and laser tag. Lakeview Putt & Play has four virtual reality (VR) booths where you can play great games no matter the weather outside.ਊnd, the Mountain Play Lodge in south Asheville is designed for a younger audience and has a main floor with indoor play equipment.

10. Escape Rooms

Solve the puzzle and make your escape! An escape room is a hands on experience in one or more rooms where you work with your team to discover clues and accomplish a goal in a limited amount of time.ਊmong the escape rooms in Asheville are A-Escape, Breakout Asheville, The Conundrum, Escape Out, FOX-N-OTTER and Black Mountain Escape.

11. Asheville Pizza and Brewing Movies

Enjoy great pizza,਋rews and movies at Asheville Pizza and Brewing’s north location (Merrimon Avenue). The restaurant has its own cinema where it shows movies for just $3 admission. While there, check out their game room that comes complete with classic video games and pinball.

Love movies? Also check out Asheville’s alternative cinema, The Grail Moviehouse, or see independent films at Asheville’s oldest downtown cinema The Fine Arts Theatre.

12. Brewery Tours

There are 50 breweries in the Asheville area, several of which have their own tours. Take a tour of New Belgium’s Asheville brewery, 2019 winner of USA Today 10 Best Readers’ Choice Award for Best Brewery Tour. Tour Sierra Nevada’s stunning production facility in Mills River. Or, leave it to the experts to plan a tour for you! Jump on the Asheville Brews Cruise, take the educational Brew-ED Tours or book a private tour with Asheville Brewery Tours.

13. LaZoom Comedy Bus Tour

Hop on the purple bus! LaZoom has a comedy tour that will have you rolling through Asheville. The bus has plastic shades to keep out the rain.

Or, hop on the Gray Line Trolley for a history and sightseeing tour of the city. 

14. French Broad Chocolate Factory

Make your rainy day sweet! Tour the French Broad Chocolate Factory to learn how these master chocolatiers transform cacao into awesome chocolate. Choose from a 15-minute walk through or a 30-minute tour (every day). On Saturdays, you can take a 60-minute tour.

15. Spa Day

Asheville has long been known as a place of wellness and rejuvenation. Enjoy a soothing foot soak at Wake Foot Sanctuary, go weightless with a salt water flotation experience at Stillpoint Wellness or meditate inside the Asheville Salt Cave or The Salt Spa of Asheville. Immerse yourself in the luxury of The Omni Grove Park Inn Spa, available to non-overnight guests Monday through Thursday. See our spa guide for a full list of spa experiences in Asheville.

16. The Omni Grove Park Inn

Relax at the spa, shop and dine at the historic Omni Grove Park Inn. You do not need to be an overnight guest to visit this Asheville landmark. During colder weather months, there are few better places to be than sitting in a rocking chair in front of the giant fireplaces in the Great Hall.

17. Bookstores

Malaprop’s has earned a national reputation as a top notch bookstore/coffee shop with author events throughout the year. You can lounge and sip wine at the Battery Park Book Exchange while perusing thousands of used books. Other places to get lost in the pages are Downtown Books & News and The Captain’s Bookshelf.

After purchasing your book of choice, head over to one of Asheville&aposs cool coffee shops forਊ cup of joe, a great atmosphere and a truly local experience. See our guide to Asheville&aposs best coffee shops.

18. Cooking Classes

Explore a variety of techniques and local ingredients with the help of several cooking class experiences in Asheville. From classes held in a 1930&aposs log cabin to classes in a home setting overlooking the mountains, check out these great options for a special culinary adventure: The Asheville Kitchen, Asheville Mountain Kitchen, Cottage Cooking and Log Cabin Cooking. 

19. Go for a drive

If the conditions safely allow, go for a scenic drive through the area. Here are some of our favorite scenic drives inਊsheville for every season. 


Assista o vídeo: fajny ślub i wesele (Setembro 2022).