Novas receitas

5 pratos que você deve evitar (e os 5 que deve pedir) em restaurantes tailandeses

5 pratos que você deve evitar (e os 5 que deve pedir) em restaurantes tailandeses


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

É muito fácil se deixar levar pelo estilo de comida de rua compartilhável do sudeste da Ásia, encontrado em muitos pratos tailandeses, mas controle-se e lembre-se dessas dicas na próxima vez que se sentar para uma refeição tailandesa.

A comida tailandesa é muito empolgante - existem todos os estilos de alimentos exclusivos preparados nas cozinhas tailandesas, e você pode desfrutar de entradas fritas deliciosas, guisados ​​de peixe com curry, pratos de macarrão de arroz texturizado, saladas de mamão verde com molhos picantes ou até panquecas de banana como um doce final.

Os menus tailandeses geralmente destacam muitas influências regionais diferentes e opções infinitas para você e seu grupo saborearem. Como você sabe exatamente quais pratos são autenticamente agradáveis ​​e valem o seu tempo, e quais pratos são armadilhas calóricas que não são ofertas genuínas para uma verdadeira refeição tailandesa?

Lutando para cozinhar de forma saudável? Nós vamos ajudá-lo a se preparar.

Inscreva-se no nosso novo boletim informativo semanal, ThePrep, para inspiração e apoio para todas as suas dificuldades com o plano de refeições.

Embora não haja uma resposta perfeita e todos os restaurantes tailandeses simplesmente nunca possam ser agrupados, use seu bom senso e os seguintes conselhos para realmente restringir o que vale seu tempo e dinheiro.

5 pratos para pular:

1) Rolinhos primavera

Isso não quer dizer que não existam adaptações mais autênticas e incríveis dessa guloseima frita, muitas vezes americanizada. Mas, na maioria das vezes, os rolinhos primavera podem ser variedades congeladas preparadas que o chef nunca tocou ou completamente indiferentes ao rolinho de ovo chinês americanizado. Podemos levar um pouco de calor para isso, mas se você estiver realmente interessado em um rolinho primavera autêntico sem correr o risco de comer variações congeladas preparadas em massa, então faça nossa versão fresca em casa.

2) Arroz Frito

O arroz frito tailandês pode ser um ótimo prato e, se bem feito, pode apresentar sabores que você dificilmente encontraria em qualquer outro lugar. Mas isso não significa que você está completamente livre dos lugares que simplesmente servem versões rebaixadas e insuportavelmente oleosas de opções de comida para viagem que você poderia encontrar em qualquer restaurante asiático de serviço rápido. Dado que existem tantos pratos distintos e complexos que podem ser encontrados em uma mesa de jantar tailandesa, opte por outros pratos - e se você está realmente morrendo de vontade de arroz frito do sudeste asiático, você pode fazer esta versão adequada para a cintura em sua própria cozinha.

3) Bêbado qualquer coisa

Macarrão bêbado pode ter um gosto incrível, mas acho que é seguro dizer que este não é o prato preferido para quem está em Bangkok, especialmente quando você pensa nos muitos outros pratos à base de macarrão que são estrelas nos menus tailandeses. Saia da sua zona de conforto e experimente um novo macarrão ou prato de arroz e não procure a variedade de macarrão bêbado em seu estabelecimento tailandês. Isso é definitivamente algo que você pode fazer em casa, em vez de pedir vergonhosamente em qualquer restaurante tailandês requintado.

4) Frito Com Queijo

Não se engane em acreditar que o queijo cremoso frito wonton que você mergulha em um molho de pimenta tailandês doce e pegajoso vale o seu tempo em um restaurante tailandês. Há uma série de entradas compartilháveis ​​influenciadas pelas ruas que realmente transformarão sua refeição, e wontons fritos não fazem parte desse pacote.

5) Sorvete Frito

Este prato não é apenas incrivelmente exagerado, mas o conceito de sorvete frito com tempura se origina do Japão - não da Tailândia. Seria ainda melhor ter as iterações de mochi congelado ou chá de boba provavelmente disponíveis em restaurantes tailandeses de serviço rápido, mas se estiver jantando em um restaurante tailandês de luxo, há muitas outras sobremesas tailandesas autênticas para você comer. escolha isso.

5 pratos para pedir:

1) Rolos de Verão / Rolinhos Frescos

Os pãezinhos de verão são recheados de vegetais frescos em juliana escaldados e um desfile de ervas aromáticas como hortelã, manjericão tailandês e coentro. Este aperitivo apetitoso é um contraste gritante com outras variedades fritas do rolinho primavera mais forte, mas o embrulho de macarrão de arroz crocante é um veículo perfeito para proteínas como o camarão.

2) Massaman Curry

Esta variação particular de curry tailandês normalmente agrega amendoim e leite de coco, que adicionam uma textura distinta ao prato enquanto acentua as notas de sabor mais doce. É cremoso e ultra satisfatório quando você coloca este curry com arroz ou mesmo com batatas.

3) Pla Rad Prik (pargo frito)

O pargo assado encorpado é muitas vezes um prato preferido para muitos em um restaurante do sudeste asiático, mas a oferta clássica de peixe tailandês é definitivamente Pla Rad Prik, que consiste em um peixe frito inteiro (sim, cabeça e tudo). Diferentes restaurantes podem optar por esteios como tucunaré ou garoupa, mas se você tiver escolha, opte pelo pargo. Este peixe é banhado em um molho picante tradicional doce, azedo e picante e é recheado com iguarias intrincadas.

4) Sopa Tom Yum

Há muitos guisados ​​e sopas de curry para escolher no menu tailandês, mas a sopa tom yum se destaca por ser carregada com sabores derivados de limão, pimenta, uma galanga à base de gengibre e capim-limão. Se você adicionar frango ou camarão à sopa, é uma maneira limpa de saborear uma entrada encorpada para que você não exagere ao pedir a entrada principal.

5) Pad Thai

Sim, você pode se surpreender ao descobrir que o Pad Thai é um prato que você simplesmente deve ter - especialmente se você estiver em uma experiência tailandesa requintada. Alguns restaurantes infelizmente decidem omitir muitos ingredientes básicos tailandeses do prato clássico Pad Thai - rabanete em conserva, broto de feijão, camarão seco, amendoim, alho e cebolinha. Se você encontrar uma representação verdadeira deste delicioso macarrão (pontos extras se a refeição for preparada com macarrão de vidro de aletria), é um must-have. Não se desespere se o prato for autenticamente servido dentro de uma caixa tipo crepe feita de ovo frito, e mergulhe nos condimentos tailandeses que sempre são servidos com este prato favorito.


19 piores refeições em restaurantes com alto teor de sódio, de acordo com nutricionistas

Curiosamente, o sódio é um mineral essencial para a vida. Ajuda a regular o equilíbrio de fluidos do nosso corpo e certas funções musculares. Mas, só porque é essencial para nossos corpos, não significa que devemos comê-lo livremente.

A American Heart Association (AHA) não recomenda mais do que 2.300 miligramas por dia, o que equivale a cerca de uma colher de chá de sal. Se você sempre prepara sua própria comida, isso não deve ser motivo de preocupação, mas se você tende a comer muito fora, preste atenção a este aviso: a comida do restaurante tem muito excesso de sódio. O sódio realça o sabor de qualquer prato insosso, e alguns dos alimentos mais salgados que existem, como pães, pizzas, carnes e sopas, são alimentos básicos.

Mas isso não significa que você tenha que desistir de jantar fora, simplesmente significa que você deve estar mais ciente do que está pedindo. Peça molhos à parte, peça vegetais frescos sempre que puder e certifique-se de especificar como deseja que sua comida seja preparada e sem adição de sal.

Frango à parmegiana não é o prato mais saudável, mas se você comer fora apenas de vez em quando, é uma indulgência que vale a pena. No entanto, esta refeição saborosa embala um soco salgado, com quase 3.000 miligramas de sódio por pedido. & ldquoO queijo é muito rico em sódio, por isso os pratos com queijo, como frango Parm, são ricos em sódio & rdquo explica a nutricionista registrada Lisa DeFazio, MS, RD. & ldquoSo, se você quiser menos sódio, evite o queijo. & rdquo

Informação nutricional: 1.060 calorias, 52 g de gordura (14 g de gordura saturada), 2.980 mg de sódio, 83 g de carboidrato (7 g de fibra, 16 g de açúcar), 63 g de proteína

Aperitivos com muitos molhos e molhos tendem a explodir com sódio. Esta combinação de aperitivos é definitivamente uma vencedora com mais de 6.000 miligramas de sódio. Obviamente, os aperitivos são feitos para serem compartilhados, portanto, não termine este prato sozinho. A combinação clássica inclui asas desossadas em molho barbecue, molho de espinafre e alcachofra, quesadillas de frango e palitos de mussarela. & ldquoO queijo é definitivamente o culpado aqui & rdquo DeFazio explica. Ao pedir pratos de aperitivo, peça curativos à parte para ajudar a limitar a ingestão de sódio.

Informação nutricional: 2.260 calorias, 129 g de gordura (42 g de gordura saturada), 6.160 mg de sódio, 191 g de carboidrato (13 g de fibra, 14 g de açúcar), 84 g de proteína

Este é o exemplo perfeito de um prato saudável transformado em bomba de sódio principalmente devido ao molho para salada. A salada em si é uma mistura saudável de verduras e, embora o molho para churrasco do frango possa aumentar o teor geral de sal, ela não é o principal culpado. & ldquoQuando você come em restaurantes, até as opções saudáveis ​​têm alto teor de sódio, porque os restaurantes querem que a comida seja saborosa e as pessoas querem comida que tenha um gosto bom quando fora comer fora & rdquo DeFazio acrescenta.

Informação nutricional: 920 calorias, 48 ​​g de gordura (13 g de gordura saturada), 2.420 mg de sódio, 73 g de carboidrato (12 g de fibra, 24 g de açúcar), 55 g de proteína

Para uma omelete conter tanto sódio, é provável que ela esteja sendo cozida com muito sal extra. Mesmo com os ingredientes aparentemente saudáveis, como vegetais assados ​​e presunto, há muito sal neste prato para que ele não contenha quantidades adicionais. Monica Auslander Moreno, MS, RD, LD / N, consultora de nutrição da RSP Nutrition, concorda.

& ldquoA omelete tradicional com ovos e vegetais teria muito pouco sódio, então é provável que cozinhe os vegetais no sal. Além disso, a adição de presunto, que é extremamente salgado, é o prego no caixão ”, explica ela. Moreno também diz que o lado das batatas fritas também está provavelmente aumentando o enorme teor de sódio do prato. A recomendação dela, & ldquoIr para uma omelete feita com um par de gemas e as outras claras, adicione alguns vegetais de sua escolha (eles provavelmente vão cozinhá-los com muito sal de qualquer maneira, cuidado) e escolha um lado da fruta (sem sal!). & rdquo

Informação nutricional: 990 calorias, 64 g de gordura (18 g de gordura saturada), 3.030 mg de sódio, 54 g de carboidrato (3 g de fibra, 7 g de açúcar), 47 g de proteína

Embora este clássico Chick-fil-A contenha menos do que a quantidade permitida de sal por dia, você ainda não quer comer algo com tanto sódio de uma vez.

& ldquoEsta é uma maneira 'clássica' de ganhar a boca seca após esta refeição com o golpe do sal & rdquo Moreno brinca. & ldquoO pão pode contribuir com um pouco de sal, mas provavelmente você está aproveitando ao máximo o empanamento temperado do frango, do queijo e dos picles. Talvez também da manteiga do 'pão com manteiga', se estiverem usando manteiga com sal ”, explica ela.

Moreno também destaca que as batatas fritas são as principais culpadas. Para uma alternativa mais saudável, ela recomenda ir para a opção de frango grelhado. "Vá para um sanduíche de frango grelhado, descarte o queijo, dobre os vegetais para obter um pouco de potássio e pule os picles se estiver cuidando do sal", diz ela.

Informação nutricional: 440 calorias, 19 g de gordura (4 g de gordura saturada), 1.350 mg de sódio, 40 g de carboidrato (2 g de fibra, 5 g de açúcar), 28 g de proteína

Quando se trata de pratos de massa com molho, Moreno alerta para o cansaço. “Suspeito que o pecador de sódio aqui esteja no molho”, diz ela. & ldquoA pasta não contém sódio, mas aposto que adiciona sal à água ao cozinhar. O molho fettuccini deve ser manteiga, alho e queijo parmesão, mas eles provavelmente usam manteiga salgada, sal de alho e um queijo parmesão muito salgado.

Então, como você pode evitar essa avalanche de sódio? Moreno recomenda comer menos. & ldquoEste é um tamanho de porção enorme que também está contribuindo para o golpe do sal. Uma porção mais sensata de uma xícara de fettuccini Alfredo, mesmo com o molho adulterado, pode ter um teor de sal muito mais decente. & Rdquo Divida com alguns amigos e peça algo com proteína e vegetais como prato principal.

Informação nutricional: 1.990 calorias, 135 g de gordura (81 g de gordura saturada), 2.660 mg de sódio, 143 g de carboidratos (9 g de fibra, 11 g de açúcar), 52 g de proteína

De acordo com Frances Largeman-Roth, RDN, especialista em nutrição e bem-estar e autora de Comer em Cores, este prato contém sódio forte por apenas 200 calorias.

"Como este prato tem apenas 200 calorias, você provavelmente não ficará satisfeito, então provavelmente terá algo mais para comer, o que pode tornar sua ingestão total de sódio ainda maior", explica ela. Muitos restaurantes usam caldo de carne como caldo em vez de caldo de galinha feito na hora. Largeman-Roth diz que o caldo fornece um sabor intenso de frango, mas traz uma tonelada de sódio com ele e mdashMSG incluído.

Informação nutricional: 200 calorias, 5 g de gordura (1,5 g de gordura saturada), 3.740 mg de sódio, 22 g de carboidrato (5 g de fibra, 4 g de açúcar), 16 g de proteína

Os molhos Alfredo são sempre ricos em sódio devido ao seu teor de queijo e manteiga com sal. Largeman-Roth também aponta que o camarão no prato também pode contribuir para a quantidade total de sódio. "O camarão tem algum sódio que ocorre naturalmente, mas nada perto do total final", diz ela. & ldquoSe você realmente quer este prato, divida-o com um amigo e pergunte se ele pode ficar mais leve no molho. & rdquo

Informação nutricional: 1.520 calorias, 99 g de gordura (61 g de gordura saturada), 3.710 mg de sódio, 101 g de carboidratos (18 g de fibra, 6 g de açúcar), 58 g de proteína

Este é um bom prato para dividir com algumas pessoas. Além do enorme teor de sódio, que Largeman-Roth diz que deve vir da mistura seca, ninguém precisa se sentar e comer quase 99 gramas de proteína de uma vez.

& ldquoSeu corpo só pode metabolizar cerca de 30 gramas de cada vez, então divida isso com os amigos & rdquo, explica ela. & ldquoEste é um ótimo exemplo de algo que poderia ser muito mais saudável em casa & mdashrealmente tudo é mais saudável quando você faz em casa. & rdquo

Informação nutricional: 1.480 calorias, 107 g de gordura (41 g de gordura saturada), 5.120 mg de sódio, 30 g de carboidrato (3 g de fibra, 24 g de açúcar), 99 g de proteína

& ldquoOs principais suspeitos de sódio nesta refeição têm de ser o molho apimentado da receita e o queijo azul que fica por cima & rdquo Largeman-Roth explica.

Ela sugere compartilhar este prato com uma multidão também para limitar a quantidade total de sódio que você obtém. Largeman-Roth também recomenda carregar frutas e vegetais antes e depois de uma refeição como esta. & ldquoO potássio dos produtos hortifrutigranjeiros ajuda a compensar o sódio dos alimentos, ajudando a manter o equilíbrio do corpo. & rdquo Mas a coisa mais importante a se perceber é que & ldquothese alimentos são desperdícios, não combustível diário & rdquo Largeman-Roth compartilha.

Informação nutricional: 1.970 calorias, 129 g de gordura (23 g de gordura saturada), 4.770 mg de sódio, 143 g de carboidratos (13 g de fibra, 19 g de açúcar), 61 g de proteína

Este é um daqueles pratos que deveriam ser comidos mais como uma guloseima do que uma refeição diária. Muito do sódio aqui vem da crosta da torta, do molho de natas e, provavelmente, da mistura de frango também. & ldquoVocê é melhor comprar peru fatiado e saladas no Boston Market & rdquo explica Felicia Stoler, nutricionista nutricionista registrada e autora de Living Skinny in Fat Genes. & ldquoEmbora a maioria dos lados do Boston Market também contenha uma boa quantidade de sódio. & rdquo

Informação nutricional: 750 calorias, 42 g de gordura (19 g de gordura saturada), 1.780 mg de sódio, 64 g de carboidratos (3 g de fibra, 10 g de açúcar), 28 g de proteína

Isso é sobrecarga de sódio. Do queijo às batatas fritas e à carne, se você está planejando se entregar a esta bomba de sódio, certifique-se de comer saudável pelo resto do dia. Você também pode experimentar um item mais saudável. Stoler recomenda o filé mignon. & ldquoComa-o com um lado de batata assada & mdashplain ou doce & mdash com as coberturas ao lado. & rdquo Stoler também adverte contra adicionar ketchup às batatas fritas. & ldquoIsso só aumentará a sobrecarga de sódio! & rdquo

Informação nutricional: 2.000 calorias, 125 g de gordura (67 g de gordura saturada), 3.260 mg de sódio, 135 g de carboidrato (9 g de fibra, 5 g de açúcar), 82 g de proteína

"O bacon e o queijo têm altos níveis de sódio antes de se misturarem ao macarrão com molho", diz Stoler. Se você está morrendo por essa indulgência cremosa, divida com um amigo para que você coma mais como acompanhamento. Stoler ressalta que a Panera também tem muitas opções mais saudáveis, então você encontrará outras opções se estiver procurando por algo com menos sódio.

Informação nutricional: 1.090 calorias, 72 g de gordura (39 g de gordura saturada), 2.660 mg de sódio, 67 g de carboidrato (2 g de fibra, 16 g de açúcar), 44 g de proteína

Esta é uma tonelada de comida e, de acordo com Wendy Bazilian, DrPH, RDN e autora do Coma limpo, fique magro série, provavelmente demais para uma pessoa ter tudo de uma vez.

Além disso, adicione todo aquele sódio, e isso é apenas uma doença cardíaca esperando para acontecer. & ldquoO bife é certamente cozido com adição de sal, a lagosta & mdashque por si só não é particularmente rica em sódio & mdash encontrará seu sódio no molho beurre blanc que é generosamente adicionado. O buerre blanc em si não é notoriamente rico em sal em uma receita tradicional, mas como o volume deste prato é muito alto, o sódio também é ”, explica Bazilian. Em vez disso, peça lagosta cozida no vapor em vez de assada na manteiga e uma batata assada em vez de purê.

Informação nutricional: 1.440 calorias, 105 g de gordura (61 g de gordura saturada), 3.650 mg de sódio, 35 g de carboidrato (5 g de fibra, 5 g de açúcar), 88 g de proteína

Os hambúrgueres Shake Shack por si só não têm quantidades terríveis de sódio, mas quando combinados com queijo, bacon defumado e todo aquele molho, você acaba comendo muito mais do que a quantidade designada. Bazilian recomenda aliviar as coberturas adicionadas e pedir um único hambúrguer. & ldquoSele as batatas fritas também. Isso adiciona muito sódio extra ”, diz ela. & ldquoE mantenha seus hambúrgueres simples. & rdquo

Informação nutricional: 870 calorias, 57 g de gordura (24 g de gordura saturada), 3.030 mg de sódio, 28 g de carboidrato (0 g de fibra, 7 g de açúcar), 58 g de proteína

Pad Thai com camarão não soa como uma bomba de sódio total, mas se você pedir em um restaurante, é provável que esteja bem carregado.

Segundo Bazilian, o molho Pad Thai é definitivamente o principal culpado. & ldquoQuando você pedir algo assim, peça o molho Pad Thai ao lado. Em seguida, regue um pouco, talvez um quarto da porção para cortar o sódio no parque de bolas de 1.000-1.100 miligramas para todo o prato ”, diz ela. & ldquoVocê também não precisa comer tudo em uma porção, isso o ajudará a economizar na ingestão de sódio também. & rdquo

Informação nutricional: 970 calorias, 18 g de gordura (2,5 g de gordura saturada), 4.780 mg de sódio, 161 g de carboidrato (6 g de fibra, 64 g de açúcar), 40 g de proteína

Pizza é um alimento com alto teor de sódio por causa do pão, queijo e molho, então você não quer comer muito mais do que uma ou duas fatias. & ldquoCom esta torta, em particular, você deve multiplicar seus números de sódio adicionando todas as coberturas: pepperoni, três queijos e assim por diante, & rdquo explica Bonnie Taub-Dix, RDN, criador de BetterThanDieting.com, autor de Leia antes de comer - levando você do rótulo à mesa.

& ldquoA melhor opção é comer uma fatia com muitos vegetais adicionados. Pelo menos você & rsquore comer algo, como produtos, que & rsquos podem fazer seu coração feliz. & rdquo

Informação nutricional: 3.860 calorias, 191 g de gordura (81 g de gordura saturada), 10.510 mg de sódio, 332 g de carboidrato (23 g de fibra, 39 g de açúcar), 199 g de proteína

& ldquoA palavra-chave para se concentrar aqui é & lsquoshare! & rsquo & rdquo diz Taub-Dix. Um grande pedido de pepitas de pipoca como este pode ser dividido com os amigos ou guardado para as sobras. Taub-Dix também recomenda lados saudáveis ​​para manter o consumo de calorias e sódio baixo. & ldquoSides como salada de repolho, milho ou salada ajudam a manter as calorias e o sódio o mais baixo possível, enquanto você desfruta da crocância deste frango. & rdquo

Informação nutricional: 620 calorias, 39 g de gordura (5 g de gordura saturada), 1.820 mg de sódio, 39 g de carboidrato (2 g de fibra, 0 g de açúcar), 27 g de proteína

Esta refeição tem sódio suficiente para mais de um dia, então não se sinta mal se não terminar tudo de uma vez. & ldquoI & rsquom feliz em ver cinco gramas de fibra, mas fora isso & mdash esta refeição é uma bomba calórica total & rdquo Taub-Dix compartilha. & ldquoI sugeriria comer isso com uma salada de legumes e abacate. & rdquo Taub-Dix também recomenda sempre verificar o site do restaurante & rsquos para obter todas as calorias e informações nutricionais. & ldquoIsso ajudará você a escolher os melhores pratos. & rdquo

Informação nutricional: 1.120 calorias, 71 g de gordura (36 g de gordura saturada), 3.050 mg de sódio, 59 g de carboidrato (5 g de fibra, 5 g de açúcar), 57 g de proteína


Tom Yum Goong (sopa de camarão picante)

Esta tigela icônica de produtos fumegantes é ousada, aromática e vem com um toque picante bastante forte. Tom Yum Goong é criado com ingredientes tailandeses por excelência, como capim-limão, pimenta, galanga, folhas de limão kaffier, chalotas, suco de limão fresco e bastante molho de peixe. Camarões e cogumelos frescos são adicionados e creme de coco se quiser a versão cremosa.


Panang Curry — Phanaeng

Kidsada Manchinda / Getty Images

Chamado de curry phanaeng na Tailândia, este prato pode ser o mais popular dos curries tailandeses e é conhecido por seu sabor ligeiramente mais doce e salgado. A pasta de curry é geralmente feita com amendoim, sal, pasta de camarão, chalota, pimenta, galanga, capim-limão, alho, raspas de limão kaffir, sementes de cominho e raízes e sementes de coentro, que dão ao prato seu sabor único.

Panang curry é um tipo de curry vermelho e é normalmente servido com carne (phanaeng de carne) ou frango (panang gai), embora você também possa obtê-lo com vegetais ou tofu. Ao fazer o pedido, lembre-se de especificar o nível de tempero, embora este prato não seja geralmente tão picante.


Os pratos de comida tailandesa mais saudáveis ​​para lutadores

Com centenas (ou mais) de pratos locais na Tailândia, há obviamente outros pratos de comida saudável a serem encontrados, especialmente se você for a algum canto remoto de uma vila e encontrar alguns pratos rurais únicos. Mas todos os alimentos listados nesta lista são todos pratos tailandeses bastante conhecidos que você pode encontrar em qualquer lugar da Tailândia na maioria dos restaurantes em todo o país. Então, por favor, não me pregue na parede porque algum prato que você experimentou enquanto participava de um acampamento de meditação em uma parte rural da Tailândia não estava na lista!

Quer comer comida tailandesa mais saudável? Confira nossos 10 melhores pratos de comida de rua Paleo na Tailândia

Esses pratos são bons para quem procura:

  • alto teor de proteína, baixo / moderado em carboidratos
  • vegetais / saladas frescas
  • Refeições de baixa caloria
  • lanches saudáveis
  • baixo teor de sódio, baixo teor de açúcar
  • sem MSG

Pessoas que se beneficiariam em comer os alimentos da lista a seguir:

  • lutadores treinando na Tailândia
  • pessoas tentando perder peso
  • aqueles em dietas paleo / ceto / baixo teor de carboidratos
  • quem quer comida natural e não processada

Como pedir NÃO MSG na sua ALIMENTAÇÃO

Frase Tailandesa: Mai Sai Pong Shu Rot (pronuncia-se: My Sigh Pong Shoe Rote)

Esta frase significa literalmente No Put MSG. Você descobrirá que até mesmo alguns dos pratos tailandeses mais saudáveis, como o Som Tam, farão com que os cozinheiros os carreguem com MSG. Dizendo esta frase ao cozinheiro, eles evitarão contaminar sua comida com lixo rico em sódio. Às vezes, eles tentarão adicioná-lo quando você não estiver procurando, mas esta é sua melhor aposta para obter a comida mais saudável possível.

1. Khao Man Gai (frango e arroz)

Custo: 30-60 baht

Encontre em: Barracas de rua e restaurantes locais

(PROTEÍNA MODERADA, CARBOS PESADOS, CALORIAS MODERADAS)

O que é isso: frango e arroz, basicamente (‘’ Khao Man Gai ’’ significa literalmente ‘’ frango gordo de arroz ’’ em tailandês). Você obtém cerca de metade (ou 1/3, dependendo) de um peito de frango cortado e colocado em cima de uma porção de arroz com uma pequena tigela de sopa ao lado e um prato de vegetais estilo tailandês.

Por que você deve comer: esta é uma das opções de alimentação mais saudáveis ​​e baratas da Tailândia que você pode encontrar entre os vendedores ambulantes de comida. É o produto básico de muitos tailandeses devido ao custo barato e à combinação de carboidratos + proteínas. Se houvesse alguma dieta de lutador & # 8221grupo & # 8221, provavelmente seria esta. Muitos dos tailandeses Nak Muay (boxeadores tailandeses) comem isso no almoço ou no jantar. A proteína ajuda na reparação muscular, enquanto os carboidratos o abastecem durante os longos exercícios cardiovasculares.

Khao Man Gai tem a maior proporção de proteína para carboidratos entre qualquer comida de rua que você provavelmente encontrará em um único prato & # 8220 tudo em um & # 8221. E por um preço que varia de 30-60 baht (1-2 dólares), é difícil superar esse preço. Pessoalmente, posso me safar com um, mas com porções duplas de frango e um ovo adicionado à mistura. Veja bem, se você está morrendo de fome, provavelmente pode fazer dois desses. Ou três. Eu conhecia um cara com quem eu costumava treinar que literalmente derrubava 4 desses para o almoço! Veja bem, esse é um cara que, em jantares em grupo com pessoas da minha academia de Muay Thai, depois de comer uma pizza inteira ele mesmo, pedia por todos os restos de crosta de pizza de todos.

Agora, se você está comparando os aspectos de '' saúde '' neste prato para dizer algo que encontraria em um restaurante totalmente vegano em casa, bem, você pode ficar um pouco decepcionado. Mas você vai ter que relaxar um pouco em suas exigências, visto que você está NA TAILÂNDIA. E pelo amor de Deus, # 8217s, 1-2 dólares!

No geral, se você está na Tailândia, com um orçamento limitado e quer algo saudável com proteína, Kao Man Gai é um bom retorno para o seu investimento e bastante saudável para inicializar, se você não está tentando comer baixo teor de carboidratos aqui.

Dica de alimentação local: atente para a qualidade variável da carne, dependendo do lugar onde você faz o pedido. Alguns restaurantes / barracas incluem pele de frango na carne, enquanto alguns não oferecem carne de peito de frango magra, enquanto outros optam por carne de coxa mais barata e mais gorda. Tente pegar o peito de frango e faça com que retirem a pele do peito.

O arroz incluído com a carne também tem gordura de frango misturada, de modo que não tem tão baixa caloria quanto você imagina e se você derramar o molho que vem com o prato (Khao Man Gai sempre inclui molho especial para derramar) sobre o arroz e frango, você adiciona ainda mais calorias ao prato & # 8212, portanto, pule o molho se estiver preocupado com isso.

A sopa (como 99% das sopas na Tailândia) provavelmente contém MSG também.

Se você quiser aumentar a proporção de proteína magra para carboidratos, pode solicitar porções duplas ou triplas de frango - geralmente é 10 baht a mais por porção de frango. Se você quiser ainda mais proteína, pode pedir um ovo frito ou dois por cima (basta dizer “kai dao” que significa ovo frito). Geralmente há duas opções para o frango & # 8212 peito / coxas de frango frito ou não frito. Vá com o não frito.

Informação nutricional: cerca de 350 calorias para a sopa + arroz + frango com 20 - 25 gramas de proteína. Se você tiver muito arroz e dobrar as porções de carne, poderá aumentar em torno de 500 calorias e 40 gramas de proteína.

2. Gai Yang (MarinadoFrango Tailandês Grelhado)

Custo: 40-100 baht

Encontre em: Barracas de rua e restaurantes locais

(PROTEÍNA PESADA, LUZ DE CARBONETO, CALORIAS MODERADAS)

Se você vagar entre as barracas de rua, pode dar de cara com frango de barraca sendo grelhado em tambores de óleo cortados. Ignorando o fato de que grelhar alimentos no carvão é provavelmente cancerígeno, esta é uma das opções de alimentos mais saudáveis ​​na Tailândia.

Pelo que eu vi (e eu vi muitas opções de comida tailandesa, depois de três anos morando aqui), este é o melhor que você vai fazer na Tailândia para uma refeição com alto teor de proteína e baixo teor de carboidratos.

O que é isso: a versão tailandesa de frango de churrasco grelhado. O frango é geralmente regado / marinado com uma espécie de molho salgado / doce (isso depende inteiramente da barraca de rua) e vem com um pouco de molho açucarado de laranja doce tailandês para mergulhá-lo.

Por que você deve comê-lo: geralmente você pode pegar uma coxa + coxa, meio frango ou apenas o peito de frango inteiro. Desnecessário dizer que você está obtendo uma boa quantidade de proteína aqui - algo em torno de 30 gramas a incríveis 100 gramas se você escolher a opção de meio frango. Costumo optar pelo peito de frango grelhado, que é a opção mais saudável, mas também não tão saborosa quanto os cortes de carne mais gordurosos. Se precisar adicionar alguns carboidratos, você pode pedir um pouco de arroz pegajoso (10 baht) ou uma salada de mamão (30-50 baht).

Dica de alimentação local: para a opção mais saudável opte pelo peito de frango, caso tenha na barraca. Alguns lugares podem ter apenas uma combinação de coxa + coxa, enquanto outras barracas podem ter uma metade inteira ou um frango inteiro disponível.

O frango vai naturalmente com outra coisa como acompanhamento. Escolha uma salada de mamão ou uma opção com baixo teor de carboidratos se precisar de mais do que apenas proteína. Ou se você não se importa com alguns carboidratos, pode adicionar um pouco de arroz pegajoso, que geralmente é vendido por 10 baht (30 centavos) no mesmo lugar. Evite mergulhar o frango no molho doce que está incluído se você puder, muitas vezes desnecessário, pois o frango já tem sabor.

Informação nutricional: frango + coxa, cerca de 350 calorias com 30-40 gramas de proteína. Metade de frango, cerca de 500 calorias com cerca de 100 gramas de proteína. Mama dupla com cerca de 500 calorias e 50-60 gramas de proteína

3. Satay Gai (Espetos de Frango Assados ​​/ Marinados com Molho de Amendoim)

Custo: 10-15 baht por espeto.

Encontre em: Barracas de rua e restaurantes locais

(PROTEÍNA PESADA, LUZ DE CARBONETO, CALORIAS MODERADAS)

O que é isso: tiras finas de peito de frango no espeto e na grelha. Satay Gai é um prato tailandês popular e pode ser encontrado em quase todos os restaurantes tailandeses e em muitos vendedores de comida de rua locais (tailandeses) (qualquer mercado noturno de tamanho decente aqui na Tailândia os terá).

Existem dois tipos de espetinhos que você encontra na rua: espetos de frango e espetos de porco. Estamos optando pela opção de frango aqui, porque geralmente é carne de peito de frango magra, enquanto as versões de porco são muito gordurosas, mais calóricas e ricas em gordura, embora um pouco mais baratas.

Por que você deve comer: Provavelmente, a fonte mais magra de proteína que você encontrará SE o espeto for carne de peito de frango (às vezes, barracas mais baratas vendem espetos feitos de coxas de frango ou não de peito).

Às vezes, o frango é muito fino, então você precisa comê-los em grande quantidade, mas eles são tão deliciosos que não vai ser um problema.

Ao contrário do frango para churrasco mencionado acima (Kai Yang), Os Satay Gai não ficam excessivamente saturados com molhos doces antes de serem grelhados, o que os torna um pouco mais saudáveis ​​do que Kai Yang. Embora às vezes estejam cobertos de molho, às vezes não. A maior parte do tempero virá do molho calórico de amendoim incluído nos espetos.

Dica de alimentação local: Você provavelmente precisará comer, dependendo de quão magros eles são, 4-6 destes para obter seus 30-50 gramas de proteína. Pense em satay gai como sua fonte de proteína para uma refeição, mas não a refeição completa em si - você vai precisar comer outra coisa além de apenas alguns satay gai para saciá-lo!

Normalmente peço meia dúzia desses para obter minha ingestão de proteínas para uma refeição, depois um prato de arroz ou salada de mamão para os carboidratos. Se puder, evite o molho de amendoim tailandês que é carregado com açúcar e gorduras.

Informação nutricional: depende do tamanho. Cada espeto tem provavelmente cerca de 70-80 calorias e 7-10 gramas de proteína.

4. Pla Nueng Manao (Peixe escalfado com limão)

Encontre em: Restaurantes

Custo: 120-200 baht (dependente do tamanho do peixe)

(PROTEÍNA PESADA, LUZ DE CARBONETO, CALORIAS MODERADAS)

O que é isso: um peixe inteiro cozido no vapor com molho de limão. Às vezes, o peixe é fervido neste molho de limão e às vezes é escaldado.

Por que você deve comê-lo: peixe escalfado é uma ótima fonte de proteína magra. The fish comes with a nice lemony sauce which is low on calories (it’s not a thick sauce, more like a thin, soup) and it’s usually spicy so you get that metabolic kick from the chili’s. It’s great on its own or on top of some steamed rice.

Eating Tip: this dish can be big or small, depending on the size of the fish. You usually put the fish and the sauce over rice, otherwise, you end up eating this dish as a sort of thin fish stew. This dish is often big enough for multiple people, fish size depending.

5. Som Tam ส้มตำไทย (Papaya Salad)

Cost: 30-40 baht

Find it at: Street Stalls and Restaurants

(PROTEIN LIGHT, CARB LIGHT, LOW CALORIES)

One of the more famous Thai dishes, Som Tam is actually pretty healthy.

O que é isso: freshly sliced papayas mixed with fish sauce, Thai chilies, and a number of other spices. The standard som tam includes shredded green papaya, tomatoes, string beans, dried shrimp, garlic, and chillies. It may or may not come with shrimps and fish sauce. There are a number of different versions of this salad and every restaurant might have their own house take on it the Som Tam Thai version is covered in a nice, piquant sauce consisting of fish sauce, cane sugar, lime juice and tamarind juice.

Why you should eat it: because there’s a lot of good stuff in the ingredients. As Thai food goes, it’s one of the healthier options in Thailand. This is one of my go-to sources for fiber intake when I’m in Thailand. Green papayas are a good source of fiber, vitamin C, A, magnesium. This dish is also low in fat. and the Thai chili adds a nice kick to your metabolism as well.

Overall, it’s low calorie, low carb, high in fiber and vitamin C and has a decent amount of protein for a salad (includes tiny little-dried shrimps). And it’s cheap!

Local Eating Tip: You are going to need more than a papaya salad to fill up. I personally use this as my veggie intake for a meal. It’s great when combined with some lean protein (BBQ chicken for example). And you could consider it low carb as well. Some versions of Som Tam are swimming in fish sauce and other version barely have any sauce at all — so don’t eat at one place and assume all the Som Tam’s are the same! I personally prefer the lighter version that has less sauce.

If you want hot, ask for Pet. If you want really hot, ask for Pet Pet. Warning, these dishes can be almost unbearably spicy if the Thai food vendor takes you up on your challenge. Be warned!

Nutritional Information: about 200 calories and 7 grams of protein.

6. Yam Mamuang (Green Mango Salad)

Find it at: Local Restaurants

Cost: 40-60 baht

(PROTEIN LIGHT, CARB LIGHT, LOW CALORIES)

What it Is: My personal favorite. It’s similar to Som Tam, but instead of shredded papaya, it includes sour green mangoes which is offset by salty fish sauce and a hint of lemon. Sometimes it includes pieces of cashews. It’s a fresh-tasting salad that’s a nice change over the Som Tam.

Why You Should Eat It: Same benefits and nutritional profile as the papaya salad, but different taste. As they like to say in Thailand, same same but different! Personally, I find it a bit more fresh tasting with the green mango, lemony taste, and the sweet nutty cashews (Som Tam has peanuts, not cashews). In my experience, this the Yam Mamuang is not usually swimming in sauce like Som Tam is.

Nutritional Profile: 150-200 calories.

7. Yam Talay ยำทะเล (Seafood Salad)

Find it at: Local Restaurants

Cost: 40-70 baht

(PROTEIN HEAVY, CARB LIGHT, LOW CALORIES)

O que é isso: basically a mixed seafood salad. You get a Thai sweet and sour sauce (usually fish-sauce base with lemon) poured over prawns and/or squid mixed in with ripe tomatoes, onions, and a few other vegetable garnishings.

Why You should eat it: low calorie, low carb, fresh vegetables topped with a light sauce. It’s also extremely delicious and on most Thai restaurant menus. On its own it’s not enough for a full after training, but it’s a good snack, a side dish, or a means to get your protein in (contains enough protein for a full meal).

Nutritional Profile: about 300 calories with 30-40 grams of protein.

8. Pad Pak Bung Fai Daeng ผัดผักบุ้งไฟแดง (Stir Fried Morning Glory with Oyster Sauce)

Find it at: Local Restaurants

Cost: 50-70 baht

(PROTEIN LIGHT, CARB LIGHT, LOW CALORIES)

O que é isso: morning glory and chilies stir-fried with oyster sauce and fermented bean past.

Why You Should Eat it. Of the salad options, this is probably among the lesser healthy, seeing that the morning glory is cooked (losses some of the health benefits there) and the oyster sauce is high in sodium and other badish stuff. But if you don’t mind a salad dish that’s a bit saltier and hungering for something…hot instead of cold like the other salad dishes…you can opt for this one. It’s still a low carb and low calories. Very low protein, though.

Nutritional Profile: I’m kind of having to guesstimate for this one, but likely around 200-300 if you eat the whole plate. Protein likely around 7-15 grams. High in iron, vitamin A and Vitamin C, and calcium from the greens though.

9. Kuay Teow Lui Suan (ก๋วยเตี๋ยวลุยสวน) (Fresh Spring Rolls)

Find it at: Street Stalls and Local Restaurants

Cost: 15-25 baht a spring roll

(PROTEIN LIGHT, CARB LIGHT, LOW CALORIES)

What it Is: fresh vegetable spring rolls. Packed with lettuce, basil, and minced meet (chicken, pork, shrimp or mushroom). What makes or breaks this dish is the dipping sauce – usually sour, sweet, a bit tangy and an explosion of fresh flavor.

Why you Should Eat It: while it’s not packed with dense nutritional vegetables (mostly lettuce and basil leaves), it’s low calorie, includes some vegetables, and most importantly, is pretty damn tasty to boot. The sauce, which is usually light, lemony, and spicy, is low calorie too. This is a perfect snack, in between meals, before training, or as a guilt-free appetizer. Definitely not enough for a full meal by itself, however. I used to buy and eat 3-5 full Kuay Teow Lui Suan (spring rolls) + a chicken and rice (khao man gai) as lunch before my afternoon Muay Thai training.

Nutritional Profile: roughly 80-100 calories per spring roll (100 if you dip it in sauce). Protein 3 grams.

10. Nam Phrik (น้ำพริก) (Chili paste with fresh or boiled vegetable)

Find it at: Restaurants

(PROTEIN LIGHT, CARB LIGHT, LOW CALORIES)

O que é isso: chili paste with fresh Thai vegetables. The chili paste sometimes has ground up shrimp in it. The vegetables can vary but are usually exotic Thai ones, not your usual carrots, corn, and celery, though some Nam Phrik dishes can come with those types too.

Why you should eat it: fresh, often uncooked, vegetables loaded with vitamins and fiber and healthy low calorie chili paste to dip it in. This dish is healthy to the max. It’s also filling because of the vegetable in your stomach.

Local Eating Tips: Add ”Pla Tu” at the end of the name(Nam Phrik Pla Tu) if you want protein added to the mix for the ultimate low carb meal. The meat version will include a mackerel or two on the side, adding a good amount of protein to them mix, making it pretty much a complete meal.

11. TOM YUM GOONG (prawns) NAM SIGH (Hot and Sour Soup)

Find it at: Restaurants and NightMarket street stalls

Cost: 60-120 baht (location depending)

(PROTEIN HEAVY, CARB LIGHT, VERY LOW CALORIES)

O que é isso: a hot and sour soup probably the most famous Thai dish outside of Thailand. There are a number of different varieties of Tom Yum, depending on the meat added and the flavoring (coconut milk added, tamarind sauce, chili paste, milk, etc). There are two main variations of Tom Yum you will order. Tom Yum Nam Kon is the coconut creamy version and Tom Yum Nam Sigh is the clear version that is healthier

We also recommend if you are either watching your calories or want a low-fat dish, is the tom yam (pla) version, which is a clear soup WITHOUT coconut milk and chili paste. It’s basically fish (or prawns or chicken) with ginger, mushrooms, garlic, lemon grass, chilies, and a number of other Thai herbs added.

Why you should eat it: packed with nutrients and high protein, low-calorie meal choice. There are a number of scientific studies right now on the health benefits of Tom Yum. If you opt for the healthier, low-calorie version with no coconut milk.

Local Eating Tip: The most famous Tom Yum would be Tom Yum Goon, which is Tom Yum with prawns added (Goon). You can make it the chicken by asking for Tom Yum Gai or you can op for the fish version, Tom Yum Pla. There are two versions I’ve seen down here, however, the coconut milk + red chili past version (sometimes called Tom Yam Kha) and the non-coconut milk version. I’m not going to lie to you here: the coconut milk version is a hell of a lot tastier and the creamy texture is to die for. This is that standard Tom Yum served in restaurants. However, like most things that actually taste pretty damn good, there’s a lot more unhealthiness to it in the form of a shit ton more calories from the sugar and the coconut milk. The more healthy option does NOT have coconut milk, but as you can expect, doesn’t taste nearly as good.

Also note that many Thai soups have MSG added to them. If you are not an MSG fan (and who is?) then be sure to ask for the no MSG version. Keep in mind, Thai’s don’t like taking the MSG out by choice because the soup really doesn’t taste the same without it. Keep in mind though that the non-coconut, non-MSG Tom Yam version is a pathetic shadow of its former delectable self. Don’t come crying to me if you don’t like it!

Nutritional Profile: 2 full cups (about a bowl) about 200 calories and 25 grams of protein, assuming NO COCONUT OR MILK added

12. Gaeng Pah Curries

Find it at: Restaurants (maybe at a night market stall)

Cost: 40-80 baht (location depending — street stalls/night market for cheapest)

(PROTEIN LOW, CARB LIGHT, MODERATE CALORIES)

O que é isso: Thailand is famous for its curries — green curries, yellow curries, red curries, massaman curries. However, these curries are often loaded with calories and not exactly a healthy choice due to the high sodium and sugar content, especially if you are watching calories. However, if you love curries, you don’t have to completely skip out on some of Thailand’s best culinary inventions. Opt for Gaeng Pah curries. These are known as “jungle curries” and hail from the northern part of Thailand, where coconuts do NOT grow due to the altitude and jungle canopies. It follows that Gaeng Pah curries are made without coconut milk, creme, or milk. Basically, the low-calorie curry option.

Why you should eat it: since Thailand is a land famous for its amazing curries, why should you suffer a complete absence from this delectable food? Gaeng Pah are the low fat, lower calorie version of some of the tasty curries. Water is used instead of coconut milk in the curries, giving them a thinner, soupy curry base.

Local Eating Tip: just like normal curries, you can order these with different meats: beef, chicken, and pork being the most common. Keep in mind there are different styles of Gaeng Pah depending on the region the commonality is that water is used instead of coconut milk and they are spicy as hell!

13. Larb Gai (Thai Chicken Salad)

Find it at: Restaurants

Cost 60-120 baht

(PROTEIN HEAVY, CARB LIGHT, LOW CALORIES)

O que é isso: a popular northern Thai dish with a fragrant mix of ground chicken, rice powder, cilantro, shallots, green onions, onions, fish sauce, and lime juice. Optionally with fresh chilies.

Why you should eat it: high protein (it’s mostly ground chicken) and low carb, this is one of the most fragrant and tasty Thai dishes out there. Note the chicken may be high in saturated fa, but saturated fat is not the evil people make it out to be, in moderation.

With mostly only chicken and an assortment of Thai herbs and some light vegetable garnishings, it’s a must eat dish for those watching their calories, for those on a low carb diet, or for those who want a nice protein kick. Dammit, this dish is so good I’d eat it even if I didn’t care about health, calories, carbs, or any of that stuff.

As a side note, the worst food poison I had in the three years I’ve been in Thailand has been from a badly cooked dish of Larb Gai. After about a 10 hour date with my toilet, 2 nights of missed sleep, and a marathon puking session, it took me 2 years before I was able to stand the smell and taste of this dish again.

Nutritional Info: 250-300 calories with 35 grams of protein

Gai Pad Mamuang (Stir Fried Chicken with Cashew Nuts)

Find it at: Restaurants

Cost: 60-120 baht

(PROTEIN HEAVY, CARB LIGHT, MODERATE CALORIES)

15. Thai Fresh Fruits

Find it at: Street Carts and any grocery store

Thailand is famous for its abundance of fresh fruits. If you want to power up on in a sweet snack, there is nothing that will beat some fresh fruit. Stick to the fruit grown here, not the imported stuff like apples, pears, oranges, grapes, strawberries, and the like.

Here’s a list of the major fruits and some pictures.

  • Pineapples
  • watermelon
  • thai mangos
  • jackfruit
  • tamarind
  • durians
  • rose apples
  • coconuts
  • bananas
  • lychee
  • jackfruit
  • Rambutan
  • mangosteen
  • Pomelo
  • Guava
  • Custard Apple

Local Eating Tips: Many of these fruits are seasonal and the costs of some of the fruits double or triple when offseason (Mangosteens for example). The cheapest place to buy local fruits is at Super Cheap. The local Super Cheaps usually only stock what’s in season'(the exception being the giant ones), however. If you don’t want to bother cutting the fruits, you can find the more common types at local street carts where you are given a bag of your fruit pick for about 10-20 baht.


Prepare yourself ahead of time

No matter where you are eating you should always be looking for the same kinds of food. Every menu should have healthier options, and a lot of menus will mark them to make it easier.

Look for lower-calorie options as well as lower fat and higher protein. The more protein in a meal the more fulfilling it will be, thus helping you to not overeat.

Protein also has fewer calories per gram compared to fat which means the more protein a meal has the more bang for your buck!

It’s also a good idea to look at the menu before getting to the restaurant so you can already know what you are going to eat or at least have an idea of a few healthy options.

You should never go in without a plan because that is a recipe for disaster!


The best non-spicy Thai food to eat if you don’t like heat

Fried chicken — if you eat it with the sweet sauce, it is not spicy. Just avoid the chili sauce!

If you are one of those people that cannot handle spicy food, then living or traveling in Thailand can sometimes be a bit of a challenge.

After all, authentic Thai food is known as being some of the spiciest food in the world. Especially if you are in southern Thailand where they really throw in the hottest chilies they can find.

That being said, there is plenty of non-spicy Thai food you can eat. Food that will still give you the ‘authentic Thai food’ experience you crave.

In fact, these non-spicy Thai dishes are available in tens of thousands of restaurants and at boatloads of food stalls all over the kingdom. Most of them are dirt cheap as well.

Khao Pat

Basically, Khao Pat is nothing more complicated than fried rice that is stir-fried with egg, garlic, spring onions, and chicken broth. You can then add pork, beef or shrimp depending on what you prefer. It is usually served with cucumber slices and a lime wedge.

It will often come with a side dish of Prik Naam Pla, which is fish sauce with spicy chilies, as well just in case you do want it spicier.

You can order Khao Pat at most Thai restaurants and many food stalls, and the things I love about it other than the taste is that it is very filling and it is always cooked fresh while you wait.

copyright stu_spivack — CC license

Pad See Ew

Pad See Ew is another simple Thai dish that won’t blow your head off when you take a bite.

In most restaurants and food stalls, it is also made from just a few ingredients. Namely an egg, rice noodles, Kai Lan or Chinese broccoli (it doesn’t look remotely like western broccoli), garlic cloves and chicken. Everything is stir-fried in a sauce made of soy sauce, oyster sauce, vinegar and sugar and then served. Yum!

This street food vendor is selling Moo Ping (the pork on skewers two and three places in from the left) as well as Thai sausages on sticks.

Moo Ping

Moo Ping, or grilled pork skewers, is just marinated pork on a stick that is barbecued and then served with either a spicy chili sauce for dipping or you can just eat it the traditional Thai way with some sticky rice.

Delicious, and it will always be cooked as you watch, so it is fresh every time.

Thai Sausages

Thai sausages are an excellent snack or a meal, if you don’t want anything spicy.

Most are made with very mild spices at best, and are cooked over a barbecue flame while you watch then served in a plastic bag with a side of raw cabbage and a mild dipping sauce. Eat with some sticky rice and you have a full meal.

Rad Na

I love the spiciest food on the planet yet Rad Na, which is not remotely spicy, is still one of my favorite non-spicy Thai dishes.

Ra Nad is another noodle dish similar to Pad See Ew that is made with thick rice noodles, mushrooms, garlic, beef, pork, chicken or shrimp. The whole lot is then covered in a thick gravy made from chicken stock and cornstarch and cooked.

Once served, Thais will usually add fish sauce, sugar and chilies. Avoid the chilies if you don’t want any spice.

Pad Thai with a side of Thai Spring Rolls — also non-spicy

Pad Thai

Of course, the most famous Thai dish, Pad Thai, is not spicy either.

Another noodle dish, Pad Thai is rice noodles stir-fried with egg, peanuts, and tofu. Dried shrimp, tamarind, fish sauce, garlic, palm sugar and spring onions are also added. Some stalls will also add red pepper (but the dish is not remotely spicy). When ready, Pad Thai is served with a topping of fresh bean sprouts, a side of more spring onions and a couple of slices of lime to squeeze over it.

Khao Man Gai

Chicken cooked in chicken broth and oil, then served over a bed of garlic rice with cucumber slices and a side of chicken broth. To me, Khao Man Gai is one of the most satisfying non-spicy Thai dishes as it fills you up, but still seems quite ‘light’ as you eat it.

It is also easy to find while you are out on the street, as you will often see food stalls selling Khao Man Gai with whole chickens hanging on hooks in a glass case. This is how they show you what they cook.

How to extinguish the flames

Oh and by the way, if you are in Thailand and accidentally eat something extra spicy, do not rush for the cold water as it will literally do nothing to extinguish the fire now roaring in your mouth.

Instead, order a ‘Cha Yen’, or better still order one first so you always have it on hand. Cha Yen is Thai iced tea made with condensed milk, and it is the milk that will sooth the spice.


Shop for post-vaccine foods ahead of time

Some people develop nausea after the vaccine. That may not happen to you, but just in case, try to plan ahead and stock up on some bland and easy-to-digest foods (think: what you&aposd eat when you have the flu). Good options include broth-based veggie soup, bananas, applesauce, melon, coconut water, brown rice, and potatoes.

Avoid heavy foods like cheesy dishes, cream sauces, fried foods, and meat, as well as sugary foods, including candy and baked goods. Stay well-hydrated, and when the nausea subsides, continue to focus on fresh, whole foods.

After my vaccination, I didn&apost feel nauseous, but I did lose my appetite. If that happens to you, try to eat small meals or snacks every few hours eat a variety of foods so you don&apost miss out on important nutrients.

If you&aposre hungry but too tired to cook, order a healthy takeout meal, like Thai stir-fry, a Mediterranean platter, veggie tacos, or Indian curry.

Vaccine side effects should go away within a few days. But healthy habits, like drinking more water and eating nutrient-rich meals, can bring lasting wellness benefits. If you&aposve been in a bit of a pandemic pothole, think of your vaccination as an opportunity to kick-start a healthier, sustainable routine.

Cynthia Sass, MPH, RD, is Saúde&aposs contributing nutrition editor, a New York Timesꂾst-selling author, and a private practice performance nutritionist who has consulted for five professional sports teams.

To get more nutrition and diet tips delivered to your inbox, sign up for the Balanced Bites newsletter


Nut Allergy? 5 Food Traps to Avoid When Dining Out

If your child has a nut allergy, make sure to be extra-vigilant with these dining options.

Avoiding nuts can be even more challenging than it appears. According to the advocacy nonprofit Food Allergy Research & Education (FARE), nearly 3 million people in the United States report having peanut and tree nut allergies, and reactions range from itchiness and hives to anaphylaxis and death. For these people, the biggest concern isn&apost about eating something so obviously peanut-filled as a PB&J. Much of their worry centers on hidden nuts in foods that don&apost come with labels: an eggroll that was sealed with peanut butter a bakery cookie made with almond flour chili sauce with nuts in it.

Not all peanut-containing foods are easy to spot. Although the Food Allergen Labeling and Consumer Protection Act mandates that peanuts and tree nuts (along with six other major allergens) must be disclosed on a product, there are no such guidelines for food prepared in restaurants, bakeries, or kitchens, where there are, of course, no labels.

Registered dietitian Marion Groetch, M.S., R.D., director of nutrition services with the Jaffe Food Allergy Institute at Icahn School of Medicine at Mount Sinai in New York City, works with many patients who have severe food allergies. She instructs them on how to read labels and encourages them to try to lead as normal a life as possible, while also being safe. She says: "Always be prepared for an accident. Make sure you have epinephrine with you at all times. Always read product labels and be aware of areas that might be of high risk." And look out for these traps.

1. Bakery shops. Cookies and baked goods carry a risk of cross-contamination. Even if you&aposre selecting something as seemingly plain as a sugar cookie, it&aposs possible that the cookie or the equipment it was made on came into contact with nuts. What&aposs more, a number of bakeries use almond flour rather than (or in addition to) wheat flour.

2. Ice-cream parlors. Cross-contamination is an issue here, too. You may think you&aposre ordering a simple scoop of vanilla, but because the ice-cream scoop has been used in other flavors, traces of nuts could get into your child&aposs treat. Even if you request that the server use a clean scoop, traces from earlier in the day could have gotten into the ice cream. The same goes for toppings.

3. Restaurants with ethnic cuisines such as Asian, African, Indian, and Mexican. Peanuts and tree nuts are commonly found in different ethnic foods, including satay, panang curry, pad Thai, and some korma sauces. Many Chinese restaurants cook with various nuts and may use peanut butter to seal eggrolls. Woks are typically not washed between orders, so even if a dish free of peanuts and tree nuts carries a risk of cross-contamination. And nuts are part of a number of Mexican dishes, such as mole and enchilada sauce.

4. Sauces or mixed meals, such as casseroles in restaurants. A variety of sauces use peanut butter or peanut flour as a thickener. Be particularly aware of peanuts in chili, chili sauces, and even pasta sauces. With casseroles, you never know exactly what you&aposre getting, so when you&aposre dining out, simple meals, simply prepared, are safer. Groetch says that if your child has very severe food allergies or multiple food allergies, you&aposre often better off not ordering anything off the menu at all. Instead, make a request like, "Can you order me a chicken breast in olive oil and garlic cooked in a separate pan, using a clean pan and clean utensils?"

5. Desserts in restaurants. Nuts are common ingredients in desserts, so there is a risk in ordering one that has a hidden peanut or tree nut ingredient (ground nuts, nut flour, or a nut ingredient in a sauce) or has come in contact with peanut or tree nuts. Fresh fruit is a safer option.

All content on this Web site, including medical opinion and any other health-related information, is for informational purposes only and should not be considered to be a specific diagnosis or treatment plan for any individual situation. Use of this site and the information contained herein does not create a doctor-patient relationship. Always seek the direct advice of your own doctor in connection with any questions or issues you may have regarding your own health or the health of others.


Famous Healthy Thai Dishes

Pad Thai is perhaps the most well-known dish from Thailand. It's a mix of noodles, vegetables, peanuts and your choice of meat or tofu. Some chefs add spices, sauce or eggs to the dish as well. When you order pad Thai at a restaurant, there are some small adjustments you can make to cut calories.

Generally, the meat you choose to go with your pad Thai is optional. Beef, pork, chicken and tofu are some common options.

The American Heart Association notes that red meat, such as beef, is higher in saturated fat than chicken. If you're trying to reduce your fat intake, opt for poultry instead. Tofu is another viable option if you are vegetarian.

Even healthy pad Thai dishes can be high in fat, depending on how they're cooked. You can ask the chef to use less cooking oil when preparing your dish. An April 2014 review published in Vascular Pharmacology has found that reheated vegetable oils had fewer nutrients and lost most of their health benefits.

Reheating vegetable oils may also increase the risk of developing high blood pressure and clogged arteries, which can lead to a heart attack or stroke, according to the above review. Asking your chef to cook your pad Thai without oil can help you avoid these pitfalls.

Thai curry is another healthy Thai dish, which is made from a base of spices and liquid, such as coconut milk. It may also contain potatoes, vegetables and meat. A Thai curry dish from Upton's Naturals Company is made from jackfruit, coconut milk, water, lemongrass and various spices. A 3.5-ounce serving has only 53 calories and 9 grams of carbs, with 4 grams of fiber. It's a healthy base that you can add chicken or tofu to if you want more protein.