Novas receitas

A festa vintage do Cakebread é comemorada por todos em Napa Valley

A festa vintage do Cakebread é comemorada por todos em Napa Valley


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Amarramos nosso avental para o 27º Workshop de Colheita Americana deste ano

Os participantes da Cakebread Vintage Party colocam as mãos no vinhedo.

Na maioria dos anos, Cakebread Cellars se encontra no topo da lista de vinhos de restaurantes mais populares. Há uma razão - os Cakebreads adoram comida. Desde o momento em que Jack e Dolores Cakebread fundaram sua vinícola Napa Valley em 1973, a família passou muito tempo na estrada visitando cozinhas de restaurantes enquanto desenvolvia seus próprios programas de jardinagem e alimentação na vinícola.

Clique aqui para ver a festa vintage do Cakebread é comemorada por todos em Napa Valley (apresentação de slides)

Em 1987, eles lançaram seu pioneiro American Harvest Workshop para reunir os melhores chefs de restaurantes, cerca de 10 chefs amadores pagantes e muitos fazendeiros locais e fornecedores de alimentos artesanais na vinícola a cada outono para preparar dois jantares luxuosos com vinho abertos ao público. Os chefs deste ano foram Greg Biggers do Sofitel Chicago Water Tower, Marc McDowell do Makena Beach & Golf Resort em Maui, Jim Severson do Sevy’s Grill em Dallas, Brad Turley do GoGa em Xangai e Eric Haugen do Lambs Club na cidade de Nova York.

Fiquei emocionado ao receber um convite para ajudar na cozinha Cakebread.


Comemorando 40 anos: uma tradição familiar de vinhos premium de Napa Valley

A família Cakebread, proprietária da Cakebread Cellars em Rutherford, é uma das vinícolas mais conceituadas e bem-sucedidas do famoso Napa Valley, na Califórnia. Desde a sua fundação em 1973, a vinícola ganhou reputação por seus vinhos excepcionais e hospitalidade graciosa. O sucesso da Cakebread foi construído na qualidade, consistência e continuidade - características que a família acredita que se aplicam igualmente às uvas, aos vinhos e às pessoas que criam os vinhos de classe mundial da Cakebread. Cada um dos Cakebreads contribuiu com seus talentos individuais para produzir uma mistura harmoniosa e sinérgica - Jack e Dolores como fundadores e os filhos Bruce e Dennis agora no comando. Com Bruce como presidente e COO, e Dennis como vice-presidente e vice-presidente sênior de vendas e marketing, as tradições da família e o comprometimento apaixonado estão garantidos para a próxima geração.

A história do Cakebread

A história de Cakebread começou como uma linha secundária para Jack Cakebread, que primeiro trabalhou no pomar de sua família no Condado de Contra Costa e, mais tarde, se tornou o parceiro de seu pai na Garagem de Cakebread em Oakland. Jack desenvolveu um interesse por fotografia e, enquanto tirava fotos do Vale do Napa para The Treasury of American Wines, por acaso fechou um acordo para comprar o rancho Cakebread de amigos da família. Jack e Dolores dividem seu tempo entre a garagem e o estabelecimento da vinícola nos fins de semana. A propriedade original de 22 acres era basicamente pastagem, então nem é preciso dizer que o empreendimento exigiu anos de trabalho meticuloso. Os filhos Bruce e Dennis ajudavam nos fins de semana, antes de ingressarem em tempo integral. Como observa Dennis, “A nossa é realmente uma história americana incrível. . . com meu pai estabelecendo um vinhedo em Napa Valley nos fins de semana com sua família e transformando-o em uma das vinícolas mais conhecidas da América. ” Com o passar dos anos, a família continuou a adquirir vinhedos de primeira - todos menos um no Vale de Napa. Os 22 acres originais cresceram para 1.100 acres (560 acres com videiras), em alguns dos locais mais desejáveis ​​em Napa Valley, Carneros, Howell Mountain e Anderson Valley. A vinícola compra uvas adicionais de produtores com os quais tem feito negócios há anos, muitos dos quais são produtores reconhecidos de uvas de Napa Valley de alta qualidade. Embora muita coisa tenha mudado ao longo de quatro décadas, a filosofia básica do Cakebread de continuar a melhorar a cada ano, não mudou. “Nós reinvestimos nossos lucros na vinícola e planejamos um crescimento lento e constante”, de acordo com Bruce. “Dennis e eu continuamos ativos e, após 40 anos, nossa paixão pelo vinho e o negócio do vinho não diminuiu.”

O sucesso inicial dos vinhos Cakebread - Chardonnay, Cabernet e Sauvignon Blanc - conquistou seguidores leais e permitiu à família continuar adquirindo os melhores vinhedos. A história por trás do aclamado Cabernet de um único vinhedo, Dancing Bear Ranch, é certamente uma prova da dedicação da família à qualidade, apesar do longo caminho necessário para atingir esse objetivo. Em 1998, os Cakebreads compraram um local dramático de 28 acres em Howell Mountain no norte de Napa, com elevações chegando a 1.600 pés. A equipe então passou os 11 anos seguintes plantando, planejando e experimentando vinificação antes de lançar a safra de 2006 nacionalmente. Sempre olhando para o futuro, Bruce e Dennis voltaram seus olhos para o norte, em Anderson Valley, e têm desenvolvido diligentemente o “projeto” Pinot Noir - agora quase 20 anos em construção. Dennis está particularmente otimista em relação à recentemente adquirida Annahala Vineyard, conhecida por produzir elegantes Pinots.Cakebread planeja lançar um novo Pinot Noir chamado “Two Creeks” com frutas de Annahala complementando as atuais frutas do vinhedo Apple Barn.

A Equipe Cakebread: Vineyard and Winery

A busca por melhorias é uma filosofia compartilhada por toda a equipe da Cakebread. No lado dos vinhedos, Toby Halkovich, diretor de operações de vinhedos, juntou-se à Cakebread em 2004 (relativamente novo) e gerencia os vinhedos da vinícola e os produtores contratados. Toby aponta a tecnologia como a força motriz da mudança. “A tecnologia nos permite ser mais ágeis”, diz ele, “e expressar plenamente o caráter de cada vinhedo em nossos vinhos de ano para ano”. Seguindo a cultura Cakebread de encorajar a inovação, Toby tem trabalhado com UC Davis em pesquisas de ponta sobre como impactar positivamente o sabor e a expressividade varietal no campo. Novos dispositivos que agora podem rastrear dados sem fio, que serão correlacionados com as características da uva e do vinho, são apenas um exemplo dos muitos desenvolvimentos tecnológicos que afetarão positivamente as práticas vitícolas. A enóloga Julianne Laks está celebrando seu 27º ano na Cakebread - e 11 anos como enóloga. Julianne também aponta os avanços tecnológicos e melhores práticas de vinificação como fatores-chave para melhorias qualitativas nos vinhos. Técnicas como a prensagem de uvas brancas em cachos inteiros, colheita à noite e envelhecimento em barril de uma parte do Chardonnay do Cakebread (levando ao programa Reserve Chardonnay da vinícola) são alguns dos desenvolvimentos significativos alcançados sob a direção de Julianne. No entanto, tanto Julianne quanto Toby reconhecem que o paladar humano ainda é a faculdade predominante na avaliação do caráter da uva e do vinho.

Trabalhando em estreita colaboração com o mestre de adega Brian Lee (que está completando 26 anos com Cakebread), Julianne viu uma expansão considerável. Em 2000, a Cakebread abriu uma unidade de vinho tinto em frente à vinícola original (agora dedicada aos vinhos brancos), o que permite um melhor gerenciamento da fermentação. Ao longo dos anos, Julianne e Brian aperfeiçoaram o programa de envelhecimento em barris - desde trabalhar com diferentes tanoeiros até analisar os efeitos do carvalho de diferentes florestas - para que agora eles possam “passar muito mais tempo combinando barris com nossos vinhos [para] alcançar uma mistura perfeita de carvalho e caráter de fruta. ” Ao longo dos anos, Julianne e Brian pesquisaram e experimentaram muitas técnicas de vinificação e, de fato, muitas tecnologias foram descartadas. Para Julianne, e de fato toda a equipe da Cakebread, “nosso objetivo final é melhorar a qualidade, safra a safra”.

The Pleasures of Wine and Food / The American Harvest Workshop

Desde os primeiros dias de Cakebread Cellars, a vinícola é reconhecida por sua excelente hospitalidade, fornecida por Dolores Cakebread, uma talentosa cozinheira e jardineira. Muito antes de as refeições “da agricultura orgânica” ou “da fazenda para a mesa” entrarem na moda, Dolores estava criando receitas frescas e saudáveis ​​para os hóspedes saborearem com os vinhos Cakebread. Ela e Jack, junto com o hoteleiro Bill Shoaf, também estabeleceram o American Harvest Workshop anual da vinícola, um "campo de treinamento" de quatro dias com chefs mestres e fornecedores locais, cujo conceito permaneceu basicamente inalterado desde o primeiro Workshop em 1987. Hoje, Cakebread é uma das poucas vinícolas com um departamento de culinária interno em tempo integral, dedicado exclusivamente ao desenvolvimento e execução de programas educacionais, desde seminários de harmonização de vinho e comida e sessões de mistura, até as sempre populares aulas práticas de culinária . O diretor culinário Brian Streeter, que ingressou na Cakebread em 1989, tem se inspirado em uma variedade impressionante de safras de Cakebread, junto com os melhores ingredientes que o norte da Califórnia tem a oferecer. Brian gerencia o American Harvest Workshop (AHW), que está se fortalecendo em seu 27º ano, e lidera uma equipe de culinária que mantém uma agenda de eventos movimentada o ano todo.

Olhando para trás . . . e para a frente

Embora um marco de 40 anos seja motivo para comemorar, também é um momento para refletir. Na Cakebread, muitas marcas registradas têm caracterizado o sucesso da vinícola, particularmente buscando soluções inovadoras e de qualidade - junto com muito trabalho árduo. Certamente, a família sempre teve uma visão clara de sucesso, que transmitiu à equipe Cakebread dedicada. Na verdade, o longo mandato da equipe de vinificação proporcionou consistência aos vinhos, bem como um ambiente de apoio que recompensa as realizações. Claro, Bruce e Dennis estão bem cientes de que a boa sorte também desempenhou seu papel, pelo que são gratos. Cada um sente que tem o melhor emprego do mundo e espera muitas décadas à frente de vinhos memoráveis ​​e safras dignas de adega!


Obsessão pela sucessão / Depois de se preocupar com o filho que vai assumir a vinícola, Jack e Delores Cakebread tomam a decisão um assunto de família

O patriarca está andando de um lado para o outro. Suas passadas atingem o asfalto e engolem o chão durante a noite. Sua mente está acelerada, como há dois anos, mas ele não consegue ver o futuro no escuro.

A qual dos três filhos ele legará a vinícola?

"Se eu der para um, vou alienar os outros", lateja em seu cérebro. Em poucos anos, o império de Napa Valley de Jack Cakebread alcançará seu 30º aniversário. Nessa época, ele terá 73 anos. Ele precisa de um plano de sucessão.

Cakebread caminha as duas milhas entre sua casa e Cakebread Cellars às 3 a. m. como ele faz durante seis dias da semana, desde que se lembre. Ele entra no escritório e liga o interruptor da luz, com a cabeça ainda latejando.

Em nanossegundos, uma luz muda em seu cérebro. Sua grande cabeça prateada ergue-se e seus olhos brilham como um laser azul. "Ei. Isso não é problema meu. É deles.

Eu vou entregá-lo a eles. "

Essa revelação veio em 2000, no final de julho deste ano, um sucessor foi escolhido, e Cakebread Cellars celebrou seu 30º aniversário com paz na família, cofres saudáveis ​​e uma grande festa.

Situado no coração de Napa Valley e entre grandes e tradicionais italianos como Mondavi e Martini, os upstart Cakebreads prosperaram. Cakebread Cellars é conhecido por seus vinhos complexos e refinados desde seus primeiros dias. As vendas em restaurantes mostram solidez notável, classificando a Cakebread como a segunda marca mais popular depois de Kendall-Jackson, de acordo com uma pesquisa de restaurantes realizada pela revista Wine & amp Spirits.

Sauvignon Blanc da Cakebread (US $ 22 no varejo), Chardonnay (US $ 40) e Cabernet Sauvignon (US $ 55) estão entre os quatro primeiros em vendas de restaurantes por tipo de vinho. Seu Sauvignon Blanc ocupa o primeiro lugar em popularidade em restaurantes. Embora o vinho seja diferente por safra, é perenemente cheio de tons de melão e toranja, uma mistura de Sauvignon Blanc, Semillon e Sauvignon Musque, um clone do Sauvignon Blanc. Em um segundo gole, há complexidade sugerida pelo feno. Fresco e refrescante, o vinho dança animado na língua, quase espumante.

Os tintos do Cakebread sempre buscaram a complexidade, em vez do sabor frutado e doce de outros Cabernets do Vale de Napa. Seu Vine Hill Ranch Cabernet Sauvignon e Benchland Select Cabernet Sauvignon são complexos e sedosos com uma estrutura firme. Tal é o seu prestígio que, apesar da economia recente, os Cakebreads dizem que a vinícola vende tudo o que faz e a família não baixou o preço da garrafa, geralmente na faixa de US $ 20 a US $ 55. Os vinhos selecionados e de um único vinhedo da Cakebread custam até US $ 90 a garrafa.

O que aconteceu entre os agonizantes momentos negros de Cakebread ao entregar as rédeas e agora é uma prova da força da família. Jack e Dolores Cakebread, patriarca e matriarca, entraram em ação após a epifania de Jack. Eles reuniram seu clã e traçaram um mapa rodoviário. “Tivemos um conselho de família. Dissemos a eles que precisavam resolver isso e que apoiaríamos tudo o que decidissem”, disse Dolores, 73.

“Selecione essa pessoa e faça isso com amor e confiança - sem nenhum plano de mitigação - e estaríamos por trás disso com 100 por cento de apoio”, acrescenta Jack, que termina as histórias para Dolores. Foi assim que 18 meses depois, um dos três filhos de Cakebread, em uma escolha surpresa, ascende como presidente e diretor de operações da Cakebread Cellars em Rutherford.

Essa é a história que Jack conta. Um mestre contador de histórias, ele gira contos tão grandiosos e tão concisos que personagens e ouvintes são sugados para o fenômeno que é Cakebread Cellars, no qual negócios, agricultura e família, família, família são enrolados em um casulo apertado.

Qualquer que seja a transição suave para um sucessor Jack Cakebread, ele permanece no controle. Ele mantém o título de diretor executivo. Como ele diz: "Temos harmonia um com o outro e sempre podemos conversar. E então fazemos do meu jeito."

A tendência para boas piadas e bom humor mitiga a paixão e a ética de trabalho que impulsionam a união familiar. Em um momento em que muitos outros impérios americanos da vinha balançam pela passagem de gerações e oscilam economicamente, sofrendo com mudanças na administração, uvas azedas e arejamento de roupa suja, os Cakebreads parecem passar sem soluço.

O segredo da unidade está na história, na história de Jack. O sucesso da família Cakebread em seu plano de sucessão está em como a família permaneceu como família.

Maior do que a vida e uma espécie de cruzamento entre Moses e Huck Finn de Charlton Heston, Jack Cakebread nunca se cansa de contar a história. No início dos anos 1970, ele dirigiu de sua casa em Oakland, onde dirigia uma garagem com sua esposa, para fazer um trabalho fotográfico freelance para o livro de vinhos de Nathan Chroman no Napa Valley (Cakebread estudou com Ansel Adams). Ao concluir o projeto, ele parou para visitar ex-vizinhos de Oakland que haviam se aposentado para uma fazenda em Rutherford. Na onda de despedidas, ele disse casualmente: "Se você quiser vender esta fazenda, ligue para mim."

O telefonema veio antes de ele chegar em casa: os proprietários venderiam. Instantaneamente, ele soube que estava perdido. Ele e Dolores recuaram. “Tivemos dois filhos na faculdade e um no colégio e uma garagem para administrar. Tivemos que voltar e explicar que cometemos um grande erro”, diz Dolores. No dia seguinte, o casal dirigiu para Rutherford com desculpas abjetas e bem ensaiadas.

“Expliquei que tudo o que eu tinha era um adiantamento de US $ 2.500 pelo livro. E eles disseram: ' "Com um olhar de admiração e um aceno resignado de sua cabeça, Jack revive a finalidade e a admiração daquele momento. O destino entregou a ele "um pasto para vacas e alguns galpões" em um acordo escrito em uma folha de papel forrado,

papel do bloco de notas. Ele iria plantar uvas e fazer vinho.

A Cakebread's Garage em Oakland já era um negócio de três gerações, no qual os filhos de Jack e Dolores se lembram de seus avós trabalhando na garagem enquanto o avô também cultivava no condado de Contra Costa.

A história da vinícola também está enraizada na história de amor de Jack e Dolores, namorados de infância e "parceiros para a vida em todos os significados dessas palavras", como diz um dos filhos. "Ela inspira, eu expiro. Ela é a CEO, eu sou o CEO", diz Jack.

Pelos próximos 19 anos, a dupla viajou entre Rutherford e Oakland, administrando a Cakebread's Garage e cultivando uvas. "Eu fazia o check-in dos clientes (na garagem) pela manhã, dirigia até Napa, trabalhava na fazenda e voltava à tarde para ver o trabalho (dos meus mecânicos) antes de devolver os carros aos donos," disse Jack.

Essa ética de trabalho foi transmitida aos três filhos. Nos feriados e fins de semana,

Steve, Dennis e Bruce - agora com 51, 49 e 47 anos - trabalharam na fazenda em um arranjo entre o recrutamento e o voluntariado. Eles trouxeram colegas de faculdade que trocaram trabalho pelas refeições lendárias que Dolores preparou. Fila por fila, eles arrancaram as velhas árvores frutíferas.

Em 1973, eles engarrafaram sua primeira safra, 157 caixas de Chardonnay. Cakebread conta que entrou na Groezinger Wine Merchants em Yountville e perguntou ao gerente se ele queria provar seu Chardonnay, mas sem trazer um porque, sendo um novato, ainda não o havia engarrafado. O gerente passou pela vinícola para provar o vinho, se ofereceu para engarrafar com ele naquele mesmo dia e depois comprar o lote inteiro. No final da década de 1970 e após o Julgamento de Paris (no qual um vinho americano venceu um vinho francês da mesma variedade em uma degustação muito divulgada em Paris), a Cakebread estava fazendo Cabernet Sauvignon, Zinfandel e Sauvignon Blanc. Muito rapidamente, Cakebread, como Stag's Leap Wine Cellars, desenvolveu um culto de seguidores.

Para Dennis, o segundo filho, a produção de vinho naquela época "parecia mais um hobby". Para os filhos, plantar uvas e fazer vinho era uma suspensão do trabalho na garagem. Os pais dizem que os três trabalhavam tanto quanto na escola e na vinícola porque temiam a garagem.

Com essas fogueiras acesas sob eles, os dois filhos mais velhos, Steve e Dennis, graduaram-se na UC Berkeley e fizeram mestrado em administração de empresas, sendo certificados como contadores públicos. O mais novo, Bruce, estudou pomologia (cultivo de frutas) na California Polytechnic University San Luis Obispo, mas mudou para viticultura e enologia na UC Davis.

O negócio da vinícola levou toda a família de volta à escola. Jack, aos 53 anos, fez o programa executivo na Stanford Graduate School of Business. Dolores frequentou a escola de culinária Cordon Rouge no condado de Marin, desde então fechada, para complementar o que estava fazendo com a enorme horta orgânica que cultivava na fazenda, e começou a desenvolver um programa pioneiro de comida e vinho na vinícola. Em outubro, seu livro, "The Cakebread Cellars Napa Valley Cookbook: Wine and Recipes to Celebrate Every Season's Harvest" ($ 35, Ten Speed ​​Press) será publicado.

No escritório de Jack Cakebread, os três impressos que ele pendura não são de publicações sobre vinhos. Eles são da Money and Business, CEO da Califórnia e das páginas financeiras do New York Times, e documentam o sucesso de Jack Cakebread como executivo e a família como modelo de engenhosidade e sucesso de empresa familiar. Ele é um palestrante muito procurado e até trouxe uma turma da faculdade de administração de Harvard para Cakebread Cellars para trazer mentes mais aguçadas para o negócio do vinho. Esse negócio, e não apenas a agricultura e a vinificação, fica evidente nas escolhas profissionais dos filhos.


Visitando

Ao visitar Napa Valley, Cakebread Cellars é uma visita obrigatória, mas você simplesmente não pode entrar. Por causa de sua popularidade e tráfego, a sala de degustação só abre com hora marcada. As excursões também estão disponíveis com hora marcada. Na verdade, Cakebread Cellars oferece várias experiências diferentes com hora marcada, incluindo:

  • Seleção de degustação de vinhos
  • Degustação de vinho tinto
  • Reserve degustação
  • Experiência de combinação de vinho e comida
  • Degustação em grupo
  • Tour educacional aprofundado e degustação

Dolores Cakebread, uma das anfitriãs originais de Napa Valley, morre aos 90

Dolores Cakebread, cofundadora da Cakebread Cellars de Napa Valley, faleceu pacificamente enquanto dormia em 2 de outubro, aos 90 anos. Ela e seu marido, Jack, começaram sua vinícola em 1973 e, desde o início, Dolores enfatizou a importância de excelente comida combinada com excelente vinho, ajudando a construir a reputação de hospitalidade de Napa.

Em 1972, o casal era proprietário e operador de uma bem-sucedida oficina de consertos automotivos e garagem em Oakland, Califórnia. Ambos cresceram lá e começaram a namorar na adolescência. (Os namorados do colégio comemoraram seu 70º aniversário de casamento no início deste ano.) Jack também trabalhava como fotógrafo freelance e foi contratado naquele ano para ir a Napa tirar fotos para o livro Tesouraria de Vinhos Americanos, de Nathan Chroman. Inspirado, o casal acabou comprando um rancho de 22 acres em Rutherford, que se tornaria o local de Cakebread Cellars.

Dolores Cakebread foi fundamental para estabelecer o alto padrão de hospitalidade de Napa Valley e foi líder no renascimento culinário que ocorreu em Napa na década de 1980. Durante a primeira colheita de Cakebread, para agradecer aos amigos e voluntários, ela preparou o jantar e serviu vinhos Robert Mondavi (porque eles ainda não tinham para compartilhar). Foi a primeira de muitas refeições fartas que ela prepararia na vinícola. Ela disse Wine Spectator em 1998, ela teve que desistir de cozinhar para multidões alguns anos depois, quando se viu preparando para 100 "voluntários" entusiasmados todo fim de semana.

A partir desse espírito, Cakebread Cellars deu início a um dos primeiros e mais ativos programas de alimentação em Napa Valley, incluindo aulas de culinária pública e o American Harvest Workshop, que promoveu vinho e comida como parte de um estilo de vida saudável.

Fique por dentro das histórias importantes do vinho com os alertas de notícias de última hora gratuitos do Wine Spectator.

Naquela entrevista de 1998, Cakebread disse que sua abordagem para combinar comida e vinho começa com o vinho, não com a comida. "Depois de tirar a rolha, você não pode mudar o vinho", explicou ela. "Ou funciona ou não funciona. Mas com comida você pode mudar a textura e o equilíbrio para torná-lo melhor com o vinho. É o que eu faço."

Formada pelo Programa Cooperativo de Mestres Jardineiros da Universidade da Califórnia, ela plantou seu jardim no terreno de Cakebread. Ela também publicou dois livros de receitas com Brian Streeter, diretor de culinária da Cakebread: The Cakebread Cellars Napa Valley Cookbook e The Cakebread Cellars American Harvest Cookbook, em colaboração com a autora Janet Fletcher.

Cakebread também foi presidente do capítulo de Les Dames d'Escoffier em San Francisco e membro da Women Chefs and Restaurateurs, da International Association of Culinary Professionals e da San Francisco Professional Food Society.

Dolores e Jack deixaram de ocupar um cargo formal na vinícola em 2005, mas seu legado continua vivo. Ela deixa seu marido, filhos Steve, Dennis e Bruce, quatro netos, um bisneto e sua irmã, Shirley Ann.


O Dia da Terra em grande estilo: Wastewater Worms, 21 Million Trees and Cabernet All Day

A região do vinho tem um talento especial para transformar cada ocasião em uma festa, mas com o mundo do vinho apostando nas práticas verdes, o Dia da Terra está se tornando especialmente épico. A celebração anual do meio ambiente cai em uma segunda-feira deste ano - 22 de abril - mas as vinícolas da Califórnia estão aproveitando o fim de semana, senão uma semana, mês ou apenas uma geléia diária em reconhecimento de que toda essa coisa de meio ambiente é bonita vale a pena cuidar bem, se você for um grapicultor / humano!

"Não pensamos apenas na saúde da videira nas próximas safras", proprietário da Cakebread Cellars Bruce Cakebread disse Unfiltered por e-mail. "Pensamos em termos de futuras gerações familiares. O Dia da Terra nos inspira a trabalhar mais arduamente em nossos esforços para proteger nossos preciosos recursos e preservar a terra."

De shows a pizza, bebendo vinho e fazendo amizade com as abelhas, veja como entrar em ação na Terra nos próximos dias.

Em 2015, Napa Valley Vintners estabeleceu uma meta de ter 100 por cento dos membros participando do programa de certificação Napa Green para melhores práticas ecológicas até 2020. A organização anunciou recentemente que 70 por cento das vinícolas elegíveis estão envolvidas e "comprometidas em elevar suas práticas agrícolas e de vinificação para melhorar ainda mais a bacia hidrográfica do rio Napa e conservar valiosos recursos naturais, ao mesmo tempo em que continua a produzir vinhos incríveis ", diretor associado de relações da indústria da NVV Michelle Novi disse Unfiltered.

  • Oxbow Commons: Dia da Terra em Napa, domingo, 28 de abril, o dia todo. Haverá artesanato, jogos, aprendizado sobre conservação, cerveja, prevenção da poluição, vinho, educação para a saúde de bacias hidrográficas e uma programação musical organizada pela BottleRock. Todas as vendas de bebidas beneficiam o programa Field Trip Bus Grant administrado pela Environmental Education Coalition of Napa County.
  • Honig: Eles farão passeios ecológicos, incluindo transporte de visitantes para a área de habitat da vida selvagem da vinícola, lar das "abelhas de Honig". Os visitantes no Dia da Terra (22 de abril) recebem uma taça de vinho reutilizável e uma amostra de um táxi de um único vinhedo, normalmente fora do menu, enquanto aprendem sobre o trabalho de conservação da vinícola no quintal Rutherford Reach do Rio Napa. "[Estamos] criando um habitat natural em nosso vinhedo para os insetos certos prosperarem, cultivo em sequeiro, usando garrafas leves, veículos elétricos e muito mais", vintner Stephanie Honig disse Unfiltered.

E em Sonoma, a sustentabilidade também está progredindo rapidamente: na verdade, os produtores de vinho do Condado de Sonoma definiram uma meta em 2014 de atingir 100 por cento de sustentabilidade - até o final deste ano. No final de 2018, 89% dos hectares de vinhedos estavam certificados, o que os coloca no caminho certo.

    DeLoach: No sábado, 20 de abril, das 10 às 4, é dia do vinho e da pizza. A propriedade está exibindo sua biodiversidade, encorajando os visitantes a passear ao redor da colmeia e do jardim de vegetais e ervas enquanto saboreia Vinthropic Chardonnay e Pinot. A receita líquida desses vinhos vai para o Redwood Empire Food Bank. "Queríamos que as pessoas estivessem na natureza", disse Jean-Charles Boisset, cujo grupo de vinícolas inclui DeLoach. "Um evento do Dia da Terra entre as vinhas é, claro, 'natural'!" Combina como vinho e pizza em nosso livro.

Então, onde quer que você esteja, levante uma taça neste fim de semana para a Terra - o melhor planeta que existe para fazer vinho. Que nós sabemos.

Gosta de Unfiltered? O melhor da coleção de drinks da Unfiltered na cultura pop agora pode ser entregue diretamente na sua caixa de entrada a cada duas semanas! Inscreva-se agora para receber o boletim informativo por e-mail sem filtro, com as últimas novidades sobre como o vinho se cruza com o cinema, a TV, a música, os esportes, a política e muito mais.


Calendário de eventos da vinícola

Quinta-feira, 27 de maio de 2021
4 da tarde.

Custo: Gratuito para assistir, kits de degustação disponíveis para compra
É hora de experimentar ao longo dos anos com nossa série virtual de maio! Junte-se a nós enquanto provamos três safras de um de nossos vinhos PEJU mais amados, Fifty / Fifty. Nosso último vinho da série será nosso novo lançamento, 2018 Fifty / Fifty. Clique no link abaixo para adquirir nosso maio.
Detalhes completos

Menu de churrasco de fim de semana do Memorial Day da família Clif

Sexta-feira, 28 de maio de 2021 a domingo, 30 de maio de 2021
11h30 às 16h00

Custo: $ 22 / placa de churrasco
Comece o verão com a família Clif e desfrute de um menu especial com tema de churrasco no fim de semana. O chef executivo John McConnell criou um menu repleto de sabores grelhados no verão, combinados com acompanhamentos sazonais, preparados com ingredientes frescos da fazenda que certamente o deixarão animado.
Detalhes completos

Sessão de estreia em Napa Valley com Jeb Dunnuck: um primeiro olhar para os vinhos vintage de 2020

Terça-feira, 1 ° de junho de 2021
10 horas da manhã.

Custo: Sem custo
A safra mais recente de Napa está de fato a caminho e, apesar dos desafios, a safra de 2020 não estará ausente do livro de história. Junte-se ao fundador do JebDunnuck.com, Jeb Dunnuck, e a um painel de vinicultores de Napa Valley para passar pela temporada de cultivo de 2020. Eles vão discutir o.
Detalhes completos

Sessão de estreia de Napa Valley com Lisa Perrotti-Brown MW: 2019 Vintage Preview - Rico, luxuoso e fantasticamente puro

Quarta-feira, 2 de junho de 2021
10 horas da manhã.

Custo: Sem custo
Com apenas algumas semanas antes que muitos dos cabernets de Napa Valley de 2019 que atualmente envelhecem em barris sejam engarrafados, a crítica de vinhos e editora-chefe do Robert Parker Wine Advocate, Lisa Perrotti-Brown MW, oferece uma prévia da safra de 2019. Um excelente vintage no.
Detalhes completos

Sessão de estreia em Napa Valley com James Suckling: 2018 - Um novo marco para o neoclassicismo e a harmonia

Quinta-feira, 3 de junho de 2021
19:00

Custo: Sem custo
A vinificação de Napa Valley atingiu uma nova era de neoclassicismo remontando às grandes safras das décadas de 1960 e 1970, mas com uma visão muito moderna e mais precisa? A safra 2018 é um ano fantástico para os tintos, produzindo vinhos de alta qualidade que apresentam um equilíbrio maravilhoso.
Detalhes completos

Summer FriYAY! Horário Social Semanal

Sexta-feira, 4 de junho de 2021
4 da tarde. às 18h00 PST

Custo: $ 75, $ 45 Wine Club
Comece seu fim de semana com Cakebread Cellars! Serviremos vinhos casuais e combinações gastronômicas em meio a nossos pátios paisagísticos exuberantes enquanto a música ao vivo e as risadas preenchem o ar. Tente sua sorte nos jogos de gramado ou simplesmente aprecie as vistas panorâmicas do Vale de Napa em um de nosso lounge aconchegante.
Detalhes completos

Summer FriYAY! Horário Social Semanal

Sexta-feira, 11 de junho de 2021
4 da tarde. às 18h00 PST

Custo: $ 75, $ 45 Wine Club
Comece seu fim de semana com Cakebread Cellars! Serviremos vinhos casuais e combinações gastronômicas em meio a nossos pátios paisagísticos exuberantes enquanto a música ao vivo e as risadas preenchem o ar. Tente sua sorte nos jogos de gramado ou simplesmente aprecie as vistas panorâmicas do Vale de Napa em um de nosso aconchegante lounge.
Detalhes completos

Summer FriYAY! Horário Social Semanal

Sexta-feira, 18 de junho de 2021
4 da tarde. às 18h00 PST

Custo: $ 75, $ 45 Wine Club
Comece seu fim de semana com Cakebread Cellars! Serviremos vinhos casuais e combinações gastronômicas em meio a nossos pátios paisagísticos exuberantes enquanto a música ao vivo e as risadas preenchem o ar. Tente sua sorte nos jogos de gramado ou simplesmente aprecie as vistas panorâmicas do Vale de Napa em um de nosso aconchegante lounge.
Detalhes completos

Summer FriYAY! Horário Social Semanal

Sexta-feira, 25 de junho de 2021
4 da tarde. às 18h00 PST

Custo: $ 75, $ 45 Wine Club
Comece seu fim de semana com Cakebread Cellars! Serviremos vinhos casuais e combinações gastronômicas em meio a nossos pátios paisagísticos exuberantes enquanto a música ao vivo e as risadas preenchem o ar. Tente sua sorte nos jogos de gramado ou simplesmente aprecie as vistas panorâmicas do Vale de Napa em um de nosso aconchegante lounge.
Detalhes completos

Sete Maravilhas Culinárias do Mundo: Paella e Jamón

Domingo, 27 de junho de 2021
17:00

Custo: $ 325
A terceira edição de nossa série de eventos Sete Maravilhas Culinárias do Mundo nos traz uma culinária espanhola icônica

Este prato delicioso e saudável remonta ao século 15 e é um grampo na cultura espanhola. Ele deve ser compartilhado e desfrutado com amigos.
Detalhes completos

Dia de Cakebread Cellars Chardonnay

Sábado, 17 de julho de 2021
11h00 às 15h00

Custo: $ 175 por pessoa, $ 105 Wine Club
Junte-se a nós em um tour pela vinícola e na celebração de nosso varietal mais querido: Chardonnay! Percorremos um longo caminho desde que nossa primeira safra de Napa Valley Chardonnay foi engarrafada em 1973, e achamos que é hora de celebrar nossas raízes. Tiramos todas as barreiras com o delicioso.
Detalhes completos

Dia inaugural do lançamento do Cabernet Cakebread Cellars

Sábado, 21 de agosto de 2021
11h00 às 15h00

Custo: $ 175 por pessoa, $ 105 Wine Club
New to the Cakebread Cellars cabernet portfolio this year is the 2018 Cabernet Franc, and we're welcoming it in style along with a celebration of our Cabernet Sauvignon that will have you painting the town red! Elegant reserve wine and food pairings, live entertainment, special.
full details

Carnivus Maximus

Sunday, September 5, 2021
12 p.m. to 4 p.m.

Cost: $225
Voted Top Harvest Party in Napa! It's our annual celebration on Sunday before Labor Day with outrageously fun games, an amazing bounty of food, and of course wine!
full details

Members Only: Secrets of the Cellar Reserve Library Dinner

Saturday, September 18, 2021
6 p.m. to 10 p.m.

Cost: $225 Wine Club
Harvest is a magical time of year in Napa Valley. Late-night lights illuminate the vineyards as precious fruit is gathered, pampered, and set on its journey into the world of winemaking. Trucks carrying their precious cargo line the highway, adding to the hustle and bustle of.
full details

Cakebread Cellars Family Harvest Festival

Saturday, October 16, 2021
10 a.m. to 1 p.m.

Cost: $175 Per Couple, $105 Wine Club, Children Complimentary
Bring the whole family down to the home ranch to breathe in the crisp fall air and enjoy the sights and sounds of the season! We will have interactive learning opportunities for children, along with light bites and wine pairings for the adults. Fun for everyone!
full details

Winery Events

Events by Month

Open The Cellar

Join us September 8th to 10th when our wineries pre-release their newest vintage of Napa Valley Cabernet Sauvignon.

Napa Valley Sessions

Explore Napa Valley through a series of online presentations covering a broad range of topics, and hear first hand from Napa Valley's producers.

New Release Sauvignon Blancs

Sauvignon Blanc begs to be enjoyed in the summer time. Explore the latest offerings from the vintners of Napa Valley here.


3. Cakebread Cellars combines innovation with tradition to continue enhancing quality

Cakebread does produce many of the traditional varieties that Napa Valley is known for, but the benefits it offers buyers go beyond the bottles in its portfolio. Sandy Block, a Master of Wine and the vice president of beverage operations at Legal Sea Foods in Boston, says there are a variety of reasons he keeps Cakebread in the wine program at Legal Sea Foods restaurants.

“Cakebread’s strengths,” he says, “are its reliability vintage to vintage, compatibility with our seafood, [and] great consumer trust and recognition.” He adds that Cakebread’s production of half-bottles is also an asset, since, as he points out, this format is “not always available for wines of this quality and reputation.” Block also emphasizes that family ownership of the brand and Cakebread’s long-term vision are important factors that have resulted in “a continuity of direction [and a] dedication to vineyard terroir expression—and finally, the production of wine in a style that complements food rather than bowls you over with extraction.”

Cakebread’s concrete egg fermenting tanks. Photo courtesy of Cakebread Cellars.

Consistency is one of Cakebread’s top priorities, but that doesn’t mean the winery rests on its laurels. Cakebread strives to stay at the forefront of innovation. “We haven’t really changed the style over the last 45 years,” says Stephanie Jacobs, Cakebread’s winemaker. She attributes the consistency of Cakebread’s wines, in part, to the fact that the company has had just four winemakers in its history. She adds, “We’re always looking at things to maintain quality and be more sustainable.” For example, Jacobs has been experimenting with new techniques in the cellar, including using concrete eggs for fermenting Sauvignon Blanc.

On the viticulture side, Asimont employs an array of technologies, including aerial imagery and data from sophisticated weather stations. The stations can measure up to 30 different environmental variables, from temperature and humidity to wind speed and vine stress. “This web-based information is updated continuously,” Asimont says, “and is instantaneously available to our vineyard personnel so they can respond quickly to any potential problems—all the while preserving our environment for future generations.”

Finally, because Cakebread is very selective with its distribution, which is focused within the restaurant community, the brand tends to stand out in wine programs, says Jaeger. “A restaurateur has the confidence not only that the wine style and quality is consistent year in and year out,” he says, “but also that it’s not readily available [to all].”

Photo courtesy of Cakebread Cellars.


Cakebread Cellars is one of the most known names in the Napa Valley and celebrated its 40th anniversary in 2013. It is a family-owned winery, which has generated remarkable success. This is due to the quality of their wine and the quality of their people. This is a winery that has grown and evolved over that time period, adding vineyards and expanding its facilities.

Cakebread is known most broadly for their white wines – Chardonnay and Sauvignon Blanc. But this is only the beginning of their portfolio. You will find quality throughout their offerings from Syrah, Zinfandel, and red blends to their Cabernet. In fact, their most recent vintage (2012) of Dancing Bear Ranch Cabernet was given a score of 99 points – that is nearly perfect.

Our visit to Cakebread a few weeks ago was a special day. Along with some friends, we were “redeeming” an auction lot from Taste of Howell Mountain 2015. Our day began with a tour of the grounds starting in the garden. The Cakebreads may have “invented” the wine and food experience in the valley. Very early on, they began hosting events featuring the pairing of food and their wine. Today, they have a full time gardener who tends the garden to support their wine and food events. More than that, they employ a full time culinary director who leads cooking classes and does special events for the winery. Definitely check out the “culinary” page on the website as a resource for recipes (including videos) and pairing of wines. It is a real stand-out reference for building delicious meals matched beautifully with their wines.

On our visit, we were greeted with a glass of Sauvignon Blanc and shown around the facilities. We strolled past the fermentation tanks and into the barrel room. The grounds are very lovely and provide a great backdrop for learning about and enjoying their wine. This set our day off to a relaxing start.

We then hopped on a bus and were driven to the Dancing Bear Ranch vineyard on Howell Mountain. This was a special event as there are no regular tastings on this mountain vineyard. When we arrived at the vineyard, Dave Griffiths, Cakebread’s sales and marketing manager, greeted us. While the day was chilly and overcast, the lovely wine warmed us. We stood out on the patio – gazing across the valley below. It was a gorgeous view as the vineyard sits at 1600 feet above the valley floor.

It was tough to go inside – away from the vistas of the valley, yet a beautiful lunch awaited us. We were seated at a large table, while each course was paired with Cakebread wines. The chef for that day was none other than Brian Streeter, the culinary director for the winery. He has been with Cakebread for 25 years and loves to share the art of pairing food with wine. The pièce de résistance that day was the pairing of Dancing Bear Ranch Cabernet with a steak – delicious.

Cakebread Cellars is a class operation producing quality wine with a wide portfolio of varietals and blends. Next time you are in the valley, stop in and taste. They are by appointment only and offer many different venues to taste their wine. You also do not need to wait – you can readily find Cakebread wines at your local store or fine wine shop as they have wide distribution. While you may not be able to visit the Dancing Bear Ranch on Howell Mountain, you can visit their website and build your own fabulous meal paired beautifully with Cakebread wines courtesy of Brian Streeter.


Napaman.com

Napa Valley is in high spirits this weekend, doing what it does best – throwing a four-day party.

This one, hosted by the Napa Valley Vintners, has attracted 2,000 guests, most of whom attended today’s Barrel Auction.

Tomorrow, about half these guests will attend – and bid at  -- the weekend’s central event, a live auction featuring 45 one-of-a-kind, wine-and-travel-themed lots.

Shari, daughter Shannon, and Garen Staglin, chairs of this year’s Wine Auction. Why do they call them “chairs” when no one in this family, including son Brandon, not pictured, ever sits down!?

Given the nature of the auction lots, and the hard work of the Staglin family, who are chairs of Auction Napa Valley this year, napaman predicts that this year will be the largest fund-raiser ever for the annual event, which, in 32 previous years, has raised more than $110 million for community services and health care.

Despite cutbacks in social services at the federal and state level, community programs in Napa Valley continue to excel, thanks to funds raised at this annual charity auction.

The Staglins have worked diligently for more than a year, traveling the globe to implore past auction winners to return once again to raise their paddles.

“There are many lots to tempt attendees this year,” Garen Staglin told napaman. “We’re looking for the irrational generosity of bidders to fund Napa Valley charities.”

Bruce Cakebread, president of Napa Valley Vintners, said that how much is raised is not the concern, “it’s raising enough to be able to continue to fund community projects we’ve undertaken – things like children’s health care, and English language training.”

Given the Staglins’ skills at fundraising, Napaman confidently predicts that under their stewardship, this weekend’s charity auction will zoom past the previous high-water mark of $10.2 million raised at a single wine auction. Napaman predicts that the event will raise $12 to $13 million.

An ooooh. the lots!

In addition to bringing in bidders, the Staglins have also encouraged exceptional individuals to donate exceptional gifts. As a result, at tomorrow’s auction, guests will be able to bid on:

+ A plane trip to London with the San Francisco 49ers

+ A first-class trip to Tokyo with Naoko Dalle Valle, and dinner at the best sushi restaurant in the world, Sushi Jiro

+ Trips to Scotland, to South Korea, to France or to Italy, the latter hosted by Baroness Philippine de Rothschild and Marchese Piero Antinori, who are respectively co-owners of Opus One and Antica wineries in Napa Valley

+ A trip to China where you will meet retired basketball star/vintner Yao Ming and then see a Shanghai Sharks basketball game

+ A cruise on the world’s largest mega-yacht

+ A chance to drive a McLaren 12C Spider racing car -- with an option to buy it, of course as well, a trip to the US Grand Prix with access to the McLaren suite

Rick Jones, of Jones Family Vineyards

 + Take a group of 12 to a Giants ballgame in San Francisco – and watch from the luxury box of the Giant’s President and CEO, courtesy of Jones Family Vineyards

+ A vertical tasting of 20 vintages of Harlan Estate for you and seven pals

+  A cruise to the Arctic Circle

Cars seem to be a common theme at this year’s auction

+ Lamborghini Gallardo track driving experience for four – and then private jet to Emilia–Romagna for a week of private touring with Beth Nickel of Far Niente

+ And there is even one lot with nothing more than a single bottle of wine. But what a bottle and what a wine: a 12-liter Balthazar of Screaming Eagle

But that’s what’s on the auction block tomorrow. Today’s party – thrown amidst blocs of Cabernet vines at Raymond Vineyards – was all about the Barrel Auction.

Jean-Charles Boisset, host of today’s event, held at Raymond Vineyards

The host of today’s event was Jean-Charles Boisset, who purchased the famed Raymond Vineyard four years ago and who has sculpted it into a prized property.

At today’s barrel auction, bidders competed for highly prized cases of (mostly) Cabernet they made as much noise and hoopla as fans at a San Francisco 49ers/Oakland Raiders game. Only no one painted his face orange today, or dressed up in a pirate’s outfit.

To attend today’s barrel auction and food/wine Showcase, guests paid $500 each.

Tim Mondavi pours his fabled Continuum wine, one of 100 vintners pouring barrel samples of their next-vintage wines

Wines that I tasted, which stood out from among 100 different barrel offerings, included the 2011 O’Shaughnessy Estate Petite Verdot, the 2012 Ovid Cabernet Sauvignon, and the 2012 Continuum from Pritchard Hill, which Tim Mondavi calls a “red table wine,” which is like calling a Maserati “a car for running errands.”

Between placing bids for cases of wine that won’t be bottled for one-to two-years, guests today enjoyed the fare of more than 40 top Napa Valley restaurants and food purveyors.

Shar Hills presents scrumptious mozzarella arancini, served with a basil aioli, from Cindy’s Backstreet Kitchen.

Napaman loved the Vietnamese-style, Roast Chicken Banh Mi sandwiches served by Kitchen Door (in Oxbow Market, Napa)

Greg Cole, chef and owner of Celadon, prepares delicious ahi poke salad, served on a crispy won ton chip.

Napa Valley Vintners, which hosted the weekend wine auction, is the non-profit, trade association that promote and protects the Napa Valley wine appellation. The association represents more than 450 local wineries.

Besides all the barrel lots, the online E-lots, and tomorrow’s live lots, there was one other gaming opportunity for guests: the could buy a raffle ticket for $1000 and win this $130,000 Audi R8 Spyder. Only 500 tickets were made available and by the end of today, more than half were sold.

Do not despair if you live out of town, or missed today’s barrel brouhaha you can still participate in the bidding fun.

Wine lovers around the world can still bid for more than 170 unique wine lots on the web at the event’s E-Auction. The action is LIVE – go to auctionnapavalley.org.

The E-Auction runs until 6 pm PDT Sunday, and ends in four consecutive waves separated by minutes.

Odds and ends

Unusual shots I liked from the day:

 
Sweetie Pies, in Napa, makes some of my favorite sweets in the valley. I was amused by the sign above, promoting the sensuous dessert they were serving.


As I walked up to Kristen Spelletich, who was pouring her family’s wines, her back was to me and I couldn’t help but notice two different messages tattoo’d on her calves.

I don’t know the key to success but the key to failure is trying to please everybody.

“I got it from the marketing guru Bill Cosby, not the TV comedian,” says Kristen.

Success is the ability to go from one failure to another with no loss of enthusiasm.

In terms of wisdom and sagesse, this winemaker's got a leg up on others.


Assista o vídeo: The Vintage Estate. House Wedding Napa Valley - Yountville, CA - Lisa u0026 Casey Highlight Video (Fevereiro 2023).