Novas receitas

Alimentos que estimulam o humor (apresentação de slides)

Alimentos que estimulam o humor (apresentação de slides)


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Dicas profissionais: coma peixes gordurosos e mantenha-se positivo

Dando passos positivos

Durante um episódio depressivo, perder o interesse por aquelas coisas que você gostava e sentir-se sem esperança e que a vida não vale a pena ser vivida são muito comuns. É difícil tomar uma atitude positiva quando se sente assim, mas as pessoas tentam o que está ao seu alcance para melhorar seu humor. No entanto, embora gostem de álcool e drogas pode parecer uma maneira garantida de levantar seu ânimo, a longo prazo, eles podem realmente fazer problemas com depressão pior.

Buscar ajuda profissional é essencial quando você tem depressão, especialmente se for mais do que apenas um caso leve, pois medicamentos eficazes e terapias de fala estão disponíveis para ajudar. No entanto, o efeitos benéficos de dieta, exercícios, dormir o suficiente e passar tempo ao ar livre não devem ser subestimados.

Comece com peixes gordurosos

Fazer mudanças é difícil na melhor das hipóteses - ainda mais quando você está deprimido - mas dar pequenos passos um a um pode fazer toda a diferença. Pode ser tão simples quanto incorporar alimentos específicos conhecidos por melhorar o humor em sua dieta em uma base regular. Um ótimo alimento para começar é o peixe oleoso. Embora peixes como salmão, sardinha, cavala, atum fresco, arenque e anchova não cheguem ao seu prato com frequência, é fundamental fazer um esforço para incluir esses peixes ricos em nutrientes em sua dieta pelo menos uma vez por semana. Então, por que esses peixes são bons para o seu humor?

Rico em ácidos graxos ômega-3

Parece que não passa uma semana sem uma história relacionada a esses ácidos graxos essenciais; eles são assim chamados porque nosso corpo não pode produzi-los, por isso é essencial que os obtenhamos de nossa dieta. Eles são conhecidos por proteger o coração e a circulação, mas sua gama de benefícios está crescendo agora.

Os óleos ômega-3 são encontrados em altas concentrações no cérebro, então não é surpresa que precisamos de um suprimento regular. Há evidências de que esses ácidos graxos beneficiam tudo, desde nossa memória e capacidade mental até nosso comportamento, sem falar em como nos sentimos.

Vários estudos demonstraram que aumentar a ingestão de ômega-3 ajuda no manejo da depressão, incluindo tipos específicos, como depressão pós-parto e transtorno bipolar. Embora as diretrizes específicas para a ingestão de ômega-3 para a depressão não tenham sido estabelecidas, no mínimo todos devemos estar seguindo as diretrizes para peixes de 8 onças por semana - isso inclui alguns peixes oleosos. Qualquer pessoa com depressão sem dúvida se beneficiaria com mais, mas incluí-la semanalmente seria um ótimo começo. Se você preferir não comer peixes gordurosos ou não conseguir, o ômega-3 pode ser obtido de suplementos - incluindo aqueles de algas que são adequados para vegetarianos - ou de fontes vegetais, como canola, noz e óleo de linhaça.

Uma fonte de vitamina D

Embora a vitamina D esteja geralmente associada à saúde óssea, esse é outro nutriente que agora tem um papel muito mais amplo. A ligação entre um deficiência desta vitamina e depressão foi estudado, e uma revisão recente das evidências, que foi publicada no início deste ano no British Journal of Psychiatry, demonstrou que há uma associação significativa entre os dois, destacando a necessidade de mais pesquisas sobre se a suplementação a dieta com vitamina D é benéfica para a depressão.

Embora a melhor maneira de atender às suas necessidades de vitamina D seja por meio da ação do sol na pele, em latitudes mais ao norte, isso só é possível entre abril e setembro. Como há poucos alimentos ricos em vitamina D - além de peixes oleosos, apenas gema de ovo, fígado e alimentos fortificados como cereais para o café da manhã, margarina e leite contêm a vitamina - atender às suas necessidades pode ser um problema maior durante o outono e o inverno. Enquanto algumas pessoas - como menores de cinco anos, mulheres grávidas e amamentando, idosos e qualquer pessoa que está presa em casa ou cobrem a pele quando saem - ainda beneficiar de um suplemento para garantir que seus requisitos sejam atendidos, colocar peixes gordurosos em seu menu semanal é um bom passo para o resto de nós.

Um impulso para a ingestão de selênio

Este mineral pode não ser tão bem divulgado, mas o selênio é outro nutriente que pode beneficiar sua saúde mental, e peixes oleosos são uma das melhores fontes. Uma série de estudos sugeriu que os baixos níveis de selênio na dieta são associado à depressão, que pode estar relacionado à sua função como antioxidante, ajudando a proteger as células cerebrais e a manter condições favoráveis. Quando os suplementos de selênio foram tomados, isso se mostrou eficaz na prevenção depressão pós Natal.


7 alimentos para impulsionar seu humor

Sentindo-se triste e mdashor, talvez apenas um pouco blá? Sua dieta pode ser parcialmente culpada. Pesquisas mostram que obter os nutrientes certos ao longo do tempo pode melhorar seu humor, controlar o estresse, aliviar a ansiedade e até ajudar a combater a depressão. Isso é motivo para sorrir.

Fale sobre o que pensar. Pesquisas crescentes mostram que simplesmente fazer mudanças no que você come pode aumentar significativamente o humor e melhorar os sintomas de ansiedade e depressão.

Em um recente estudo clínico conhecido como estudo SMILES, os pesquisadores dividiram quase 70 pessoas - todas com diagnóstico de depressão e todas com dieta pobre - em dois grupos. O primeiro grupo não teve nenhuma forma de terapia, mas mudou para uma dieta saudável, de estilo mediterrâneo, rica em frutas, vegetais, azeite, laticínios com baixo teor de gordura, peixes, ovos, sementes e nozes. O segundo grupo se reunia regularmente com um grupo de apoio e continuou a comer doces, frios processados ​​e salgadinhos.

Depois de três meses, os comedores saudáveis ​​mostraram menos sintomas de depressão do que o segundo grupo. Na verdade, mais de um terço deles nem mesmo preenchiam os critérios para estar deprimido.

Quer ver o que os alimentos certos podem fazer pelo seu humor e saúde mental? Os sete alimentos abaixo demonstraram ajudar a aliviar o estresse, melhorar o humor, aliviar a ansiedade ou ajudar a combater a depressão. Veja a diferença que eles podem fazer para você.

1. Chocolate

Receita retratada: Mug Brownie

Por fim, a ciência confirma o que muitos de nós já sabemos: chocolate faz Fazer você feliz. Em um estudo feito no Nestl & # xE9 Research Center na Suíça, os pesquisadores descobriram que comer um pouco de chocolate amargo (1,4 onças dele, para ser exato) todos os dias durante duas semanas reduziu os níveis de cortisol e outros hormônios do estresse em pessoas que eram altamente estressado. Especialistas dizem que pode ser graças aos antioxidantes encontrados no chocolate amargo. Então vá em frente! Saciar. Apenas certifique-se de levar em conta as mais de 200 calorias naquele saboroso pedaço de chocolate - ou você logo começará a se estressar com os quilos extras.

2. Salmão

Boas notícias para os preocupados: comer salmão regularmente - e cavala, atum, arenque e outros peixes gordurosos - pode ajudar a diminuir a ansiedade, mostram as pesquisas. Os especialistas dizem que é por causa de seus ácidos graxos ômega-3, um nutriente chave para o aumento do humor e que o nosso corpo não produz. Os ômega-3 alteram as substâncias químicas cerebrais relacionadas com a dopamina e a serotonina, especificamente para o humor. Em um estudo randomizado e controlado, estudantes de medicina que tomaram suplementos de ômega-3 antes de um exame reduziram seus sintomas de ansiedade em até 20%.

3. Chá Verde

Receita retratada: Matcha Green Tea Latte

Em um dia ruim, tomar uma xícara de chá pode ser a coisa certa para acalmar seus sentidos, acalmar seus nervos e iluminar um humor negro. Faça aquele chá verde e você poderá colher ainda mais benefícios, dizem os pesquisadores. De acordo com um estudo japonês publicado no American Journal of Clinical Nutrition, Beber de duas a três xícaras de chá verde por dia está relacionado à redução dos sintomas de depressão em idosos. Isso pode ser devido a uma série de nutrientes que aumentam o humor, incluindo L-teanina, um aminoácido que ajuda a combater a ansiedade. O chá verde também tem um pouco de cafeína - o suficiente para me animar quando você estiver se sentindo para baixo, mas não o suficiente para deixá-lo nervoso.

4. Ostras

Claro, ostras têm reputação de afrodisíacos. Mas seus benefícios para melhorar o humor vão muito além do quarto. As ostras são ricas em zinco, um nutriente que ajuda a aliviar a ansiedade. O zinco também ajuda a melhorar a qualidade do sono, essencial para manter o equilíbrio. Bônus: depois que você pegar o jeito, comer ostras pode ser divertido - e um elevador de humor instantâneo por si só.

Não gosta de frutos do mar? Obtenha sua correção de zinco com castanhas de caju, ovos, fígado ou carne bovina.

5. Mirtilos

Receita retratada: Salada de Frutas Roxas

Com mais antioxidantes do que qualquer outra fruta ou vegetal comum, os mirtilos oferecem muitos benefícios para o cérebro. Graças principalmente a um tipo de antioxidante chamado flavonóides, os mirtilos ajudam a regular o humor, melhorar a memória e proteger o cérebro do envelhecimento. E alguns especialistas dizem que podem fazer ainda mais. Um estudo recente com animais sugere que os produtos químicos antiinflamatórios nos mirtilos podem ser úteis no tratamento de PTSD e outros problemas graves de saúde mental.

6. Espinafre e outras folhas verdes

Quase metade de todos os americanos não obtém magnésio suficiente, um mineral que, entre outras coisas, ajuda a reduzir a ansiedade. Verduras de folhas escuras como espinafre e acelga são carregadas com isso - então comê-las é uma maneira fácil de obter seus vegetais diários e melhorar a saúde do seu cérebro também. Mais boas fontes: feijão e lentilha, amêndoas e abacates.

7. Iogurte e outros probióticos

Receita retratada: Tigela de iogurte arco-íris

Atualmente, há muito buzz sobre os alimentos fermentados com probióticos, como iogurte, kimchi e chucrute, que ajudam a manter as bactérias intestinais sob controle. Estudos recentes em animais e humanos sugerem ligações entre bactérias intestinais equilibradas e melhor humor, menos estresse e ansiedade e menor risco de depressão.

Ainda assim, alguns especialistas alertam que é muito cedo para ter certeza. Uma revisão recente de 10 estudos pequenos, mas sólidos, descobriu que comer probióticos para depressão e ansiedade parecia ajudar algumas pessoas, mas não outras. O resultado final? Beber um refrescante smoothie de iogurte de vez em quando não vai prejudicar seu humor - e pode ajudar.


7 alimentos para impulsionar seu humor

Sentindo-se triste e mdashor, talvez apenas um pouco blá? Sua dieta pode ser parcialmente culpada. Pesquisas mostram que obter os nutrientes certos ao longo do tempo pode melhorar seu humor, controlar o estresse, aliviar a ansiedade e até ajudar a combater a depressão. Isso é motivo para sorrir.

Fale sobre o que pensar. Pesquisas crescentes mostram que simplesmente fazer mudanças no que você come pode aumentar significativamente o humor e melhorar os sintomas de ansiedade e depressão.

Em um recente estudo clínico conhecido como estudo SMILES, os pesquisadores dividiram quase 70 pessoas - todas com diagnóstico de depressão e todas com dieta pobre - em dois grupos. O primeiro grupo não teve nenhuma forma de terapia, mas mudou para uma dieta saudável, de estilo mediterrâneo, rica em frutas, vegetais, azeite, laticínios com baixo teor de gordura, peixes, ovos, sementes e nozes. O segundo grupo se reunia regularmente com um grupo de apoio e continuou a comer doces, frios processados ​​e salgadinhos.

Depois de três meses, os comedores saudáveis ​​mostraram menos sintomas de depressão do que o segundo grupo. Na verdade, mais de um terço deles nem mesmo preenchiam os critérios para estar deprimido.

Quer ver o que os alimentos certos podem fazer pelo seu humor e saúde mental? Os sete alimentos abaixo demonstraram ajudar a aliviar o estresse, melhorar o humor, aliviar a ansiedade ou ajudar a combater a depressão. Veja a diferença que eles podem fazer para você.

1. Chocolate

Receita retratada: Mug Brownie

Por fim, a ciência confirma o que muitos de nós já sabemos: chocolate faz Fazer você feliz. Em um estudo feito no Nestl & # xE9 Research Center na Suíça, os pesquisadores descobriram que comer um pouco de chocolate amargo (1,4 onças dele, para ser exato) todos os dias durante duas semanas reduziu os níveis de cortisol e outros hormônios do estresse em pessoas que eram altamente estressado. Especialistas dizem que isso pode ser graças aos antioxidantes encontrados no chocolate amargo. Então vá em frente! Saciar. Apenas certifique-se de levar em conta as mais de 200 calorias naquele saboroso pedaço de chocolate - ou você logo começará a se estressar com os quilos extras.

2. Salmão

Boas notícias para os preocupados: comer salmão regularmente - e cavala, atum, arenque e outros peixes gordurosos - pode ajudar a diminuir a ansiedade, mostram as pesquisas. Os especialistas dizem que é por causa de seus ácidos graxos ômega-3, um nutriente chave para o aumento do humor e que o nosso corpo não produz. Os ômega-3 alteram as substâncias químicas cerebrais relacionadas com a dopamina e a serotonina, especificamente para o humor. Em um estudo randomizado e controlado, estudantes de medicina que tomaram suplementos de ômega-3 antes de um exame reduziram seus sintomas de ansiedade em até 20%.

3. Chá Verde

Receita retratada: Matcha Green Tea Latte

Em um dia ruim, tomar uma xícara de chá pode ser a coisa certa para acalmar seus sentidos, acalmar seus nervos e iluminar um humor negro. Faça aquele chá verde e você poderá colher ainda mais benefícios, dizem os pesquisadores. De acordo com um estudo japonês publicado no American Journal of Clinical Nutrition, Beber de duas a três xícaras de chá verde por dia está relacionado à redução dos sintomas de depressão em idosos. Isso pode ser devido a uma série de nutrientes que aumentam o humor, incluindo L-teanina, um aminoácido que ajuda a combater a ansiedade. O chá verde também tem um pouco de cafeína - o suficiente para me animar quando você estiver se sentindo para baixo, mas não o suficiente para deixá-lo nervoso.

4. Ostras

Claro, ostras têm reputação de afrodisíacos. Mas seus benefícios para melhorar o humor vão muito além do quarto. As ostras são ricas em zinco, um nutriente que ajuda a aliviar a ansiedade. O zinco também ajuda a melhorar a qualidade do sono, essencial para manter o equilíbrio. Bônus: depois que você pegar o jeito, comer ostras pode ser divertido - e um elevador de humor instantâneo por si só.

Não gosta de frutos do mar? Obtenha sua correção de zinco com castanhas de caju, ovos, fígado ou carne bovina.

5. Mirtilos

Receita retratada: Salada de Frutas Roxas

Com mais antioxidantes do que qualquer outra fruta ou vegetal comum, os mirtilos oferecem muitos benefícios para o cérebro. Graças principalmente a um tipo de antioxidante chamado flavonóides, os mirtilos ajudam a regular o humor, melhorar a memória e proteger o cérebro do envelhecimento. E alguns especialistas dizem que podem fazer ainda mais. Um estudo recente com animais sugere que os produtos químicos antiinflamatórios nos mirtilos podem ser úteis no tratamento de PTSD e outros problemas graves de saúde mental.

6. Espinafre e outras folhas verdes

Quase metade de todos os americanos não obtém magnésio suficiente, um mineral que, entre outras coisas, ajuda a reduzir a ansiedade. Verduras de folhas escuras como espinafre e acelga são carregadas com isso - então comê-las é uma maneira fácil de obter seus vegetais diários e melhorar a saúde do seu cérebro também. Mais boas fontes: feijão e lentilha, amêndoas e abacates.

7. Iogurte e outros probióticos

Receita retratada: Tigela de iogurte arco-íris

Atualmente, há muito buzz sobre os alimentos fermentados com probióticos, como iogurte, kimchi e chucrute, que ajudam a manter as bactérias intestinais sob controle. Estudos recentes em animais e humanos sugerem ligações entre bactérias intestinais equilibradas e melhor humor, menos estresse e ansiedade e menor risco de depressão.

Ainda assim, alguns especialistas alertam que é muito cedo para ter certeza. Uma revisão recente de 10 estudos pequenos, mas sólidos, descobriu que comer probióticos para depressão e ansiedade parecia ajudar algumas pessoas, mas não outras. O resultado final? Beber um refrescante smoothie de iogurte de vez em quando não vai prejudicar seu humor - e pode ajudar.


7 alimentos para impulsionar seu humor

Sentindo-se triste e mdashor, talvez apenas um pouco blá? Sua dieta pode ser parcialmente culpada. Pesquisas mostram que obter os nutrientes certos ao longo do tempo pode melhorar seu humor, controlar o estresse, aliviar a ansiedade e até mesmo ajudar a combater a depressão. Isso é motivo para sorrir.

Fale sobre o que pensar. Pesquisas crescentes mostram que simplesmente fazer mudanças no que você come pode aumentar significativamente o humor e melhorar os sintomas de ansiedade e depressão.

Em um estudo clínico recente conhecido como ensaio SMILES, os pesquisadores dividiram quase 70 pessoas - todas com diagnóstico de depressão e todas com dieta pobre - em dois grupos. O primeiro grupo não teve nenhuma forma de terapia, mas mudou para uma dieta saudável, de estilo mediterrâneo, rica em frutas, vegetais, azeite, laticínios com baixo teor de gordura, peixes, ovos, sementes e nozes. O segundo grupo se reunia regularmente com um grupo de apoio e continuou a comer doces, frios processados ​​e salgadinhos.

Depois de três meses, os comedores saudáveis ​​mostraram menos sintomas de depressão do que o segundo grupo. Na verdade, mais de um terço deles nem mesmo preenchiam os critérios para estar deprimido.

Quer ver o que os alimentos certos podem fazer pelo seu humor e saúde mental? Os sete alimentos abaixo demonstraram ajudar a aliviar o estresse, melhorar o humor, aliviar a ansiedade ou ajudar a combater a depressão. Veja a diferença que eles podem fazer para você.

1. Chocolate

Receita retratada: Mug Brownie

Por fim, a ciência confirma o que muitos de nós já sabemos: chocolate faz Fazer você feliz. Em um estudo feito no Nestl & # xE9 Research Center na Suíça, os pesquisadores descobriram que comer um pouco de chocolate amargo (1,4 onças dele, para ser exato) todos os dias durante duas semanas reduziu os níveis de cortisol e outros hormônios do estresse em pessoas que eram altamente estressado. Especialistas dizem que isso pode ser graças aos antioxidantes encontrados no chocolate amargo. Então vá em frente! Saciar. Apenas certifique-se de levar em conta as mais de 200 calorias naquele saboroso pedaço de chocolate - ou você logo começará a se estressar com os quilos extras.

2. Salmão

Boas notícias para os preocupados: comer salmão regularmente - e cavala, atum, arenque e outros peixes gordurosos - pode ajudar a diminuir a ansiedade, mostram as pesquisas. Os especialistas dizem que é por causa de seus ácidos graxos ômega-3, um nutriente chave para o aumento do humor e que o nosso corpo não produz. Os ômega-3 alteram as substâncias químicas cerebrais relacionadas com a dopamina e a serotonina, especificamente para o humor. Em um estudo randomizado e controlado, estudantes de medicina que tomaram suplementos de ômega-3 antes de um exame reduziram seus sintomas de ansiedade em até 20%.

3. Chá Verde

Receita retratada: Matcha Green Tea Latte

Em um dia ruim, tomar uma xícara de chá pode ser a coisa certa para acalmar seus sentidos, acalmar seus nervos e iluminar um humor negro. Faça aquele chá verde e você poderá colher ainda mais benefícios, dizem os pesquisadores. De acordo com um estudo japonês publicado no American Journal of Clinical Nutrition, Beber duas a três xícaras de chá verde por dia está relacionado à redução dos sintomas de depressão em idosos. Isso pode ser devido a uma série de nutrientes que aumentam o humor, incluindo L-teanina, um aminoácido que ajuda a combater a ansiedade. O chá verde também tem um pouco de cafeína - o suficiente para me animar quando você estiver se sentindo para baixo, mas não o suficiente para deixá-lo nervoso.

4. Ostras

Claro, ostras têm reputação de afrodisíacos. Mas seus benefícios para melhorar o humor vão muito além do quarto. As ostras são ricas em zinco, um nutriente que ajuda a aliviar a ansiedade. O zinco também ajuda a melhorar a qualidade do sono, essencial para manter o equilíbrio. Bônus: depois que você pegar o jeito, comer ostras pode ser divertido - e um elevador de humor instantâneo por si só.

Não gosta de frutos do mar? Obtenha sua correção de zinco com castanhas de caju, ovos, fígado ou carne bovina.

5. Mirtilos

Receita retratada: Salada de Frutas Roxas

Com mais antioxidantes do que qualquer outra fruta ou vegetal comum, os mirtilos oferecem muitos benefícios para o cérebro. Graças principalmente a um tipo de antioxidante chamado flavonóides, os mirtilos ajudam a regular o humor, melhorar a memória e proteger o cérebro do envelhecimento. E alguns especialistas dizem que podem fazer ainda mais. Um estudo recente com animais sugere que os produtos químicos antiinflamatórios nos mirtilos podem ser úteis no tratamento de PTSD e outros problemas graves de saúde mental.

6. Espinafre e outras folhas verdes

Quase metade de todos os americanos não obtém magnésio suficiente, um mineral que, entre outras coisas, ajuda a reduzir a ansiedade. Folhas verdes escuras como espinafre e acelga são carregadas com isso - então comê-las é uma maneira fácil de obter seus vegetais diários e melhorar a saúde do seu cérebro também. Mais boas fontes: feijão e lentilha, amêndoas e abacates.

7. Iogurte e outros probióticos

Receita retratada: Tigela de iogurte arco-íris

Atualmente, há muito buzz sobre os alimentos fermentados com probióticos, como iogurte, kimchi e chucrute, que ajudam a manter as bactérias intestinais sob controle. Estudos recentes em animais e humanos sugerem ligações entre bactérias intestinais equilibradas e melhor humor, menos estresse e ansiedade e menor risco de depressão.

Ainda assim, alguns especialistas alertam que é muito cedo para ter certeza. Uma revisão recente de 10 estudos pequenos, mas sólidos, descobriu que comer probióticos para depressão e ansiedade parecia ajudar algumas pessoas, mas não outras. O resultado final? Beber um refrescante smoothie de iogurte de vez em quando não vai prejudicar seu humor - e pode ajudar.


7 alimentos para impulsionar seu humor

Sentindo-se triste e mdashor, talvez apenas um pouco blá? Sua dieta pode ser parcialmente culpada. Pesquisas mostram que obter os nutrientes certos ao longo do tempo pode melhorar seu humor, controlar o estresse, aliviar a ansiedade e até mesmo ajudar a combater a depressão. Isso é motivo para sorrir.

Fale sobre o que pensar. Pesquisas crescentes mostram que simplesmente fazer mudanças no que você come pode aumentar significativamente o humor e melhorar os sintomas de ansiedade e depressão.

Em um recente estudo clínico conhecido como estudo SMILES, os pesquisadores dividiram quase 70 pessoas - todas com diagnóstico de depressão e todas com dieta pobre - em dois grupos. O primeiro grupo não teve nenhuma forma de terapia, mas mudou para uma dieta saudável, de estilo mediterrâneo, rica em frutas, vegetais, azeite, laticínios com baixo teor de gordura, peixes, ovos, sementes e nozes. O segundo grupo se reunia regularmente com um grupo de apoio e continuou a comer doces, frios processados ​​e salgadinhos.

Depois de três meses, os comedores saudáveis ​​mostraram menos sintomas de depressão do que o segundo grupo. Na verdade, mais de um terço deles nem mesmo preenchiam os critérios para estar deprimido.

Quer ver o que os alimentos certos podem fazer pelo seu humor e saúde mental? Os sete alimentos abaixo demonstraram ajudar a aliviar o estresse, melhorar o humor, aliviar a ansiedade ou ajudar a combater a depressão. Veja a diferença que eles podem fazer para você.

1. Chocolate

Receita retratada: Mug Brownie

Por fim, a ciência confirma o que muitos de nós já sabemos: chocolate faz Fazer você feliz. Em um estudo feito no Nestl & # xE9 Research Center na Suíça, os pesquisadores descobriram que comer um pouco de chocolate amargo (1,4 onças dele, para ser exato) todos os dias durante duas semanas reduziu os níveis de cortisol e outros hormônios do estresse em pessoas que eram altamente estressado. Especialistas dizem que isso pode ser graças aos antioxidantes encontrados no chocolate amargo. Então vá em frente! Saciar. Apenas certifique-se de levar em conta as mais de 200 calorias naquele saboroso pedaço de chocolate - ou você logo começará a se estressar com os quilos extras.

2. Salmão

Boas notícias para os preocupados: comer salmão regularmente - e cavala, atum, arenque e outros peixes gordurosos - pode ajudar a diminuir a ansiedade, mostram as pesquisas. Os especialistas dizem que é por causa de seus ácidos graxos ômega-3, um nutriente chave para o aumento do humor e que o nosso corpo não produz. Os ômega-3 alteram as substâncias químicas cerebrais relacionadas com a dopamina e a serotonina, especificamente para o humor. Em um estudo randomizado e controlado, estudantes de medicina que tomaram suplementos de ômega-3 antes de um exame reduziram seus sintomas de ansiedade em até 20%.

3. Chá Verde

Receita retratada: Matcha Green Tea Latte

Em um dia ruim, tomar uma xícara de chá pode ser a coisa certa para acalmar seus sentidos, acalmar seus nervos e iluminar um humor negro. Faça aquele chá verde e você poderá colher ainda mais benefícios, dizem os pesquisadores. De acordo com um estudo japonês publicado no American Journal of Clinical Nutrition, Beber duas a três xícaras de chá verde por dia está relacionado à redução dos sintomas de depressão em idosos. Isso pode ser devido a uma série de nutrientes que aumentam o humor, incluindo L-teanina, um aminoácido que ajuda a combater a ansiedade. O chá verde também tem um pouco de cafeína - o suficiente para me animar quando você estiver se sentindo para baixo, mas não o suficiente para deixá-lo nervoso.

4. Ostras

Claro, ostras têm reputação de afrodisíacos. Mas seus benefícios para melhorar o humor vão muito além do quarto. As ostras são ricas em zinco, um nutriente que ajuda a aliviar a ansiedade. O zinco também ajuda a melhorar a qualidade do sono, essencial para manter o equilíbrio. Bônus: depois que você pegar o jeito, comer ostras pode ser divertido - e um elevador de humor instantâneo por si só.

Não gosta de frutos do mar? Obtenha sua correção de zinco com castanhas de caju, ovos, fígado ou carne bovina.

5. Mirtilos

Receita retratada: Salada de Frutas Roxas

Com mais antioxidantes do que qualquer outra fruta ou vegetal comum, os mirtilos oferecem muitos benefícios para o cérebro. Graças principalmente a um tipo de antioxidante chamado flavonóides, os mirtilos ajudam a regular o humor, melhorar a memória e proteger o cérebro do envelhecimento. E alguns especialistas dizem que podem fazer ainda mais. Um estudo recente com animais sugere que os produtos químicos antiinflamatórios nos mirtilos podem ser úteis no tratamento de PTSD e outros problemas graves de saúde mental.

6. Espinafre e outras folhas verdes

Quase metade de todos os americanos não obtém magnésio suficiente, um mineral que, entre outras coisas, ajuda a reduzir a ansiedade. Folhas verdes escuras como espinafre e acelga são carregadas com isso - então comê-las é uma maneira fácil de obter seus vegetais diários e melhorar a saúde do seu cérebro também. Mais boas fontes: feijão e lentilha, amêndoas e abacates.

7. Iogurte e outros probióticos

Receita retratada: Tigela de iogurte arco-íris

Atualmente, há muito buzz sobre os alimentos fermentados com probióticos, como iogurte, kimchi e chucrute, que ajudam a manter as bactérias intestinais sob controle. Estudos recentes em animais e humanos sugerem ligações entre bactérias intestinais equilibradas e melhor humor, menos estresse e ansiedade e menor risco de depressão.

Ainda assim, alguns especialistas alertam que é muito cedo para ter certeza. Uma revisão recente de 10 estudos pequenos, mas sólidos, descobriu que comer probióticos para depressão e ansiedade parecia ajudar algumas pessoas, mas não outras. O resultado final? Beber um refrescante smoothie de iogurte de vez em quando não vai prejudicar seu humor - e pode ajudar.


7 alimentos para impulsionar seu humor

Sentindo-se triste e mdashor, talvez apenas um pouco blá? Sua dieta pode ser parcialmente culpada. Pesquisas mostram que obter os nutrientes certos ao longo do tempo pode melhorar seu humor, controlar o estresse, aliviar a ansiedade e até mesmo ajudar a combater a depressão. Isso é motivo para sorrir.

Fale sobre o que pensar. Pesquisas crescentes mostram que simplesmente fazer mudanças no que você come pode aumentar significativamente o humor e melhorar os sintomas de ansiedade e depressão.

Em um recente estudo clínico conhecido como estudo SMILES, os pesquisadores dividiram quase 70 pessoas - todas com diagnóstico de depressão e todas com dieta pobre - em dois grupos. O primeiro grupo não teve nenhuma forma de terapia, mas mudou para uma dieta saudável, de estilo mediterrâneo, rica em frutas, vegetais, azeite, laticínios com baixo teor de gordura, peixes, ovos, sementes e nozes. O segundo grupo se reunia regularmente com um grupo de apoio e continuou a comer doces, frios processados ​​e salgadinhos.

Depois de três meses, os comedores saudáveis ​​mostraram menos sintomas de depressão do que o segundo grupo. Na verdade, mais de um terço deles nem mesmo preenchiam os critérios para estar deprimido.

Quer ver o que os alimentos certos podem fazer pelo seu humor e saúde mental? Os sete alimentos abaixo demonstraram ajudar a aliviar o estresse, melhorar o humor, aliviar a ansiedade ou ajudar a combater a depressão. Veja a diferença que eles podem fazer para você.

1. Chocolate

Receita retratada: Mug Brownie

Por fim, a ciência confirma o que muitos de nós já sabemos: chocolate faz Fazer você feliz. Em um estudo feito no Nestl & # xE9 Research Center na Suíça, os pesquisadores descobriram que comer um pouco de chocolate amargo (1,4 onças dele, para ser exato) todos os dias durante duas semanas reduziu os níveis de cortisol e outros hormônios do estresse em pessoas que eram altamente estressado. Especialistas dizem que isso pode ser graças aos antioxidantes encontrados no chocolate amargo. Então vá em frente! Saciar. Apenas certifique-se de levar em conta as mais de 200 calorias naquele saboroso pedaço de chocolate - ou você logo começará a se estressar com os quilos extras.

2. Salmão

Boas notícias para os preocupados: comer salmão regularmente - e cavala, atum, arenque e outros peixes gordurosos - pode ajudar a diminuir a ansiedade, mostram as pesquisas. Os especialistas dizem que é por causa de seus ácidos graxos ômega-3, um nutriente chave para o aumento do humor e que o nosso corpo não produz. Os ômega-3 alteram as substâncias químicas cerebrais relacionadas com a dopamina e a serotonina, especificamente para o humor. Em um estudo randomizado e controlado, estudantes de medicina que tomaram suplementos de ômega-3 antes de um exame reduziram seus sintomas de ansiedade em até 20%.

3. Chá Verde

Receita retratada: Matcha Green Tea Latte

Em um dia ruim, tomar uma xícara de chá pode ser a coisa certa para acalmar seus sentidos, acalmar seus nervos e iluminar um humor negro. Faça aquele chá verde e você poderá colher ainda mais benefícios, dizem os pesquisadores. De acordo com um estudo japonês publicado no American Journal of Clinical Nutrition, Beber duas a três xícaras de chá verde por dia está relacionado à redução dos sintomas de depressão em idosos. Isso pode ser devido a uma série de nutrientes que aumentam o humor, incluindo L-teanina, um aminoácido que ajuda a combater a ansiedade. O chá verde também tem um pouco de cafeína - o suficiente para me animar quando você estiver se sentindo para baixo, mas não o suficiente para deixá-lo nervoso.

4. Ostras

Claro, ostras têm reputação de afrodisíacos. Mas seus benefícios para melhorar o humor vão muito além do quarto. As ostras são ricas em zinco, um nutriente que ajuda a aliviar a ansiedade. O zinco também ajuda a melhorar a qualidade do sono, essencial para manter o equilíbrio. Bônus: depois que você pegar o jeito, comer ostras pode ser divertido - e um elevador de humor instantâneo por si só.

Não gosta de frutos do mar? Obtenha sua correção de zinco com castanhas de caju, ovos, fígado ou carne bovina.

5. Mirtilos

Receita retratada: Salada de Frutas Roxas

Com mais antioxidantes do que qualquer outra fruta ou vegetal comum, os mirtilos oferecem muitos benefícios para o cérebro. Graças principalmente a um tipo de antioxidante chamado flavonóides, os mirtilos ajudam a regular o humor, melhorar a memória e proteger o cérebro do envelhecimento. E alguns especialistas dizem que podem fazer ainda mais. Um estudo recente com animais sugere que os produtos químicos antiinflamatórios nos mirtilos podem ser úteis no tratamento de PTSD e outros problemas graves de saúde mental.

6. Espinafre e outras folhas verdes

Quase metade de todos os americanos não obtém magnésio suficiente, um mineral que, entre outras coisas, ajuda a reduzir a ansiedade. Verduras de folhas escuras como espinafre e acelga são carregadas com isso - então comê-las é uma maneira fácil de obter seus vegetais diários e melhorar a saúde do seu cérebro também. Mais boas fontes: feijão e lentilha, amêndoas e abacates.

7. Iogurte e outros probióticos

Receita retratada: Tigela de iogurte arco-íris

Atualmente, há muito buzz sobre os alimentos fermentados com probióticos, como iogurte, kimchi e chucrute, que ajudam a manter as bactérias intestinais sob controle. Estudos recentes em animais e humanos sugerem ligações entre bactérias intestinais equilibradas e melhor humor, menos estresse e ansiedade e menor risco de depressão.

Ainda assim, alguns especialistas alertam que é muito cedo para ter certeza. Uma revisão recente de 10 estudos pequenos, mas sólidos, descobriu que comer probióticos para depressão e ansiedade parecia ajudar algumas pessoas, mas não outras. O resultado final? Beber um refrescante smoothie de iogurte de vez em quando não vai prejudicar seu humor - e pode ajudar.


7 alimentos para impulsionar seu humor

Sentindo-se triste e mdashor, talvez apenas um pouco blá? Sua dieta pode ser parcialmente culpada. Pesquisas mostram que obter os nutrientes certos ao longo do tempo pode melhorar seu humor, controlar o estresse, aliviar a ansiedade e até mesmo ajudar a combater a depressão. Isso é motivo para sorrir.

Fale sobre o que pensar. Pesquisas crescentes mostram que simplesmente fazer mudanças no que você come pode aumentar significativamente o humor e melhorar os sintomas de ansiedade e depressão.

In a recent clinical study known as the SMILES trial, researchers split nearly 70 people-all diagnosed with depression, and all on poor diets-into two groups. The first group had no form of therapy but switched to a healthy, Mediterranean-style diet rich in fruits, vegetables, olive oil, low-fat dairy, fish, eggs, seeds and nuts. The second group met regularly with a support group and continued to chow down on sweets, processed deli meats and salty snacks.

After three months, the healthy eaters showed fewer symptoms of depression than the second group. In fact, more than a third of them no longer even met the criteria for being depressed.

Want to see what the right foods can do for your mood and mental health? The seven foods below have all been shown to help ease stress, improve mood, relieve anxiety or help fight depression. See what a difference they can make for you.

1. Chocolate

Pictured Recipe: Mug Brownie

Finally, science backs up what many of us already know: chocolate does make you happy. In a study done at the Nestlé Research Center in Switzerland, researchers found that eating a little dark chocolate (1.4 ounces of it, to be exact) every day for two weeks reduced the levels of cortisol and other stress hormones in people who were highly stressed. Experts say it could be thanks to the antioxidants found in dark chocolate. So go ahead! Indulge. Just be sure to account for the 200-plus calories in that tasty chunk of chocolate-or you may soon start stressing over extra pounds.

2. Salmon

Good news for worrywarts: Regularly eating salmon-and mackerel, tuna, herring and other fatty fish-can help lower anxiety, research shows. Experts say it&aposs because of their omega-3 fatty acids, a key mood-boosting nutrient and one our bodies don&apost produce. Omega-3s alter brain chemicals linked with mood-specifically dopamine and serotonin. In one randomized, controlled study, medical students who took omega-3 supplements before an exam reduced their anxiety symptoms by as much as 20 percent.

3. Green Tea

Pictured Recipe: Matcha Green Tea Latte

On a bad day, sipping a cup of tea can be just the thing to soothe your senses, calm your nerves and brighten a dark mood. Make that green tea and you may reap even more benefits, researchers say. According to a Japanese study published in the American Journal of Clinical Nutrition, drinking two to three cups of green tea a day was linked to reduced depression symptoms in elderly people. That may be due to a number of mood-boosting nutrients, including L-theanine, an amino acid that helps fight anxiety. Green tea also has some caffeine-enough for a pick-me-up when you&aposre feeling down, but not enough to give you the jitters.

4. Oysters

Sure, oysters have a reputation as an aphrodisiac. But their mood-boosting benefits go well beyond the bedroom. Oysters are high in zinc, a nutrient that helps ease anxiety. Zinc also helps improve sleep quality, essential for staying on an even keel. Bonus: Once you get the hang of it, eating oysters can be fun-and an instant mood-lifter in itself.

Not into seafood? Get your zinc fix with cashews, eggs, liver or beef.

5. Blueberries

Pictured Recipe: Purple Fruit Salad

With more antioxidants than any other common fruit or vegetable, blueberries deliver a bushel of brain-boosting benefits. Thanks mostly to a type of antioxidant called flavonoids, blueberries help regulate mood, improve memory and protect the brain from aging. And some experts say they may do even more. One recent animal study suggests the anti-inflammatory chemicals in blueberries may be helpful in treating PTSD and other serious mental health problems.

6. Spinach & Other Leafy Greens

Nearly half of all Americans don&apost get enough magnesium, a mineral that, among other things, helps reduce anxiety. Dark leafy greens like spinach and Swiss chard are loaded with it-so eating them is an easy way to get your daily vegetables and boost your brain health, too. More good sources: beans and lentils, almonds and avocados.

7. Yogurt & Other Probiotics

Pictured Recipe: Rainbow Yogurt Bowl

There&aposs lots of buzz these days about probiotics-fermented foods like yogurt, kimchi and sauerkraut that help keep your gut bacteria in check. Recent studies in both animals and humans suggest links between balanced gut bacteria and better mood, less stress and anxiety, and lower risk of depression.

Still, some experts caution that it&aposs too soon to tell for sure. A recent review of 10 small but solid studies found that eating probiotics for depression and anxiety seemed to help some folks, but not others. The bottom line? Slurping a refreshing yogurt smoothie now and then won&apost hurt your moods-and it may help.


7 Foods to Boost Your Mood

Feeling blue&mdashor maybe just a little blah? Your diet could be partly to blame. Research shows getting the right nutrients over time can improve your mood, tame stress, ease anxiety and even help fight depression. Now that's something to smile about.

Talk about food for thought. Growing research shows that simply making changes in what you eat can significantly boost mood and improve symptoms of anxiety and depression.

In a recent clinical study known as the SMILES trial, researchers split nearly 70 people-all diagnosed with depression, and all on poor diets-into two groups. The first group had no form of therapy but switched to a healthy, Mediterranean-style diet rich in fruits, vegetables, olive oil, low-fat dairy, fish, eggs, seeds and nuts. The second group met regularly with a support group and continued to chow down on sweets, processed deli meats and salty snacks.

After three months, the healthy eaters showed fewer symptoms of depression than the second group. In fact, more than a third of them no longer even met the criteria for being depressed.

Want to see what the right foods can do for your mood and mental health? The seven foods below have all been shown to help ease stress, improve mood, relieve anxiety or help fight depression. See what a difference they can make for you.

1. Chocolate

Pictured Recipe: Mug Brownie

Finally, science backs up what many of us already know: chocolate does make you happy. In a study done at the Nestlé Research Center in Switzerland, researchers found that eating a little dark chocolate (1.4 ounces of it, to be exact) every day for two weeks reduced the levels of cortisol and other stress hormones in people who were highly stressed. Experts say it could be thanks to the antioxidants found in dark chocolate. So go ahead! Indulge. Just be sure to account for the 200-plus calories in that tasty chunk of chocolate-or you may soon start stressing over extra pounds.

2. Salmon

Good news for worrywarts: Regularly eating salmon-and mackerel, tuna, herring and other fatty fish-can help lower anxiety, research shows. Experts say it&aposs because of their omega-3 fatty acids, a key mood-boosting nutrient and one our bodies don&apost produce. Omega-3s alter brain chemicals linked with mood-specifically dopamine and serotonin. In one randomized, controlled study, medical students who took omega-3 supplements before an exam reduced their anxiety symptoms by as much as 20 percent.

3. Green Tea

Pictured Recipe: Matcha Green Tea Latte

On a bad day, sipping a cup of tea can be just the thing to soothe your senses, calm your nerves and brighten a dark mood. Make that green tea and you may reap even more benefits, researchers say. According to a Japanese study published in the American Journal of Clinical Nutrition, drinking two to three cups of green tea a day was linked to reduced depression symptoms in elderly people. That may be due to a number of mood-boosting nutrients, including L-theanine, an amino acid that helps fight anxiety. Green tea also has some caffeine-enough for a pick-me-up when you&aposre feeling down, but not enough to give you the jitters.

4. Oysters

Sure, oysters have a reputation as an aphrodisiac. But their mood-boosting benefits go well beyond the bedroom. Oysters are high in zinc, a nutrient that helps ease anxiety. Zinc also helps improve sleep quality, essential for staying on an even keel. Bonus: Once you get the hang of it, eating oysters can be fun-and an instant mood-lifter in itself.

Not into seafood? Get your zinc fix with cashews, eggs, liver or beef.

5. Blueberries

Pictured Recipe: Purple Fruit Salad

With more antioxidants than any other common fruit or vegetable, blueberries deliver a bushel of brain-boosting benefits. Thanks mostly to a type of antioxidant called flavonoids, blueberries help regulate mood, improve memory and protect the brain from aging. And some experts say they may do even more. One recent animal study suggests the anti-inflammatory chemicals in blueberries may be helpful in treating PTSD and other serious mental health problems.

6. Spinach & Other Leafy Greens

Nearly half of all Americans don&apost get enough magnesium, a mineral that, among other things, helps reduce anxiety. Dark leafy greens like spinach and Swiss chard are loaded with it-so eating them is an easy way to get your daily vegetables and boost your brain health, too. More good sources: beans and lentils, almonds and avocados.

7. Yogurt & Other Probiotics

Pictured Recipe: Rainbow Yogurt Bowl

There&aposs lots of buzz these days about probiotics-fermented foods like yogurt, kimchi and sauerkraut that help keep your gut bacteria in check. Recent studies in both animals and humans suggest links between balanced gut bacteria and better mood, less stress and anxiety, and lower risk of depression.

Still, some experts caution that it&aposs too soon to tell for sure. A recent review of 10 small but solid studies found that eating probiotics for depression and anxiety seemed to help some folks, but not others. The bottom line? Slurping a refreshing yogurt smoothie now and then won&apost hurt your moods-and it may help.


7 Foods to Boost Your Mood

Feeling blue&mdashor maybe just a little blah? Your diet could be partly to blame. Research shows getting the right nutrients over time can improve your mood, tame stress, ease anxiety and even help fight depression. Now that's something to smile about.

Talk about food for thought. Growing research shows that simply making changes in what you eat can significantly boost mood and improve symptoms of anxiety and depression.

In a recent clinical study known as the SMILES trial, researchers split nearly 70 people-all diagnosed with depression, and all on poor diets-into two groups. The first group had no form of therapy but switched to a healthy, Mediterranean-style diet rich in fruits, vegetables, olive oil, low-fat dairy, fish, eggs, seeds and nuts. The second group met regularly with a support group and continued to chow down on sweets, processed deli meats and salty snacks.

After three months, the healthy eaters showed fewer symptoms of depression than the second group. In fact, more than a third of them no longer even met the criteria for being depressed.

Want to see what the right foods can do for your mood and mental health? The seven foods below have all been shown to help ease stress, improve mood, relieve anxiety or help fight depression. See what a difference they can make for you.

1. Chocolate

Pictured Recipe: Mug Brownie

Finally, science backs up what many of us already know: chocolate does make you happy. In a study done at the Nestlé Research Center in Switzerland, researchers found that eating a little dark chocolate (1.4 ounces of it, to be exact) every day for two weeks reduced the levels of cortisol and other stress hormones in people who were highly stressed. Experts say it could be thanks to the antioxidants found in dark chocolate. So go ahead! Indulge. Just be sure to account for the 200-plus calories in that tasty chunk of chocolate-or you may soon start stressing over extra pounds.

2. Salmon

Good news for worrywarts: Regularly eating salmon-and mackerel, tuna, herring and other fatty fish-can help lower anxiety, research shows. Experts say it&aposs because of their omega-3 fatty acids, a key mood-boosting nutrient and one our bodies don&apost produce. Omega-3s alter brain chemicals linked with mood-specifically dopamine and serotonin. In one randomized, controlled study, medical students who took omega-3 supplements before an exam reduced their anxiety symptoms by as much as 20 percent.

3. Green Tea

Pictured Recipe: Matcha Green Tea Latte

On a bad day, sipping a cup of tea can be just the thing to soothe your senses, calm your nerves and brighten a dark mood. Make that green tea and you may reap even more benefits, researchers say. According to a Japanese study published in the American Journal of Clinical Nutrition, drinking two to three cups of green tea a day was linked to reduced depression symptoms in elderly people. That may be due to a number of mood-boosting nutrients, including L-theanine, an amino acid that helps fight anxiety. Green tea also has some caffeine-enough for a pick-me-up when you&aposre feeling down, but not enough to give you the jitters.

4. Oysters

Sure, oysters have a reputation as an aphrodisiac. But their mood-boosting benefits go well beyond the bedroom. Oysters are high in zinc, a nutrient that helps ease anxiety. Zinc also helps improve sleep quality, essential for staying on an even keel. Bonus: Once you get the hang of it, eating oysters can be fun-and an instant mood-lifter in itself.

Not into seafood? Get your zinc fix with cashews, eggs, liver or beef.

5. Blueberries

Pictured Recipe: Purple Fruit Salad

With more antioxidants than any other common fruit or vegetable, blueberries deliver a bushel of brain-boosting benefits. Thanks mostly to a type of antioxidant called flavonoids, blueberries help regulate mood, improve memory and protect the brain from aging. And some experts say they may do even more. One recent animal study suggests the anti-inflammatory chemicals in blueberries may be helpful in treating PTSD and other serious mental health problems.

6. Spinach & Other Leafy Greens

Nearly half of all Americans don&apost get enough magnesium, a mineral that, among other things, helps reduce anxiety. Dark leafy greens like spinach and Swiss chard are loaded with it-so eating them is an easy way to get your daily vegetables and boost your brain health, too. More good sources: beans and lentils, almonds and avocados.

7. Yogurt & Other Probiotics

Pictured Recipe: Rainbow Yogurt Bowl

There&aposs lots of buzz these days about probiotics-fermented foods like yogurt, kimchi and sauerkraut that help keep your gut bacteria in check. Recent studies in both animals and humans suggest links between balanced gut bacteria and better mood, less stress and anxiety, and lower risk of depression.

Still, some experts caution that it&aposs too soon to tell for sure. A recent review of 10 small but solid studies found that eating probiotics for depression and anxiety seemed to help some folks, but not others. The bottom line? Slurping a refreshing yogurt smoothie now and then won&apost hurt your moods-and it may help.


7 Foods to Boost Your Mood

Feeling blue&mdashor maybe just a little blah? Your diet could be partly to blame. Research shows getting the right nutrients over time can improve your mood, tame stress, ease anxiety and even help fight depression. Now that's something to smile about.

Talk about food for thought. Growing research shows that simply making changes in what you eat can significantly boost mood and improve symptoms of anxiety and depression.

In a recent clinical study known as the SMILES trial, researchers split nearly 70 people-all diagnosed with depression, and all on poor diets-into two groups. The first group had no form of therapy but switched to a healthy, Mediterranean-style diet rich in fruits, vegetables, olive oil, low-fat dairy, fish, eggs, seeds and nuts. The second group met regularly with a support group and continued to chow down on sweets, processed deli meats and salty snacks.

After three months, the healthy eaters showed fewer symptoms of depression than the second group. In fact, more than a third of them no longer even met the criteria for being depressed.

Want to see what the right foods can do for your mood and mental health? The seven foods below have all been shown to help ease stress, improve mood, relieve anxiety or help fight depression. See what a difference they can make for you.

1. Chocolate

Pictured Recipe: Mug Brownie

Finally, science backs up what many of us already know: chocolate does make you happy. In a study done at the Nestlé Research Center in Switzerland, researchers found that eating a little dark chocolate (1.4 ounces of it, to be exact) every day for two weeks reduced the levels of cortisol and other stress hormones in people who were highly stressed. Experts say it could be thanks to the antioxidants found in dark chocolate. So go ahead! Indulge. Just be sure to account for the 200-plus calories in that tasty chunk of chocolate-or you may soon start stressing over extra pounds.

2. Salmon

Good news for worrywarts: Regularly eating salmon-and mackerel, tuna, herring and other fatty fish-can help lower anxiety, research shows. Experts say it&aposs because of their omega-3 fatty acids, a key mood-boosting nutrient and one our bodies don&apost produce. Omega-3s alter brain chemicals linked with mood-specifically dopamine and serotonin. In one randomized, controlled study, medical students who took omega-3 supplements before an exam reduced their anxiety symptoms by as much as 20 percent.

3. Green Tea

Pictured Recipe: Matcha Green Tea Latte

On a bad day, sipping a cup of tea can be just the thing to soothe your senses, calm your nerves and brighten a dark mood. Make that green tea and you may reap even more benefits, researchers say. According to a Japanese study published in the American Journal of Clinical Nutrition, drinking two to three cups of green tea a day was linked to reduced depression symptoms in elderly people. That may be due to a number of mood-boosting nutrients, including L-theanine, an amino acid that helps fight anxiety. Green tea also has some caffeine-enough for a pick-me-up when you&aposre feeling down, but not enough to give you the jitters.

4. Oysters

Sure, oysters have a reputation as an aphrodisiac. But their mood-boosting benefits go well beyond the bedroom. Oysters are high in zinc, a nutrient that helps ease anxiety. Zinc also helps improve sleep quality, essential for staying on an even keel. Bonus: Once you get the hang of it, eating oysters can be fun-and an instant mood-lifter in itself.

Not into seafood? Get your zinc fix with cashews, eggs, liver or beef.

5. Blueberries

Pictured Recipe: Purple Fruit Salad

With more antioxidants than any other common fruit or vegetable, blueberries deliver a bushel of brain-boosting benefits. Thanks mostly to a type of antioxidant called flavonoids, blueberries help regulate mood, improve memory and protect the brain from aging. And some experts say they may do even more. One recent animal study suggests the anti-inflammatory chemicals in blueberries may be helpful in treating PTSD and other serious mental health problems.

6. Spinach & Other Leafy Greens

Nearly half of all Americans don&apost get enough magnesium, a mineral that, among other things, helps reduce anxiety. Dark leafy greens like spinach and Swiss chard are loaded with it-so eating them is an easy way to get your daily vegetables and boost your brain health, too. More good sources: beans and lentils, almonds and avocados.

7. Yogurt & Other Probiotics

Pictured Recipe: Rainbow Yogurt Bowl

There&aposs lots of buzz these days about probiotics-fermented foods like yogurt, kimchi and sauerkraut that help keep your gut bacteria in check. Recent studies in both animals and humans suggest links between balanced gut bacteria and better mood, less stress and anxiety, and lower risk of depression.

Still, some experts caution that it&aposs too soon to tell for sure. A recent review of 10 small but solid studies found that eating probiotics for depression and anxiety seemed to help some folks, but not others. The bottom line? Slurping a refreshing yogurt smoothie now and then won&apost hurt your moods-and it may help.


7 Foods to Boost Your Mood

Feeling blue&mdashor maybe just a little blah? Your diet could be partly to blame. Research shows getting the right nutrients over time can improve your mood, tame stress, ease anxiety and even help fight depression. Now that's something to smile about.

Talk about food for thought. Growing research shows that simply making changes in what you eat can significantly boost mood and improve symptoms of anxiety and depression.

In a recent clinical study known as the SMILES trial, researchers split nearly 70 people-all diagnosed with depression, and all on poor diets-into two groups. The first group had no form of therapy but switched to a healthy, Mediterranean-style diet rich in fruits, vegetables, olive oil, low-fat dairy, fish, eggs, seeds and nuts. The second group met regularly with a support group and continued to chow down on sweets, processed deli meats and salty snacks.

After three months, the healthy eaters showed fewer symptoms of depression than the second group. In fact, more than a third of them no longer even met the criteria for being depressed.

Want to see what the right foods can do for your mood and mental health? The seven foods below have all been shown to help ease stress, improve mood, relieve anxiety or help fight depression. See what a difference they can make for you.

1. Chocolate

Pictured Recipe: Mug Brownie

Finally, science backs up what many of us already know: chocolate does make you happy. In a study done at the Nestlé Research Center in Switzerland, researchers found that eating a little dark chocolate (1.4 ounces of it, to be exact) every day for two weeks reduced the levels of cortisol and other stress hormones in people who were highly stressed. Experts say it could be thanks to the antioxidants found in dark chocolate. So go ahead! Indulge. Just be sure to account for the 200-plus calories in that tasty chunk of chocolate-or you may soon start stressing over extra pounds.

2. Salmon

Good news for worrywarts: Regularly eating salmon-and mackerel, tuna, herring and other fatty fish-can help lower anxiety, research shows. Experts say it&aposs because of their omega-3 fatty acids, a key mood-boosting nutrient and one our bodies don&apost produce. Omega-3s alter brain chemicals linked with mood-specifically dopamine and serotonin. In one randomized, controlled study, medical students who took omega-3 supplements before an exam reduced their anxiety symptoms by as much as 20 percent.

3. Green Tea

Pictured Recipe: Matcha Green Tea Latte

On a bad day, sipping a cup of tea can be just the thing to soothe your senses, calm your nerves and brighten a dark mood. Make that green tea and you may reap even more benefits, researchers say. According to a Japanese study published in the American Journal of Clinical Nutrition, drinking two to three cups of green tea a day was linked to reduced depression symptoms in elderly people. That may be due to a number of mood-boosting nutrients, including L-theanine, an amino acid that helps fight anxiety. Green tea also has some caffeine-enough for a pick-me-up when you&aposre feeling down, but not enough to give you the jitters.

4. Oysters

Sure, oysters have a reputation as an aphrodisiac. But their mood-boosting benefits go well beyond the bedroom. Oysters are high in zinc, a nutrient that helps ease anxiety. Zinc also helps improve sleep quality, essential for staying on an even keel. Bonus: Once you get the hang of it, eating oysters can be fun-and an instant mood-lifter in itself.

Not into seafood? Get your zinc fix with cashews, eggs, liver or beef.

5. Blueberries

Pictured Recipe: Purple Fruit Salad

With more antioxidants than any other common fruit or vegetable, blueberries deliver a bushel of brain-boosting benefits. Thanks mostly to a type of antioxidant called flavonoids, blueberries help regulate mood, improve memory and protect the brain from aging. And some experts say they may do even more. One recent animal study suggests the anti-inflammatory chemicals in blueberries may be helpful in treating PTSD and other serious mental health problems.

6. Spinach & Other Leafy Greens

Nearly half of all Americans don&apost get enough magnesium, a mineral that, among other things, helps reduce anxiety. Dark leafy greens like spinach and Swiss chard are loaded with it-so eating them is an easy way to get your daily vegetables and boost your brain health, too. More good sources: beans and lentils, almonds and avocados.

7. Yogurt & Other Probiotics

Pictured Recipe: Rainbow Yogurt Bowl

There&aposs lots of buzz these days about probiotics-fermented foods like yogurt, kimchi and sauerkraut that help keep your gut bacteria in check. Recent studies in both animals and humans suggest links between balanced gut bacteria and better mood, less stress and anxiety, and lower risk of depression.

Still, some experts caution that it&aposs too soon to tell for sure. A recent review of 10 small but solid studies found that eating probiotics for depression and anxiety seemed to help some folks, but not others. The bottom line? Slurping a refreshing yogurt smoothie now and then won&apost hurt your moods-and it may help.


Assista o vídeo: Como Jogar Seus Slides, Fotos, Vídeos, Documentos Para o Google DRIVE (Outubro 2022).