Novas receitas

Cozinhando para um: sopa de feijão preto do sudoeste com cobertura crocante de tortilla

Cozinhando para um: sopa de feijão preto do sudoeste com cobertura crocante de tortilla


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Cozinhar para uma pessoa pode ser bastante difícil e, francamente, muito enfadonho. Muitas receitas fazem 4 porções. Para famílias, isso é ótimo, mas se você não gosta de sobras, isso simplesmente não funcionará quando você estiver voando sozinho.

Nossa série Cooking for One concentra-se em combinar alguns ingredientes frescos com alimentos básicos da despensa para 5 noites de jantares divertidos. Esta semana, trabalharemos com estes 7 ingredientes:

  • frango assado
  • arroz integral fervido no saco
  • pimenta chipotle enlatada
  • brócolis
  • tortilhas de milho
  • feijão preto enlatado
  • abacate

Comer de forma saudável ainda deve ser delicioso.

Assine nosso boletim diário para mais artigos excelentes e receitas saborosas e saudáveis.

Sopa de feijão preto do sudoeste com cobertura crocante de tortillaNão estamos usando frango nesta sopa, porque isso colocaria a receita acima de nossos limites de calorias e sódio, mas você pode, se quiser. Uma pimenta chipotle é muito picante, então adicionamos iogurte grego para esfriar. Reduza a quantidade de molho de pimenta e adobo se desejar um aquecimento mais suave.

1 (6 polegadas) tortilla de milho Spray de cozinha 1 colher de chá de óleo de canola 1/4 xícara de pimentão vermelho picado 1/8 xícara de chalota picada 1 colher de chá de molho de adobo 1 chile chipotle 1/4 colher de chá de cominho moído 1/2 colher de chá de alho picado 1 xícara de caldo de galinha sem sal (como Swanson's) 1 / 3 xícara de feijão preto orgânico enlatado sem sal e sem gordura, escorrido e enxaguado 1/2 xícara de 1 lata de tomate picado torrado no fogo sem sal, escorrido Restante de arroz integral fervido no saco (cerca de 1/3 xícara) 2 colheres de chá de suco de limão de sal 1 colher de sopa de coentro picado 1/8 de abacate (cerca de 2 colheres de sopa) 1 rabanete fatiado 1 colher de sopa de iogurte grego ou creme de leite light

1. Coloque a tortilha em uma assadeira; cubra levemente cada lado com spray de cozinha. Grelhe por 3 minutos ou até dourar, virando depois de 2 minutos. Deixe esfriar.

2. Aqueça um pequeno forno holandês ou frigideira em fogo médio-alto. Adicione o óleo à panela; agite para revestir. Adicione o pimentão e os próximos 5 ingredientes (através do alho); cozinhe por 3 minutos ou até que os pimentões estejam crocantes e macios, mexendo ocasionalmente. Adicione caldo, feijão e tomate; leve para ferver. Tampe e cozinhe por 4 minutos, mexendo ocasionalmente. Adicione o arroz. Retire do fogo.

3. Junte o suco e o sal. Corte a tortilha em fatias ou tiras. Despeje a sopa em uma tigela e cubra uniformemente com tortilla, coentro, abacate, rabanete e iogurte. Sirva imediatamente.

Serve 1CALORIAS 418; GORDURA 13g (sat 2g, mono 5,4g, poli 1,8g); PROTEÍNA 16g; CARBOIDRATO 60g; FIBRA 12g; CHOL 3mg; FERRO 4mg; SÓDIO 600mg; CALC 110mg

O resto dos pratos desta semana

Ver mais:


Não sabe como cozinhar taquitos? Aqui estão as instruções de preparo do taquito congelado e o tempo ideal de preparo do taquito para taquitos congelados de El Monterey! Como fazer taquitos no microondas. Coloque três taquitos congelados em um prato adequado para micro-ondas. Defina a temperatura do microondas em alta (1.100 watts). O tempo ideal de cozimento do taquito é de 1 minuto e 15 segundos. Deixe os taquitos cozidos no micro-ondas esfriarem [& hellip]

A receita básica do pamonha pede carne temperada colocada dentro de uma camada de massa de fubá (masa) que é então envolvida em cascas de milho e assada ou cozida no vapor.


Torta de Frango com Frigideira e Tortilla

  • Autor: Pinch of Yum
  • Tempo de preparação: 20 minutos
  • Tempo de cozimento: 1 hora
  • Tempo total: 1 hora e 20 minutos
  • Rendimento: Duas tortas de 9 polegadas (cerca de 12 porções no total) 1 x

Descrição

Esta torta de tortilha de frango com frigideira tem camadas de frango, queijo, molho caseiro de enchilada e tortilhas. Simples, leve e delicioso!

Ingredientes

Para o molho:

  • 2 colheres de sopa de óleo
  • 1 cebola amarela, picada grosseiramente
  • 3 colheres de chá de pimenta em pó
  • 2 colheres de chá de cominho
  • 1 colher de chá de orégano
  • 1 1/2 colher de chá de sal
  • 4 dentes de alho picados grosseiramente
  • 1 1/2 xícaras de caldo de galinha
  • 2 latas de 28 onças de tomates em cubos

Para a Tortilla Pie de Frango:

  • 2 libras Peitos de frango desossados ​​e sem pele
  • 2 colheres de sopa de tempero do sudoeste ou taco
  • 30 tortilhas de milho pequenas
  • 4 xícaras de queijo Mozzarella ralado (Mozz derrete o melhor!)
  • coentro e queijo cotija para cobertura

Instruções

  1. MOLHO: Aqueça o óleo em uma frigideira grande. Adicione a cebola e refogue por 5-10 minutos. Reduza o fogo e adicione a pimenta em pó, cominho, orégano, sal e alho. Frite por 2-3 minutos até ficar bem perfumado, tomando cuidado para não queimar o alho. Adicione o caldo de galinha, o alho e os tomates e cozinhe por 5-10 minutos até que o molho fique bem vermelho. Transfira (metade de cada vez & # 8211 é muito molho) para um liquidificador, bata e reserve. Prove e ajuste o sabor salgado conforme necessário.
  2. FRANGO: Cubra os peitos de frango com o tempero. Aqueça a panela do primeiro passo em fogo médio baixo com um pouco de óleo e adicione o frango. Cozinhe por alguns minutos de cada lado até dourar bem. Cubra com o molho e cozinhe por mais 5-10 minutos para que o frango termine de cozinhar delicadamente no molho. Retire o frango do molho e desfie com dois garfos. Deixou de lado.
  3. MONTAR: Pré-aqueça o forno a 375 graus. Mergulhe cinco tortilhas no molho quente e coloque no fundo de uma frigideira ou assadeira redonda de 23 cm. Adicione uma colher de frango, um punhado de queijo e cerca de 3/4 de xícara de molho. Repita a camada. Termine com mais uma camada de tortilhas, uma colher de molho e queijo. (Agora vá fazer outra! Você deve conseguir fazer duas tortas / frigideiras com esta receita.)
  4. ASSAR: Cubra com papel alumínio borrifado com óleo antiaderente para evitar que grude no queijo. Asse por 20-30 minutos, até que o molho esteja espumante e o queijo esteja perfeitamente pegajoso. Cubra com coentro e Cotija.

Notas

Esta receita é bem leve. Se você quiser aumentar ainda mais, eu adicionaria algumas pimentas chipotle ou jalapeños ao molho.

Eu & # 8217fiz uma versão com pico de gallo em camadas, bem como milho & # 8211 ambos eram deliciosos!

Além disso, se você estiver em apuros e precisar agir rapidamente, substitua o molho por molho de enchilada em lata. Mas vou avisá-lo & # 8211 que fiz dessa forma também, e não é tão bom quanto o molho caseiro.

Palavras-chave: torta de tortilha de frango na frigideira, torta de tortilha de frango, torta de tortilha na frigideira


  • Autor: Cookie e Kate
  • Tempo de preparação: 20 minutos
  • Tempo de cozimento: 40 minutos
  • Tempo Total: 1 hora
  • Rendimento: 4 porções 1 x
  • Categoria: Sopa
  • Método: fogão
  • Cozinha: Mexicana
  • Dieta: Vegetariana

Aqueça-se com uma tigela de sopa de tortilla vegetariana, feita com feijão preto em vez de frango. Esta receita de sopa é tão fresca e satisfatória! A receita rende 4 porções.

Ingredientes

  • 2 pimentas secas suaves * ou 1 a 1 & frac12 colheres de chá de pimenta em pó, a gosto
  • 1 lata (15 onças) de tomates picados ou triturados, assados ​​no fogo, se possível
  • 2 colheres de sopa mais 2 colheres de chá de azeite de oliva extra-virgem
  • 1 cebola grande amarela ou vermelha, picada
  • 1 pimentão vermelho médio, picado
  • & frac14 colher de chá de sal fino, mais a gosto
  • 4 dentes de alho, prensados ​​ou picados
  • 2 colheres de chá de cominho moído
  • 2 latas (15 onças cada) de feijão preto, enxaguado e escorrido, ou 3 xícaras de feijão preto cozido
  • 4 xícaras (32 onças) de caldo de vegetais
  • 4 tortilhas de milho, cortadas em tiras de 2 polegadas de comprimento e fracionadas de 14 polegadas de largura
  • & frac14 xícara de coentro fresco picado, dividido
  • 1 a 2 colheres de sopa de suco de limão, a gosto
  • Pimenta preta moída na hora, a gosto
  • Opções de guarnição: rabanete em fatias finas e grosseiramente picado, abacate maduro em cubos, queijo feta esfarelado ou um fiozinho de creme de leite

Instruções

  1. Se for usar pimenta seca, torrar em uma frigideira seca em fogo médio ou diretamente sobre uma chama a gás com pinça, virando conforme necessário. Torrar até ficar com uma fragrância perfumada e ficar mais escura - isso pode acontecer rapidamente, em apenas um ou dois minutos. Reserve até que os pimentões estejam frios o suficiente para serem manuseados e, em seguida, pique-os grosseiramente, descartando as sementes e o caule. Junte os tomates enlatados (junto com seus sucos) e os pimentões picados no liquidificador e bata até ficar homogêneo. Deixou de lado.
  2. Em um forno holandês médio ou panela de sopa, aqueça 2 colheres de sopa de azeite em fogo médio. Adicione a cebola, o pimentão e o sal. Cozinhe, mexendo ocasionalmente, até a cebola ficar macia e ficar translúcida, cerca de 5 a 7 minutos.
  3. Adicione o alho e o cominho (e pimenta em pó, se usar) e cozinhe até cheirar, cerca de 30 segundos a 1 minuto. Adicione a mistura de tomate e pimenta-malagueta (ou apenas tomates normais, se for o caso do chili em pó) e cozinhe por um minuto, mexendo, para realçar o melhor sabor.
  4. Adicione o feijão e o caldo e misture bem. Aumente a mistura para médio-alto e leve a mistura para ferver, em seguida, reduza o fogo conforme necessário para manter uma fervura suave. Cozinhe por 30 minutos.
  5. Nesse ínterim, pré-aqueça o forno a 400 graus Fahrenheit para fazer as tiras de tortilha crocantes. Forre uma assadeira grande com bordas de papel manteiga para facilitar a limpeza. Na assadeira, misture as tiras de tortilha com as 2 colheres de chá de azeite de oliva restantes e uma pitada de sal até obter uma cobertura leve e uniforme. Asse até que as tiras estejam crocantes e começando a dourar, cerca de 8 a 12 minutos, mexendo na metade. Deixou de lado.
  6. Misture a maior parte do coentro na sopa, reservando um pouco para enfeitar. Junte 1 colher de sopa de suco de limão. Prove a sopa com cuidado e adicione mais sal se os sabores não soarem muito (geralmente adiciono & # 8217s colher de chá de sal). Adicione mais suco de limão se desejar um pouco mais de energia.
  7. Divida a sopa em tigelas. Cubra com tiras de tortilha crocantes, o coentro reservado e quaisquer guarnições adicionais de sua escolha. As sobras conservam-se bem por até 5 dias, reaquecimento porções individuais e cubra com guarnições ao servir. Ou congele porções individuais por vários meses e adicione coberturas após o reaquecimento.

Notas

Receita adaptada da Sopa de Tortilha de Feijão Preto com Batata Doce do meu livro de receitas, Love Real Food.

Torne-o sem glúten: Use tortilhas de milho sem glúten certificadas ou chips de tortilha.

Torne-o livre de laticínios / vegano: Não cubra com queijo ou creme de leite.

Opções de pimenta chili desidratada: Qualquer pimenta suave serve. Escolha entre pimentas pasilla, pimentas ancho, pimentas Anaheim (Califórnia) ou pimentas do Novo México (Chiles del Norte). Eu experimentei esta sopa com pimenta Anaheim e New Mexican chilis e ambos eram bastante suaves.

& # 9656 Informações nutricionais

Por Kathryne Taylor

Entusiasta de vegetais. Amante de cães. Provavelmente estou fazendo uma grande bagunça na minha cozinha de Kansas City agora.
Mais sobre Cookie e Kate »

Nunca perca uma nova receita

Assine nosso boletim informativo por e-mail! Como agradecimento, daremos a você nosso guia de boas-vindas com 5 receitas de jantar para impressão. (É tudo grátis.)


Veja aqui como fazer Enchiladas de Frango Rápidas e Fáceis. Pré-aqueça o forno a 375. Pulverize um prato 13 x 9 com spray de cozinha e coloque os taquitos na panela até que não haja mais espaço. Cubra os taquitos completamente com o molho de enchilada e polvilhe o topo com o queijo ralado. Cubra e leve ao forno por 25 minutos, depois descubra e [& hellip]

Veja como fazer Salsa Tomatillo Assada. Coloque os tomatillos, o jalapeño e o alho em uma assadeira e grelhe por cinco minutos ou até que comecem a escurecer. Vire tudo e leve ao forno por mais cinco minutos. Retire do forno e deixe esfriar. Coloque os ingredientes torrados (incluindo o suco e tudo que estiver preso no [& hellip]


Illinois: sopa de abóbora

De acordo com o estado de Illinois, 95 por cento da safra de abóbora processada nos Estados Unidos é cultivada lá, então é apropriado selecionarmos uma cremosa abóbora sopa para o grande estado. Se estiver usando abóbora fresca, guarde as sementes para uma cobertura torrada e crocante para a sopa.


5 razões para comer mais feijão enlatado e # 038 35+ receitas para experimentar

Você guarda latas de feijão na despensa? Eu faço e eles são um dos itens principais na lista de fundamentos de cozinha que compartilho com meus clientes de coaching de cozinha. Junto com outros ingredientes estáveis ​​no armazenamento, como molho de tomate, grãos inteiros, peixe enlatado, caldo com baixo teor de sódio, ervas e especiarias e óleos e vinagres (apenas para citar alguns!), Feijão enlatado está sempre em minha casa, e para alguns razões realmente boas.

Além de seus inúmeros benefícios nutricionais, o feijão enlatado é uma adição fácil às dietas vegetais e são convenientes, versáteis, de baixo custo, e delicioso. Há uma razão pela qual eles são um ingrediente-chave nas dietas mais populares de hoje, incluindo as dietas mediterrânea, DASH e flexitariana.

Continue lendo para aprender 5 razões pelas quais você deve incluir feijão em lata com mais frequência em sua dieta. Em seguida, comece a cozinhar com mais de 35 receitas saborosas de feijão em lata que você pode fazer em casa.

Razão # 1: feijão enlatado faz bem ao seu corpo

Você provavelmente já ouviu falar que um dos maiores benefícios nutricionais do feijão é que ele é uma excelente fonte de fibra, um nutriente que os americanos não obtêm em quantidade suficiente em suas dietas. Mas aposto que você não sabia que o processo de enlatamento torna a fibra do feijão mais solúvel, o que ajuda a melhorar a digestão. A fibra do feijão também oferece outros benefícios à saúde, incluindo:

  • Controle de açúcar no sangue
  • Perda de peso e manutenção
  • Prevenção de doenças cardíacas
  • Redução da pressão arterial e colesterol total e LDL (esse é o tipo ruim, fyi)

Observação lateral sobre a fibra no feijão: muitas pessoas me dizem que não comem feijão porque ficam com gases depois de comê-lo. É verdade que comer feijão produz gás, e por um bom motivo. O feijão é uma fonte de fibra prebiótica, uma fibra fermentável não digerível que fornece alimento para os probióticos (as bactérias boas) em seu intestino. Portanto, comer feijão é extremamente benéfico para a saúde do seu intestino. Outra coisa a notar é que, embora inicialmente você possa ter gases, se normalmente não comer feijão, estudos mostram esse inchaço e gases vão se dissipar à medida que você come feijão com mais frequência. Então chega de desculpas, ouviu ?!

Além de ajudá-lo a atingir seus objetivos de fibra (25 g / dia para mulheres, 38 g / dia para homens), o feijão também é uma excelente fonte de proteína, o que torna as refeições mais saciantes e ajuda a manter a massa muscular, apoiar a saúde óssea e fornece energia ao longo do dia. O ferro é outro nutriente importante encontrado no feijão, tornando-o um alimento especialmente bom para mulheres grávidas, bebês e pessoas que seguem dietas vegetarianas. E não vamos deixar de lado o alto nível de antioxidantes encontrados no feijão, que podem ajudar a prevenir o câncer e mantê-lo mais saudável.

Razão # 2: você não precisa se preocupar com o sódio

Você pode estar pensando que todos esses benefícios nutricionais do feijão em lata são ótimos, mas os alimentos enlatados não são cheios de sódio? Eu tenho boas notícias para você! Não só existem muitas variedades de feijão enlatado sem sal e com baixo teor de sódio disponíveis nas prateleiras dos supermercados, como também há uma medida simples que você pode tomar em casa para reduzir o sódio nos grãos em lata: escorra e enxágue-os. Um estudo de 2011 no Journal of Culinary Science & amp Technology descobriu que enxaguar os grãos enlatados remove 41% do sódio adicionado. E, a propósito, aqui está um fato interessante para você: o sódio é adicionado ao feijão enlatado principalmente para dar sabor, não preservação!

Se o sódio é uma preocupação para você, lembre-se de que os dados mostram que menos de um por cento do sódio na dieta dos americanos vem de vegetais enlatados. De acordo com a American Heart Association, os maiores culpados quando se trata de ingestão de sódio são pães e pãezinhos, pizza e sanduíches.

Razão # 3: feijão enlatado é um ingrediente chave de uma dieta voltada para plantas

Os feijões enlatados são uma adição conveniente às dietas vegetais e à base de plantas, que continuam a aumentar em popularidade. De acordo com uma pesquisa recente com consumidores da Bean Brand da BUSH, mais de um terço dos americanos dizem que estão tentando comer mais plantas ou já seguem uma dieta baseada em vegetais.

Se você ama carne (como minha família faz), não se preocupe & # 8211 uma dieta baseada em vegetais ou baseada em vegetais não significa que você tem que desistir de todos os alimentos de origem animal. O objetivo é incluir mais plantas em sua dieta, ou seja, frutas, vegetais, grãos e proteínas vegetais. O que é particularmente incrível sobre os feijões enlatados é que eles contam para sua proteína e ingestão de vegetais & # 8211 que é um soco nutricional dois por um!

Uma das minhas maneiras favoritas de servir refeições mais vegetais à minha família é usar feijão enlatado no lugar de alguma proteína animal em uma receita à base de carne. Por exemplo, misturar purê de feijão branco na mistura de peru ao fazer almôndegas ou combinar feijão e carne moída com recheio de chili ou taco.

Razão # 4: Existem possibilidades infinitas com feijão enlatado

Além de usar feijão enlatado para aumentar a proteína vegetal e reduzir o consumo de carne, o feijão é um ingrediente conveniente e versátil que pode aumentar os sabores e texturas nas refeições.

Como você verá no resumo da receita abaixo, há uma variedade de tipos de feijão, incluindo branco / cannellini, marinho, pinto, vermelho / rim, preto, garbanzo / grão de bico, feijão manteiga e muito mais! E são inúmeras as maneiras de usá-los em tudo, desde o café da manhã, almoço e jantar até lanches e sobremesas.

Embora o mesmo possa ser dito sobre o feijão seco, a facilidade de abrir uma lata de feijão sem esforço não pode ser esquecida, especialmente quando muitos de nós estamos mais ocupados do que nunca e cansados ​​de passar tanto tempo na cozinha. (#COVIDLife) Basta abrir uma lata, escorrer e enxaguar, e você está pronto para colocá-los em uso!

Razão # 5: feijão enlatado oferece valor excepcional

Os feijões enlatados não só economizam tempo na cozinha, mas também são uma maneira super econômica de adicionar proteína aos pratos da sua família. Além de custar menos no início, os feijões enlatados também aumentam o orçamento alimentar, uma vez que são estáveis ​​na prateleira e reduzem a deterioração dos alimentos, o que significa menos desperdício de alimentos.

Quer estejamos falando sobre nutrição, meio ambiente, usos culinários ou dinheiro direto, o valor do feijão certamente não pode ser batido. Se você está concordando com a cabeça, então é hora de começar a cozinhar! Continue navegando por mais de 35 receitas de feijão enlatado deliciosas e nutritivas!


Receitas

Na Espanha e na América Latina, as almôndegas são chamadas de Albóndigas, derivado do árabe al-bunduq (significando avelã, ou um pequeno objeto redondo). Os árabes trouxeram uma versão desse prato para a Espanha, que acabou se tornando popular nas cozinhas do México e da América Latina. A hortelã é freqüentemente encontrada em versões mexicanas e adiciona um elemento de luz intrigante ao prato.

As albóndigas mexicanas são comumente servidas em uma sopa com um caldo leve e vegetais ou em um molho vermelho picante para usar como recheio de tacos! Eu amo as duas versões - elas são a definição de comida reconfortante - mas hoje é o início do equinócio de outono, e estou com vontade de combinar a receita mais rica e apimentada com nossas misturas de vinho tinto inspiradas no Cabernet Sauvignon.

Eu li Kitchen Confidential, de Anthony Bourdain, em 2000, e fiquei fascinado. Devorei com gosto todos os seus livros subsequentes e assisti demais a seus programas de TV.

No meu aniversário, em junho passado, durante esta Pandemia de COVID-19, eu reli o Confidencial da Cozinha novamente e adoro isso ainda mais.

Anthony Michael Bourdain foi um famoso chef, escritor, jornalista e documentarista de viagens americano que estrelou programas com foco na exploração da cultura internacional, culinária e condição humana. Ele morreu em junho de 2018.

O Tour A Cook de Anthony Bourdain visitou Napa Valley para filmar um episódio no lendário restaurante French Laundry de Thomas Keller em Yountville, que foi ao ar em 30 de abril de 2002. Eu gostaria de tê-lo conhecido. Sinto falta dele.

Eu tenho uma primeira edição autografada do livro de receitas de apetites de Bourdain e adoro a simplicidade e a decadência de sua receita de ovos cozidos com diferentes coberturas e guarnições - de caviar a picante!

Aqui está a introdução de Anthony Bourdain à sua receita de ovos cozidos. “Eu sou uma vadia do ovo: gosto de ovos cozidos em quase todas as variações concebíveis. Eles melhoram tudo, principalmente uma festa, porque quem não gosta de ovos cozidos? ”

Barbacoa é uma forma de cozinhar carne originada no Caribe com o povo Taíno, de onde deriva o termo “churrasco”.

No México contemporâneo, refere-se a carnes cozidas lentamente com temperos em uma fogueira ou fogueira e, normalmente, desfiadas como recheio de tacos. Nos dias de hoje, o mesmo resultado pode ser alcançado ou cozendo a carne no fogão ou no forno por duas a três horas.

A carne barbacoa pode ser feita com um tipo de carne ou com uma combinação de vários cortes como bochechas de boi, pernil de boi ou costelinha. No entanto, usar apenas bochechas de boi para esta receita de barbacoa e servido com cebolas em conserva viciantes e uma fatia de abacate torna um prato absolutamente delicioso. A preparação é fácil e os resultados são maravilhosos.

Do livro de receitas das Fiestas de Frida, de Guadalupe Rivera e Marie-Pierre Colle
Adaptado por Amelia Morán Ceja

Frida. Artista. Mistério. Magia. México.

Frida era uma entusiasta e cada ocasião era motivo de alegria. Ela comemorou aniversários, dias santos, batizados e todos os feriados populares. Ela tinha pouco dinheiro e freqüentemente gastava o pagamento que recebia por uma pintura em jantares elaborados. Ela se divertiu tanto projetando o menu quanto elaborando a lista de convidados.

Em 2004, Ceja Vineyards e eu fomos convidados a participar da 58ª Exposição Anual de Flores da Macy's San Francisco - Colores de Mexico. Fiz inúmeras demonstrações de culinária e, para o evento grand finale, me pediram para preparar três receitas das Fiestas de Frida e combiná-las com nossos vinhos estelares. A enteada de Frida, Guadalupe Rivera (filha de Diego Rivera) também estava presente e foi um grande sucesso!

Tacos recheados com frango assado, grelhado ou frito são saborosos, e combinados com um vinho rosé seco e crocante ou Pinot Noir, são simplesmente divinos.

Meu marido Pedro Ceja adora tacos de frango e cozinhar com cerveja. Meses atrás, ele assou um frango inteiro esfregado com especiarias e ervas em uma assadeira e assou sentado com uma lata de cerveja inserida em sua cavidade. Estava saboroso, úmido e simplesmente delicioso.

A cerveja cozinha o frango por dentro e o resultado é um frango perfeitamente torrado, suculento e suculento, com pele picante e crocante. Esta é uma receita fácil de ser saboreada frequentemente com a família e amigos, e um ou dois copos dos nossos excepcionais vinhos.

Las Posadas são uma tradição de Natal anual que é celebrada em todo o México de 16 a 24 de dezembro.

Las Posadas significa hospedarias ou alojamentos e a encenação é uma procissão atrás de Maria montada em um jumento e José guiando-a enquanto buscava abrigo em Belém antes do nascimento de seu filho Jesus. Dura nove dias, para significar os nove meses de gravidez.

Os participantes vão de casa em casa (normalmente pré-determinado) e cantam hinos em espanhol, pedindo abrigo. Os eventos noturnos são como um frenesi tentador de nove dias de algumas das melhores cozinhas mexicanas. Quando os viajantes finalmente podem entrar todas as noites, eles se reúnem ao redor do presépio para rezar antes de compartilhar um banquete de pratos tradicionais como tamales, pozole, buñuelos, atole e café de olla.

Uma piñata lindamente decorada, cheia de frutas da estação e doces, vem a seguir, e crianças e adultos se revezam batendo nela até que se quebre e todas as guloseimas se espalhem.

Esta bela tradição mexicana é celebrada por católicos e não católicos, reunindo familiares e amigos para compartilhar a alegria e a boa vontade do feriado.

Quando nossos filhos eram pequenos, hospedamos uma pousada começando na casa de minha sogra mamá Juanita e terminando em nossa casa. Depois, saboreamos deliciosos buñuelos polvilhados com açúcar e canela, ou regados com xarope de piloncillo, ou ainda quente e pegajoso cozido em xarope de piloncillo acompanhado de atole de coco e um ou dois copos de um excelente vinho.

Carne de Puerco con Chile é um guisado saboroso que contém carne de porco, uma variedade de pimentas frescas e secas, tomates, tomatillos ou uma combinação de ambos. Outros temperos incluem alho, cebola, cominho e orégano mexicano.

Carne de Puerco con Chile também pode ser feita com carne bovina, mas prefiro usar carne de porco. Minha avó materna mamá Chepa preparou assim e é um prato muito popular em Los Altos de Jalisco (região serrana de Jalisco) - o lugar onde nasci.

É a comida reconfortante perfeita durante o tempo frio e combinada com uma ou duas taças de nossos vinhos equilibrados, é uma experiência agradável.

Escolhi usar uma combinação de tomates e tomatillos, bem como quatro tipos de pimenta, porque quero criar camadas de sabores complexos e apimentados neste prato; no entanto, uma única variedade pode ser usada e o resultado será igualmente delicioso . Tomatillos podem ser substituídos por todos os tomates, e o tempero neste molho de pimenta pode ser ajustado reduzindo a quantidade de pimentão usado. Os ingredientes sugeridos podem ser facilmente modificados para se adequar ao seu paladar - esta receita é apenas uma orientação - é fácil prepará-la do seu jeito. É o chili perfeito para a temporada de futebol e a estrela das celebrações do Super Bowl.

Carnitas é um delicioso prato da culinária mexicana que literalmente significa “carnes pequenas”. As carnitas são feitas refogando ou cozinhando a carne de porco até ficarem macias em óleo ou banha.

A história dos carnitas remonta ao período colonial e é realmente um momento histórico de fusão culinária.

Os porcos foram primeiro trazidos pelos espanhóis para Cuba e, posteriormente, para o México. Na década de 1520, os espanhóis comiam carne de porco em tacos com tortilhas quentes. No México, era a comida dos colonizadores reforçada pela introdução do milho pelos indígenas.

A comida no México não incluía a fritura como técnica até a chegada dos espanhóis, e a gordura como meio de cozinhar não era conhecida entre os grupos pré-hispânicos. Banha de porco, seguida de sebo e manteiga de rebanhos bovinos e ovinos, e óleos vegetais, incluindo azeite de oliva, foram introduzidos nas Américas, e foi então que a mestiçagem - cruzamento - das cozinhas espanhola e mexicana abraçou a fritura com paixão : tortilhas de milho, para chilaquiles crocantes de feijão frito chiles rellenos capeados e, claro, carnitas - porco crocante.

Pedaços de porco dourados e crocantes, com carne suculenta e tenra por dentro, são mais apreciados cortados - não ralados, aninhados em tortilhas de milho macio com coberturas como cebola picada e coentro, molho, guacamole e um pouco de suco de limão.

Esta é uma versão saborosa de um dos meus recheios de taco favoritos e, o mais importante, é fácil de preparar! É ótimo com misturas de Pinot Noir, Merlot e vinho tinto, dependendo do tipo de salsa servido com os carnitas.

Um brinde ao 500º aniversário da fruição dos carnitas!

Os chilaquiles são um prato tradicional mexicano. Normalmente, tortilhas de milho cortadas em quartos e levemente fritas são a base do prato. Molho ou toupeira verde ou vermelho é derramado sobre os triângulos de tortilha crocantes, chamados totopos. A mistura é fervida até que a tortilha comece a amolecer. Ovos (mexidos ou fritos) e frango puxado às vezes são adicionados à mistura. O prato é coberto com queijo (tipicamente queso fresco) e / ou creme de leite (crema), e é servido com feijão frito.

Como muitos pratos, variações regionais e familiares são bastante comuns. Normalmente, os chilaquiles são consumidos no café da manhã ou no brunch. Isso os torna uma receita popular para usar sobras de tortilhas e molhos. Além disso, os chilaquiles são frequentemente elogiados como uma cura para a ressaca comum porque, no México, acredita-se que os alimentos picantes ajudam no processo de recuperação de uma ressaca. Isso pode ser atribuído à reação do corpo a substâncias químicas liberadas (chiles contém a capsaicina química, um analgésico potente e bem documentado).

Refogar é um método de cozimento combinado que usa calores úmidos e secos: normalmente, o alimento é primeiro refogado ou grelhado em alta temperatura e, em seguida, terminado em uma panela tampada em uma temperatura mais baixa, enquanto parcialmente imerso em algum líquido saboroso como um caldo ou um molho. Este método de cozimento pode ser feito no fogão ou no forno.

A carne birria mexicana (carne assada salgada) é preparada dessa forma e, por muitos anos, substituí as costelas de boi pelos tradicionais cortes de carne normalmente usados ​​na preparação desta receita. Eu adoro usar costelas com ossos porque os ossos adicionam muito mais sabor a este prato.

Além de chiles, cebolas, tomates e caldo de carne, também incorporei vinho a esta receita e é sublime. A carne é macia, rica e suculenta e faz o recheio de taco perfeito, e combinada com uma ou duas taças de nossos deliciosos vinhos Ceja Vineyards, é uma experiência culinária memorável.

Os chiles rellenos são tipicamente feitos com pimentos Poblano recheados com queijo, mergulhados em uma massa de ovo e depois fritos e servidos com molho vermelho.

Eu amo tacos rellenos de chiles, e desenvolvi minha própria receita que exclui a massa de ovo e a fritura. Em vez disso, grelho ou asso os pimentões assim que estiverem recheados, e eles ficam mais saborosos e saudáveis. Um delicioso prato vegetariano!

A tortilha de milho, com muitas variantes, tem sido um alimento básico nas culturas norte-americana e mesoamericana desde os tempos pré-colombianos. É anterior à versão alternativa da farinha de trigo da tortilha (tortilla de harina ou tortilla de trigo) em todas essas culturas, visto que o trigo não era cultivado nas Américas antes do contato com a Europa.

Na época dos astecas, duas ou três tortilhas de milho eram comidas em cada refeição, simples ou mergulhadas em toupeira ou em molho de pimenta malagueta e água. As tortilhas também eram vendidas em mercados astecas cheios de carne de peru, ovos de peru, feijão, mel, abóbora, peras espinhosas e pimenta malagueta.

UMA taquito, Espanhol para "taco pequeno", é um prato mexicano que consiste em uma pequena tortilla de milho enrolada que contém recheio, incluindo carne, frango, feijão, queijo ou vegetais.

A tortilha recheada é então frita ou frita. O prato é geralmente coberto com condimentos como crema mexicano, guacamole e salsas salgadas.

Este prato também é comumente conhecido como flauta, que significa "flauta" em espanhol, quando são maiores do que os taquitos e são feitos com tortilhas de farinha.

A primeira coisa que você precisa para fazer taquitos de frango é frango cozido desfiado. Você pode usar sobras de frango, frango assado, tudo o que você tiver em mãos está bom!

O crustáceo favorito de nossa família é o caranguejo Dungeness e, muitos anos atrás, começamos nossa própria tradição de Ação de Graças.

Temos uma família extensa muito grande e sempre foi um desafio passar o Dia de Ação de Graças visitando várias casas. Então, decidimos oferecer um jantar de Ação de Graças com nossa família imediata em nossa casa e o menu era um banquete de Caranguejo Dungeness! Estava delicioso e nos divertimos muito limpando, quebrando e comendo montes de caranguejo juntos, e não tivemos que sair de casa nem dirigir para lugar nenhum! Mas nossos parentes e amigos descobriram e queriam entrar.

Ao longo dos anos, preparamos até 60 caranguejos Dungeness, dependendo do número de convidados presentes, mas este ano vamos sentir falta de nossa querida família e amigos devido à crise de saúde do coronavírus. Estamos continuando esta tradição alegre com nossa pequena família abrigada no local conosco e será adorável emparelhado com uma ou duas taças de nossos deliciosos vinhos Ceja Vineyards.

A temporada do Dungeness Crab normalmente começa em meados de novembro e é sempre o melhor, recém-chegado do Fisherman’s Wharf em San Francisco. A temporada deste ano do Caranguejo Dungeness não começará até meados de dezembro na Califórnia, mas estamos recebendo alguns do generoso estado de Washington.

Em homenagem à tradição do Dia de Ação de Graças de nossa família, estou compartilhando minha saborosa receita de enchiladas verdes recheadas com doce Dungeness Crab. Feliz semana de acciőn de gracias!

A berinjela é uma espécie de planta da família da beladona e é cultivada em todo o mundo por seus frutos comestíveis.

A fruta esponjosa e absorvente é usada em várias cozinhas ao redor do mundo. Apresenta-se em várias cores, formas e tamanhos absorvendo todos os sabores com que é cozinhado. É normalmente usado como um vegetal, embora seja uma baga por definição botânica e esteja relacionado ao gênero de tomate e batata.

Eu adoro berinjela e a uso em muitas receitas mexicanas, inclusive como cobertura saborosa para tostadas. Tenho acesso a diferentes variedades porque as berinjelas crescem facilmente em nossa região vinícola de clima mediterrâneo no norte da Califórnia. Meu marido Pedro e eu mantemos uma horta orgânica incrível ao redor de nossa casa e gostamos de sua fartura o ano todo.

Elotes, também conhecido como espiga de milho mexicana, são servidos na maioria das esquinas de todas as cidades do México. O milho (milho) é um grão de cereal domesticado pela primeira vez pelos povos indígenas no centro e sul do México há cerca de 10.000 anos.

Este autêntico milho de rua mexicano é envolto em crème fraiche ou Crema mexicano, polvilhado com Cotija (um queijo mexicano seco) e tajín (um condimento popular que consiste principalmente de pimenta malagueta, limão e sal). Uma deliciosa versão vegana também é mostrada no vídeo.

Elotes são super fáceis de fazer e serão a melhor coisa para servir aos seus convidados durante todo o verão.

Enchiladas originated in Mexico thousands of years ago in the Mayan peninsula and central Mexico. They are one of Mexico's most treasured national dishes and popular in Mexican cuisine.

An enchilada is a corn tortilla dipped in a savory chili sauce and stuffed with various fillings such as meats, seafood, legumes, potatoes, vegetables, cheese or a mixture of multiple ingredients. Sauces can also be added to cover the enchiladas like salsa roja, salsa verde or mole.

This is my mother-in-law Juanita's delicious recipe typical from her village Aguililla, in the state of Michoacán. It can be prepped vegan, vegetarian or with animal protein.

The slight sweetness and rich texture of todo pastor -- achiote-marinated meats -- pair beautifully with juicy, fruit-forward red wines, especially Pinot Noirs from California. I love both our Ceja Vineyards Pinot Noirs -- one from Carneros and one from Sonoma Coast. They share the same DNA but exhibit different aromatics and flavors, and they’re both the perfect match for tacos al pastor.

“Al pastor is a delicious bite of sort of sweet, sour, spicy, meaty, fresh, and very bright tastes of Mexico City.” – Gabriela Cámara

Traditionally pork is used to make tacos al pastor but fish is also a delicious alternative. The fish must be firm such as mahi mahi, halibut, sea bass, swordfish or salmon.

I love mahi mahi tacos al pastor because they are bursting with flavor. Thick slices of pan-seared fish are stacked on a corn tortilla and topped with a habanero, pineapple and tomato salsa.

Regardless of the protein used as filling, tacos al pastor have become popular around the world.

What better time than summer to consider the oyster? I reread one of my all-time favorite books, M.F.K. Fisher's masterpiece for the 10th time this weekend when my co-host on Taco Tuesday, Vino y Más, Dalia Ceja who’s currently on maternity leave, agreed to make a cameo appearance on our Ceja Vineyards Facebook Live stream if we highlighted oysters. And of course I said yes because I love oysters raw or lightly grilled paired with our crisp Sauvignon Blanc.

O livro Consider the Oyster is short enough to read in one sitting and it’s about the history, preparation and eating of oysters. It’s filled with anecdotes, recipes and arresting images. Do check it out!

Guava fruit, usually 4 to 12 cm long, are round or oval depending on the species. The outer skin may be rough, often with a bitter taste, or soft and sweet. Varying between species, the skin can be any thickness, is usually green before maturity, but becomes yellow, maroon, or green when ripe.

Guava fruit generally have a pronounced and typical fragrance, similar to lemon rind but less sharp. Guava pulp may be sweet or sour, off-white ("white" guavas) to deep pink ("red" guavas), with the seeds in the central pulp of variable number and hardness, depending on species.

Korean tacos are a Korean-Mexican fusion dish popular in a number of urban areas in the United States and Canada.

Korean tacos originated in Los Angeles as street food, consisting of Korean-style fillings served on top of small Mexican corn tortillas.

Kogi Korean BBQ food truck launched in 2008 and the popularity of this dish is traced to the use of Twitter and YouTube to broadcast information about the truck’s location, schedule, itinerary and menu.

Kogi is not just any food truck. Chef Roy Choi and his partners have gained prominence as the creators of the gourmet Korean-Mexican taco truck movement and there’s no going back.

I agree with writer David Farley when he says, “Picture, if you will, the Korean taco: pork or beef short rib, barbecued in the Korean manner, mixed with butter-sautéed kimchi, chilies and an elixir of soy sauce, garlic and lime, all stacked on a corn tortilla. It’s Mexico City meets Seoul and it’s one of the most transcendent things you’ll ever eat.”

And paired with Ceja Vineyards Cabernet Sauvignon, it’s a sublime experience.

Birria is a delicious Mexican dish from the state of Jalisco and it can be prepared with a variety of meats like goat, lamb, beef, veal or pork. It can be served as a stew or as a taco filling.

In gastronomic terms, the word birria means: “Exquisite savory dish, full of culture and tradition.”

I love this recipe – my maternal grandmother and I prepared it often! The aromas transport me back to her adobe kitchen in Las Flores, Jalisco! It is a tasty and hearty dish ideal for all occasions especially when the weather is cooler.

My favorite wine pairing with birria lamb tacos is a glass or two of Pinot Noir. It’s a delightful culinary experience.

These buttery lobster tacos with a zesty mango salsa and sliced avocado are the perfect combination of savory and delicious freshness. The tangy salsa enhances the sweetness of the lobster meat in this easy to make taco.

With this quick and fast cooking method, it’s the best lobster tail taco recipe for festive holiday celebrations like New Year’s Eve and date nights at home. And paired with a glass or two or our delicious Bella Flor Rosé and Pinot Noir wines, it’s the perfect ending to a challenging 2020!

These easy pork belly tacos, tacos de panza de cerdo, will blow you away. Every bite of this healthy, paleo inspired pork belly taco recipe is filled with juicy meat and chipotle crema. You’re going to fall in love at first bite.

Pork belly is a boneless cut of meat that is not cured, smoked or sliced. It’s super tender and juicy! It comes from the fatty meat from the underside of the pig.

Both pork belly and bacon come from the same part of the pig, the belly. The difference between them is how they are prepared. Bacon is cured and smoked while pork belly isn’t. If you take pork belly and cure it, brine it and smoke it, you’ll end up with bacon!

Pozole is a hearty soup or stew that originated in central Mexico. The main ingredient is hominy - dried purple, white or yellow corn kernels that have been boiled and soaked in slaked lime to remove the hull, and then drained, rinsed, and cooked for about 2 hours.

Pozole also contains garlic and dried chiles and is often made with pork or chicken and is always served with fresh toppings such as cabbage, onion, radishes, cilantro, a pinch of dried Mexican oregano and lime juice.

Pozole is known in Mesoamerica since the pre-Columbian era, and today, this delicious stew is popular across Mexico and neighboring countries and is served both as a daily meal and as a festive dish at celebrations such as Dia de los Muertos, Christmas and New Year.

This recipe was my grandmother mamá Chepa’s favorite and it’s easy to prepare at home using canned hominy for convenience. I love it and crave it as well especially when the weather turns chilly, and served with all the garnishes and small corn tostadas as is done in Jalisco, it’s delightful with our delicious vinos.

Rajas con crema is a taco filling made with fresh roasted Poblano peppers, mild green chiles typically used for chiles rellenos, rajas, crema poblana and other delicious Mexican dishes.

These easy to prepare tasty tacos are loved by vegetarians and meat lovers alike and they’re served throughout Mexico. They’re my personal favorites!

Mexican salsas come in many colors, consistencies and textures. They can be made from so many ingredients but they all have one item in common - chile. Chiles come in many shapes, sizes and colors and they can be fresh or dried with mild heat to super-hot.

There's a salsa for every dish and occasion, and this is my go-to recipe when tomatoes are not in season. It's quick, easy and delicious.

Coctel de Camarones is often called Mexican shrimp cocktail, but it’s nothing like American shrimp cocktail. It’s a very popular Mexican dish especially along the coast, and it’s always a cold tomato-based soup with raw diced vegetables and poached shrimp, sort of like a cross between a Virgin Mary and gazpacho. Refrigerating it allows the flavors to meld.

I love this Puerto Vallarta version of coctel de camarones and every time I prepare it, I’m transported back to the gorgeous ocean views with gentle sea breezes blowing through my hair while enjoying this delectable dish paired with a refreshing glass of our crisp Ceja Vineyards Bella Flor Rosé.

I love gooey cheesy quesadillas filled with other yummy ingredients like carne asada, potatoes with longaniza, veggies, seafood and everything savory. And so does my daughter Dalia Ceja.

When I mentioned we should do quesadillas for our weekly Taco Tuesday, Vino y Mas, Dalia remembered fondly the many times we’ve dined at Taqueria El Infierno when we’ve visited my hubby Pedro Ceja’s dear family in Apatzingan, Michoacan in Mexico.

Dalia’s favorite dish on the menu is always Tacos Vampiro -- Vampire Tacos!

What is a Vampire-Style Taco you asked? It’s a quesadilla and a taco rolled into a quesotaco! It can be made with a corn or flour tortilla and a favorite easy-to-melt cheese. I love to use queso Oaxaqueño or queso Chihuahua but shredded mozzarella cheese is a great substitute.

Today, we’re craving arrachera carne asada (grilled skirt steak) to add to this most satisfying dish, and paired with a glass or two of our Mezcla 54 and Oxomo Bordeaux blends, it’s truly delicious.

Tacos todo pastor (shepherd style) get the name from the original lamb filling and they offer the perfect blend of sweet and spicy deliciousness. They were created in the 1930s in Puebla, Mexico, by Lebanese immigrants who introduced the region to classic shawarma: roast lamb served on a flour tortilla or pita bread (pan árabe). This creation was originally known as tacos árabes, and used meat cooked on a vertical, or upright grill.

Over time marinated pork replaced lamb and the tortilla replaced the pita with pineapple, cilantro, chiles and onions added to the mix.

This is my easy-and-tasty version of this most popular Mexican dish that anyone can prepare at home.

When it comes to food, Mexico has been the birthplace of many delicious and nutritious ingredients that have revolutionized our diet and the culinary world across our planet.

From corn, beans, tomatoes, chiles, squash, sweet potatoes, nopales (cactus), agave, vanilla, and cacao to the beloved avocado, many of the foods we enjoy today come from Mexico’s indigenous people. A variety of the foods we now consider mainstream were feeding and nourishing locals way before the Spanish arrived in the Americas and transported them to other corners of the world.

The origins of beans are widely credited to central Mexico (the area of the modern day states of Jalisco and Durango) and throughout South America. Often, beans were grown with maize (corn) and squash as a farming technique to efficiently maximize the soil, and to minimize soil erosion.

Beans are present in most Mexican meals –– they’re served as a side dish, in soups, used as fillings for tacos and toppings, and more. And though pinto and black beans are the most common types in the United States, in Mexico dried beans come in a pleasing rainbow of flavors, shapes and colors. Many experts believe there are over 200 different edible Mexican bean varieties.

Pale yellow peruano beans are widely used in central Mexico and they were mamá Chepa’s (my maternal grandmother) favorite, although papá Ines (my maternal grandfather) grew many heirloom varieties.

I love peruano beans too and this is one of my preferred recipes, and paired with Cabernet Sauvignon based wines makes for a tasty combination.

Nopal, commonly referred to as prickly pear cactus in English, is a staple in Mexican cuisine.

There are approximately one hundred and fourteen known species native to Mexico. The nopal pads can be eaten raw or cooked, used in marmalades, soups, stews and salads, as well as being used for traditional medicine.

Nopales are generally sold fresh in Mexico, cleaned of thorns, and sliced to the customer's desire on the spot. They can also be found canned or bottled as nopalitos. Cut into slices or diced into cubes, nopales have a light, slightly tart flavor, like green beans, and a crisp texture, making them easy to use in a variety of recipes.

Beef tongue is often seasoned with onion and other spices and then placed in a pot to simmer for a few hours. After it is cooked the skin is removed. From this point many tasty recipes are prepared in countries all over the world.

Lengua is widely used in Mexican cuisine as well as in many French, Italian, Spanish, Russian, German, Polish, Portuguese, Romanian, Turkish, Persian, Japanese, Indonesian, Chinese, Filipino, Indian, South African, Argentinian, Brazilian, Uruguayan and Nicaraguan dishes. Eu amo isso. It is melt-in-your-mouth tender and flavorful.

Beef tongue may be found at local Asian markets, Mexican markets, or ordered by your local butcher.

In the late 1980s when my children were young, our family hosted an exchange student from Spain and her name was Rosa Nieto. She was 14 years old and she was born and raised in Madrid. She spoke five languages well when we first met her in 1989, and she now speaks seven and works at the Spanish embassy in Oslo, Norway.

In the mid 1990s, my daughter Dalia and I visited Rosa and her family in Madrid, and we cooked authentic Spanish food daily. One of my favorite dishes is Tortilla de Patatas (Spanish Omelet) because it’s savory and it can be enjoyed for breakfast, lunch or dinner.

I always like to add my own touch, and I’ve added one Serrano pepper to give it a slightly spicy component. Often, I also add Mexican longaniza (sausage) and asparagus. This dish can also be prepared with any type of potatoes.

What do you do with leftover turkey? Fácil! Prep taquitos and serve them with creme fraiche and a favorite salsa. These taquitos are addicting and once you have one, it’s hard to stop. They’re the perfect finger food -- tasty, crunchy and ohhhh so good!

A taquito, Spanish for "small taco,” is a Mexican dish that consists of a small rolled-up corn tortilla that contains filling, including beef, chicken, turkey, beans, cheese or vegetables.

The filled tortilla is then crisp-fried or deep-fried. The dish is often topped with condiments such as Mexican crema, guacamole and savory salsas.

The first thing you’ll need to make turkey taquitos is cooked shredded turkey. You can use leftover Thanksgiving turkey, rotisserie chicken, whatever you have on hand is great.


35 Healthy Slow-Cooker Soups That'll Make Weeknight Dinners So Simple

From tomato soup to beef stew, these tasty recipes are packed with nutrition and flavor.

There's nothing better than pot of hot, creamy soup, especially after you've been trekking through windy, chilly weather to get home. Instead of buying the canned stuff, which is generally loaded with sodium, gather up your favorite seasonal veggies and combine them in your slow-cooker before heading off for the day. Homemade soup isn't just caminho healthier&mdashit's also more delicious, and because you're cooking in bulk, you're bound to have leftovers for tomorrow's lunch or dinner. These simple, comforting slow-cooker soup recipes will keep you warm and satisfied plus, get more healthy cold-weather recipes while you're looking for inspiration!


Southwestern Sweet Potato Black Bean Chili

If there&rsquos one thing that I never tire of during the fall and winter seasons, it&rsquos chili. There&rsquos nothing like coming inside from raking the leaves or even playing in the snow, to a big pot of chili simmering on the stove, am I right?! Okay, maybe a mug of hot cocoa would be nice too. But today, we&rsquore talking about the chili! Thank you BUSH&rsquos slow-simmered chili beans and Hunt&rsquos vine ripened tomatoes for sponsoring this post!

There are so many different ways to make chili (beef, turkey, chicken, white chili, vegetarian chili, beans, no beans, you name it), and it&rsquos such an easy and satisfying meal, that I just love finding new ways to create it. Especially with a big batch of cornbread or corn muffins!

For my latest batch of chili, I decided to do a vegetarian chili with a southwestern flare. While I love a batch of traditional meaty chili, I was craving something that was just packed with veggies. This chili is exactly that!

It starts with onions and red bell pepper. You could definitely use green, orange, or yellow, I just happen to love the red bell peppers. Then there are FOUR cups of sweet potatoes. Like I said, this chili is definitely not lacking in the veggie department.

Lastly, I added two of the most important ingredients &ndash the beans and tomatoes! I used BUSH&rsquoS Black Chili Beans, which are absolutely perfect for this recipe because they are filled with lots of delicious chili spices, and Hunt&rsquos diced vine-ripened tomatoes because, well, they&rsquore the best!

While I made this soup on the stovetop, it could definitely be made in the slow cooker. Just throw all of the ingredients in your slow cooker and let it cook all day long!

Of course, the toppings on chili are also crucial. I topped ours with plain yogurt, though you could use sour cream, cheddar cheese, green onions, and diced avocado, which all complemented the flavors of the chili perfectly.

I served this chili with a batch of homemade cornbread muffins, which I thought went perfectly with the chili. Sometimes I&rsquom a fan of tortilla or corn chips in my chili, and I think they would go great here too. Just go with whatever you&rsquore feeling!


Motivo do bloqueio: O acesso de sua área foi temporariamente limitado por razões de segurança.
Tempo: Wed, 16 Jun 2021 0:56:02 GMT

Sobre Wordfence

Wordfence é um plugin de segurança instalado em mais de 3 milhões de sites WordPress. O proprietário deste site está usando o Wordfence para gerenciar o acesso ao site.

Você também pode ler a documentação para aprender sobre as ferramentas de bloqueio do Wordfence e # 039s ou visitar wordfence.com para saber mais sobre o Wordfence.

Generated by Wordfence at Wed, 16 Jun 2021 0:56:02 GMT.
Horário do seu computador:.


Assista o vídeo: sopa de feijão (Dezembro 2022).